YouTube Music: quando a oportunidade é perdida

Fala, tecnobloguers. Tudo bem com vocês?

Tenho usado por muito tempo YouTube Music e, de tempos para cá, vem me chamando a atenção o quanto o serviço é esquecido pelo Google, quase que como se tivessem feito o que fizeram para dizer que tem um serviço. “Por quê?” Deves tu me perguntar e respondo:

  • Não é possível nem selecionar o ordenamento da playlist;
  • As MESMAS músicas são tocadas sempre nas playlists ou “escolhas rápidas”;
  • Playlists pré-definidas são BEM ruins (Spotify deve ser o serviço com as melhores playlists pré-definidas);
  • Por que não junta logo com o app de podcast?
  • As descobertas da semana são… músicas que já conheço.

Não entendo como o Google pode ter um serviço tão ruim assim, com coisas básicas faltando e sem perspectiva de melhora. Tive que voltar a usar o Spotify, mesmo este tendo uma compressão MUITO pior que a do YouTube.

A possibilidade de fazer um bom serviço está sendo desperdiçada? A ideia de YouTube Premium + Music é boa, mas se fosse para escolher… Teria apenas o YouTube sem anúncios considerando estado atual do app de música.

4 curtidas

Tudo do Google é péssimo de interface. Talvez a única exceção seja o Gmail.

1 curtida

Quando mataram o play music eu fui para o spotify pq já previa que o youtube music não seria grande coisa (o play music já não era, mas pelo menos dava pra colocar os meus mp3 na nuvem)

3 curtidas

A AI do Music é péssima.
Quando assinei o premium comecei a usar, gastei uns bons 10 minutos naquela seleção de bandas, curto as músicas pra ver se ajuda, porém ainda assim é péssimo.
A recomendação do YouTube (normal) costuma ser muito mais assertiva. :person_shrugging:

De fato o Google não dá a mínima atenção pro serviço. Não acho que vão cancelar ele em breve, mas vai ser isso, vai ficar lá só por ficar.

2 curtidas

E mesmo assim vem piorando, adora recomendar coisas q vc já viu ou te joga um monte de coisas do mesmo canal, não de canais com conteúdos similares.

Quando assinei o premium e vi que não dava pra organizar em ordem alfabética eu já desisti.

2 curtidas

Fiz uma playlist no YT Music chamada “Ouvindo aqui porque não tem no Spotify”. Na minha opinião, a única vantagem do serviço é ter algumas versões raras ou remixes que foram upados lá e não estão disponíveis em outras plataformas.

5 curtidas

Basicamente o meu YTM serve pra exatamente a mesma coisa, principalmente músicas de animes q não costumam ter e algumas de jogos q obviamente tem no YT pq é terra de ninguém.

3 curtidas

Foi meu primeiro streaming de música e adorava, principalmente porque ele contabilizava quantas vezes a gente reproduzia as músicas.

1 curtida

Google Search. Depois que tu mete adblock fica usável.

Pois acho totalmente o contrário. Gosto demais das playlists do Music. O melhor são as playlists offline onde eu não preciso fazer nada pra ele sempre trocar o que está baixado.

O YouTube music é um brinde do YouTube Premium, pelo menos vejo assim, não penso que o Google vai dar uma sofisticada no serviço sem que se torne relevante.

Penso que o mercado já é dominado pelo Spotify, Apple e deezer

Também adorava o Play Music pela integração com o sistema e pela simplicidade. Uma pena o Google ter matado ele… logo depois migrei para o Spotify, mas cheguei a ficar alguns meses no YouTube Music, porém sempre achei muita bagunça.

Odeio o fato das playlists estarem integradas com o YouTube, a curadoria não é boa, o design é péssimo e confuso etc.

Agora estou usando o Apple Music, que é igualmente ruim, mas, pelo menos, tem apps em todos locais (quem diria, logo a Apple) e eu consigo assinar em conjunto ao Apple One.

Tá difícil surgir um aplicativo concorrente a altura do Spotify

1 curtida

Testei recentemente o YTM, desisti dele em menos de uma semana. Só o fato de não ter um app nativo para desktop, e o PWA deles ter memory leak depois de 30min de reprodução já dizem tudo sobre a atenção que o Google dá para o serviço. A UI é horrível também, datada e sem nenhum apelo visual, parecendo ser um serviço em beta. Também não curti as recomendações.
Concordo com o @ivanilton , o YTM parece aquele chaveirinho brinde legal, mas que você coloca na chave reserva.

É o que penso depois de testar todos os demais serviços. O Spotify tem suas falhas - algumas do produto em si e outras de decisões administrativas- mas é o mais completo e agradável de usar.

3 curtidas

O Deezer ainda permite isso.

Eu uso Deezer principalmente por conta do botão Flow.
Geralmente não sei o que quero ouvir, então aperto no botão Flow e o Deezer começa a tocar uma música que eu provavelmente irei gostar, aí vai sugerindo novas e eu vou avaliando se gosto das novas sugestões ou não.

2 curtidas

É verdade. Tem esse baita fora também que eu esqueci de citar. Odeio precisar ficar usando versões do navegador pra isso.

Exatamente haha. Tem o Spotify Connect, q é incrível, as recomendações e curadoria são muito boas, ele tem playlists públicas bem legais (justamente por conta do público grande) etc e o app também é bom. Não chega a ser bonito, mas é funcional.

3 curtidas

O meu primeiro foi o Deezer, comecei a usar assim que li uma notícia de que ele estava disponível no Brasil em 2013 e na época eu nem sabia o que era um streaming de música. Nem o Spotify estava disponível no Brasil.
Nessa época quem criava uma conta tinha disponível por 6 meses muitas das funções premium e sem anúncios, porém, só pra usar no pc. Em smartphones as funções gratuitas eram bem limitadas. Com isso eu criava uma nova conta a cada 6 meses e só usava no pc, até que lá por 2015 eu decidi pagar pra usar no celular por conta daquelas promoções de 3 meses por 3 reais.
Cheguei a testar Spotify mas não me adaptei.
Google Play Music eu só usei pq dava pra salvar as músicas no Android Wear, mas só usei nos 3 meses grátis.
Também teste o Rdio, que descansa em paz.

1 curtida

Spotify Connect é vida haha. Começar escutando no notebook, passar para o celular e depois para os speakers da casa é de uma praticidade tremenda.
E isso é uma coisa que eu odiava no YouTube Music, pois ele não tem essa continuidade entre dispositivos.

3 curtidas

Meu primeiro streaming foi o Rdio por volta de 2012. Lembro que ele tinha parceria com a Oi, não tenho certeza se era exclusividade, mas usava ele via a conta de celular do meu pai.

esses dias coloquei pra tocar umas Eurodisco, cara que decepção, um monte de música com vinheta no meio tipo “dj fulano”, parecendo CD de feira, Spotify ainda é imbatível.

Tava aqui pensando numa função que seria bacana ver no Spotify e acho que até em outros streamings. A criação de rádios como se fossem rádios FMs mesmo, com programas ao vivo ou gravados, que tenha interação com o público.

Eu também de vez em quando abro o app, olho pra ele e putz, o que ouvir? Fora que particularmente sinto saudade de ouvir rádio. Sinto falta de um respiro entre uma música e outra, de ouvir uma voz falada etc… MAS POR FAVOR, SEM PROPAGANDAS, essa parte eu não quero das FMs kkkkkkkkkkkkk…

Dá pra fazer tanta coisa dentro desse universo.

1 curtida