Carteiras Digitais vão substituir cartão de crédito no curto prazo?

Fiquei pensando nisso na última quarta quando esqueci meu cartão em casa e fui pro cinema com minha namorada.

Fomos nos seguintes lugares: Cinemark aceita MP (Mercado Pago), depois nas americanas usei Ame, na Nutty usei MP. Iríamos no Burger King mas estava cheio (lá aceita MP), aí acabamos indo em outro lugar, aí ela usou o cartão, se eu ainda tivesse celular Samsung creio que iria conseguir pagar pois o Samsung Pay tem parceria com o TR (ticket restaurante).

1 Curtida

Acho que a tendência é de os dois se misturarem cada vez mais. PicPay oferece cartão, já. Pag Seguro era conta de pagamento digital, agora já faz transferências bancárias e tem cartão. E por aí vai…

6 Curtidas

Acho que é uma tendência. Pois até documentos, não todos, já tem a versão digital, logo só precisaremos de um smartphone e nada mais.

1 Curtida

Espero que sim. Na prática já tenho usado bastante o Apple Pay e agora também apps tipo AME e Mercado Pago, com várias lojas físicas aceitando. Dá pra contar quantas vezes precisei usar o cartão físico nas últimas compras.

3 Curtidas

são uma alternativa, como o cartão é pro dinheiro em cédula

não vejo um substituindo o outro, provável que continuem coexistindo

A meu ver será uma fusão de ambos os serviços.

Vejo funcionando em grandes cidades, co-existindo em médias e não funcionando em cidades pequenas, recentemente viajei para a Praia Grande (não é lá aquelas viagens) e já lá comecei a lembrar como é pagar mais para usar crédito, não aceitar cartão em lojas e ter que usar só dinheiro para muitas coisas. Não imagino a gente virando uma China em médio prazo.

1 Curtida

Sem falar que PicPay agora tem como sacar gratuitamente nos Caixas 24h.

2 Curtidas

e vale dizer que tem uma proposta na Camara para tirar o dinheiro em especie de circulação… será que vira?!?

Vivo em uma cidade de pouco mais de 500 mil habitantes, Joinville, SC.
Recentemente fui para SP e me surpreendi em como serviços como o MP são difundidos… Aqui, embora sejamos uma cidade baseada em tecnologia (TOTVS, Conta Azul, Mercos, LINX e tantas outras empresas de TI são originárias daqui…) os meios de pagamento digitais são bem pouco usados por aqui, maioria dos lojistas nem sabem usar contactless, imagine meios mais “modernos”…
Em SP usei MP e Iti em quase todas as compras, inclusive com descontos em quase todas as lojas, por estar usando esses serviços, achei muito interessante a aderencia desses serviços.

Depois que eu comprei um Galaxy S8 eu fiz um teste: saí sem carteira, apenas com o pagamento via Samsung Pay… eu só tive um grande problema com as maquininhas da Acquio, que por algum motivo do além, não entendiam bem o código do cartão enviado por MST (ou seja, a maquininha já não tinha contact-less), e sempre dava erro de transação…

Resumo: um dia sim, mas acho que de médio a longo… 1 a 2 anos acredito que seja o tempo necessário para que as empresas de maquininhas entendam que tudo tá indo para esse tipo de uso…

Pois é cara… mas tem uma coisa a mais a ser necessário a mudança: a cultura do pessoal… Eu já fui um dia comprar uma passagem de ônibus e queria usar o celular para tudo: Identidade? Veja a minha CNH Digital… Pagamento? Uso o meu celular para isto.
Mas a empresa não quis aceitar a CNH Digital dizendo que tem que ser a versão física, mesmo que no site do Detran diz que tem “a mesma validade e valor jurídico” que a versão física… Vai entender esses caras…

Virar, vira, seria até melhor, mas tem muitas localidades com conexões de internet péssimas ou até inexistentes, como boa parte da amazônia, por exemplo.

Acho que ainda vai levar uns bons anos pra isso ser realidade. :man_shrugging:

Completando seu comentário, @Ferretti nem o 3G e 4G chegaram à área total dos municípios. As operadoras divulgam estatística para marketizar que estão em quase todos os municípios, mas nas praias do norte da ilha de Floripa, na areia, os vendedores reclamam da falta de sinal 3G e 4G.
E nas estradas? Se não tiver um WiFi de respeito… Então, carteira digital, cartão de plástico, todos esses ainda sofrem com nossa estrutura feita só pra metrópoles.

1 Curtida

Lembrando que o Banco Central tem estudado novas formas de pagamento, especialmente aqueles diretos entre fornecedor-consumidor e que possa ser realizado a qualquer horário ou dia da semana (como um ted, mais ou menos). Ai sim eu acho que haverá redução considerável do uso de cartões

Eu prefiro o velho cartão de crédito. Evito ao máximo sair com o meu smartphone porque tenho medo de perdê-lo em assalto.

Num grupo de tecnologia se tem o placebo que as coisas estão caminhando para que isto se concretize rápido, mas vai exemplo na lanchonete do servidor publico, do mandaqui aqui em sp o povo conta moedas para tentar tomar um lanche, esta visão que tudo ficará tecnológico tão cedo no Brasil, representa pequena parte da população ainda…

As empresas já entendem isso, tanto que não podem ser homologadas maquininhas sem contactless.

Mas a questão é que ainda tem MUITAS maquininhas de cartão sem Contactless… e não estou necessariamente falando de só as adquiridas, e sim também das que são alugadas…

pior de tudo são as que tem contactless mas não aceita como pagamento, supermarket tem a marca de pagamento por aproximação mas não é permitido

1 Curtida