O que mais você sente falta das tecnologias que já estiveram uma vez nos smartphones?

E aí, pessoal, decidi criar esse tópico pra gente interagir sobre tecnologias e recursos que alguns celulares tiveram, e hoje não há mais, ou há muito escasso.

Vou começar pelo que eu mais sinto falta e até hoje não vi mais nenhum aparelho, nem mesmo top de linha, com essa tecnologia. Assertive Display.

Da Apical, essa incrível tecnologia aumentava o contraste trabalhando com os pixels de forma individual pra dar uma melhor legibilidade à tela sob incidência direta da luz solar. Pra quem já teve um Lumia, como eu, (920), sabe bem como essa tecnologia é excelente. Nem mesmo o Galaxy Note10+ que eu tenho hoje, que possui um forte brilho, pra tentar vencer a luminosidade e reflexo do sol, não é como aquela tecnologia.

Trabalhava em conjunto com a ClearBlack, também da Nokia, o que dava resultados impressionantes. Algumas fotos aqui podem ajudar a mostrar como é (nem chega perto de saber como é pessoalmente, mas…).

images images (1)

Nao entendo como os celulares atualmente não tem essa tecnologia. Talvez pq estamos cada vez mais caminhando pra AMOLED (e essa tecnologia só funcione bem em LCDs), enfim…

4 curtidas

Uma coisa que eu penso de vez em quando é sobre o caminho necessário pra fazer um telefonema hoje.
Nos dumbphones era só você abrir o aparelho e discar.
Nos smartphones hoje você precisa voltar pra tela inicial, abrir o aplicativo de telefone e, dependendo de como estiver configurado, ir para a tela de discagem. Não tem um jeito de ir direto para o dialpad independente de onde você estiver no sistema. Isso era possível fazer no Palm Treo. Esse aparelho tinha um botão que levava você direto para o telefone no dialpad, independente de qual aplicativo estivesse aberto.

Outras duas coisas que tinha no Treo que eu sinto falta:
A possibilidade de desligar o telefone (não o aparelho em si, mas sim o que hoje seria o app telefone e ficar sem receber telefonemas ou SMS).
A possibilidade de silenciar o aparelho todo com um switch externo (sem precisar sequer ligar a tela).

3 curtidas

Com exceção da Xiaomi, controle infravermelho. Baterias removíveis (de forma facil). Botão específico para câmera.

6 curtidas

Botão dedicado pra câmera e flash xenon é o que mais sinto falta, tive um N8 e o flash dele era ridículo de bom, dava pra tirar foto no breu total e parecia que tinha luz auxiliar

5 curtidas

Mas isso é o modo avião!

7 curtidas

Sinto bastante falta de mais celulares virem com TV Digital. Como um universitário pobre sem TV, a TV no celular (no caso, no meu humilde J7 Neo) quebrava um galho grande na hora de assistir algo (ainda priorizo bastante a TV aberta em detrimento de streaming por conta dos custos) porque não depende de internet, só plugar a antena e pronto. Acho que o último que eu vi chegando no Brasil com esse recurso foi o Galaxy A51, depois não me recordo de ter visto algum outro.

5 curtidas

Botões fisicos para as ações…

Quando a gente tinha aquela barra dedicada à camera e não esses notchs malditos.

1 curtida

Modo avião?

O que mais gosto do iPhone é que eles mantêm até hoje.

1 curtida

Sinto falta de auto falantes stereo frontais

4 curtidas

Também sinto falta de TV Digital. Nos anos que usei um Nokia Lumia 630 a TV quebrava muito um galho quando eu estava fora de casa e às vezes de noite e de madrugada (casa pequena e sem isolamento acústico, não dá para deixar a televisão ligada enquanto outra pessoa está dormindo). E ainda quando eu queria ver algo mas a televisão já estava “ocupada”.

Outra coisa que nunca mais vi em outro celular é o rádio FM sem fio que tinha no LG GS107, que era um dumb phone muito bem feitinho que durou uns 8 anos:

image

5 curtidas

TV digital, rádio FM e conector p2… na real? Sonho com uma reedição do Nokia N95.

2 curtidas

3D Touch do iPhone. Era um dos recursos mais impressionantes pra mim. Não só passava uma sensação gostosa ao sentir os feedbacks táteis respondendo exatamente à pressão do toque como era mais ágil e responsivo se comparado ao toque longo simples. Aquele “gesto” Peek & Pop era bem útil pra dar uma olhadinha em emails/conversas.

Pra muita gente não faz diferença, mas eu me incomodo até hoje com os iPhones mais novos sem essa tecnologia. Toda vez que pego algum iPhone antigo pra mexer continuo achando a experiência melhor com 3D Touch.

7 curtidas

Ao mesmo tempo que adorava, todo mundo do meu convívio nem sabia da existência. Acho que foi um dos features, que pior teve adoção.

2 curtidas

Só que o 3D Touch é muito eficiente no uso do celular, nem se comparava sem ele a utilização, é uma pena que não vingou, e as pessoas realmente desconheciam a função.

1 curtida

Podia citar diversos pontos, mas as ausências que mais me incomodam são essas:

  • Auto-falantes estéreo frontais: independentemente do que as fabricantes digam, essa gambiarra com um auto-falante lateral e um frontal nos poucos smartphones atuais que (ainda) tem esse recurso não entrega a mesma qualidade de um aparelho com ambos os auto-falantes apontados para a tela, sem contar da facilidade de tampar acidentalmente a saída do auto-falante lateral com as mãos.

  • Câmeras frontais decentes: a câmera frontal no meu smartphone intermediário de 2016 tem foco automático (que aos poucos está sumindo também, principalmente nos intermediários) e um sensor maior que grande parte dos flagships atuais, entregando selfies com qualidade similar se usado com o GCam (o app de câmera original é bem ruinzinho). Isso é inadmissível, estamos em 2021, os flagships atuais deveriam destruir um smartphone lançado 5 anos atrás nesse ponto e não entregar qualidade similar.

  • Sensor de proximidade real: pois é, até isso conseguiram estragar. Vários smartphones mais novos não possuem mais um sensor de proximidade real, somente um sensor virtual controlado por software, que usa os dados dos sensores de movimento e luminosidade para detectar quando desligar a tela. Essa gambiarra simplesmente não funciona direito e você facilmente encontra diversos relatos de usuários tendo problemas com isso em fóruns relacionados (principalmente no XDA).

  • Telas sem furos e recortes: nunca entendi essa tara por telas cada vez maiores e bordas cada vez mais finas, mas não me importava até popularizarem os notches (valeu Apple) e posteriormente os punch holes, isso também é inadmissível. Os três pontos anteriores estão diretamente ligados a esse, recursos existentes que estão sendo removidos ou piorados só para as fabricantes se gabarem que diminuíram mais 0,01 mm de borda com o aparelho do ano seguinte (quem se importa?). Espero que pelo menos as câmeras frontais voltem a ter sensores maiores quando a tecnologia de câmeras debaixo da tela se tornar mais madura, mas provavelmente não vai acontecer.

Também vejo muita gente reclamando da ausência de bateria removível e da remoção da saída de 3.5mm para fones e do LED de notificação, mas sou indiferente em relação a eles. Seria bom se ainda existissem mas não sinto tanta falta assim…

7 curtidas

Puts, então era por isso que meu Mi Mix 3 falhava tanto na hora das chamadas e ouvindo áudio no Whats a ponto de me enlouquecer… Por essa e outras que pulei fora da Xiaomi no meu último smartphone.

1 curtida

Se eu não to enganado meu finado Note 10+ ainda usava aquela putaria de “vibrar” a tela pra emitir o som do speaker superior, era horrível, vc aumentava o volume e parecia um vibrador na sua mão.

VÁRIAS vezes q vou ouvir áudio no wpp pelo speaker superior e a câmera não pega q coloquei no ouvido, é um porre.

Concordo plenamente, faz uns 3 anos q nem sequer uso fone cabeado, a entrada de 3,5mm é irrelevante. Bateria eu não conheço ninguém que trocou e ficou satisfeito, afinal o resto dos componentes tbm se degrada, a autonomia nunca será igual.

Pra ouvir conteúdo tem diferença no som, mas não é ruim, até passa. O problema é o microfone, não tem um fone sem fio que faça direito. O limitante é o Bluetooth.

1 curtida

LED para notificações. Uma coisa muito simples e que mudou minha vida quando usei pela primeira vez.

Eu adorava saber se tinha alguma notificação sem precisar chegar perto do celular ou ligar a tela. Ainda configurava algumas cores para saber exatamente o que era. Sempre definia a luz vermelha para mensagens dos meus pais e avós, por exemplo.

Que falta me faz! :sob:

6 curtidas

Me solta que esse é meu tópico :laughing:

Bom, alguns eu posso elencar aqui:

Teclado qwerty físico - por favor, por mais que as telas tenham melhorado e o iPhone realmente deu um salto evolutivo para tecnologias de teclado virtual, eu sinto falta de um feedback tátil eficiente (e não vibrações simuladas). Pra mim, o melhor teclado que já tive foi de um Blackberry (que Jobs a tenha) Curve. Eu digitava aulas inteiras, sem sentir cansaço nos dedos, o teclado era extremamente macio e responsivo. Sem falar na bateria que durada dias. O teclado do moto Milestone 3 pra mim, é o mais bonito.

image

Saídas nativas - hoje tudo é baseado em wi-fi. Seja pra transmitir um conteúdo, seja pra transmitir música, vídeo, fotos, não importa, você precisa de um roteador + dispositivos extras pra exibir seu conteúdo (a tv precisa ser smart, chromecast, roku etc). Saídas nativas oferecem 0 lag, você ainda pode ter a possibilidade de controlar melhor seu dispositivo com uma tela grande. Saudades do meu saudoso Xperia S e seu espelhamento via HDMI e do Atrix com dock na caixa.


(gente sério, a dock vinha na caixa, com cabo e carregador, além de fones e cabo HDMI.)

Conceitos diferentes de telefone - lembram da época do Defy? Ou do Motocubo? E os telefones da Nokia, como o 7373 que giravam? Ou o Twist? Nossa, eram tantos modelos com design diferente, inovadores, que com certeza tem público e apelo para todos os gostos. Hoje é tudo mais do mesmo: uma barra retangular. “Ah, mas tem os dobráveis”, que custam um rim e que a gente sabe que não tem durabilidade.

image
Nokia 7373


Motorola Twist


Motorola Defy - nossa, que saudade de sentir esse emborrachado de novo!

A motorola recentemente anunciou o Defy 2021. Deixo a foto para vocês compararem se realmente o reborn traz o conceito de durável.

image

3 curtidas