Xiaomi Mi 11 Pro bate recorde na recarga com e sem fio, indo a até 200 W

e qual a durabilidade de uma bateria que recebe uma carga dessa a cada 2 dias?

5 curtidas

Se não for 2 dessas por dia.

2 curtidas

Já notei que a carga dura exatamente o inverso à velocidade da recarga. Quando uso QI de 5w ou o carregador de 5w do iPhone a carga dura 1x, quando carrego no Mac que tem 10w chega a 0.9x e quando uso o de 18w usb-c dá mais ou menos 0.7-0.8x.
Acontece com vocês também?

Tenho um Poco F3 e carrega 100% em menos de 1h, eu acho um excelente tempo. Além disso, a bateria tem durado um dia e meio de uso moderado.

2 curtidas

Eu me recuso à ver esses videos sobre recarga de 200W de bateria sem um FLIR em cima do smartphone…

Eu tinha notado algo parecido com alguns telefones sim. Mas achei que era só impressão.

1 curtida

Sinceramente não vejo vantagem em recarga ultra rápida usando baterias de íons de lítio. Por mais que tenham evoluído, ainda não lidam bem com muita energia. Tanto que esses aparelhos precisam ter um sistema de resfriamento mais robusto e progressivamente reduzir a velocidade de carregamento.

Quando tivermos baterias capazes de aguentar essa potência sem prejudicar a vida útil do componente, aí sim vejo benefícios reais. Recarregar wearables em segundos, smartphones em poucos minutos, sem superaquecimento, usando baterias mais finas e que comportem mais carga. Mas estamos longe de algo do gênero, disponível para produção em massa.

1 curtida
4 curtidas

eu preferiria muito mais um sistema de carregamento por indução que funcione numa “zona” e mantém sempre o aparelho carregando do que um carregador hiper-mega-rápido. Hoje em dia um de 25-30w já supre bem quando precisa daqueles 50% em 30 minutos.

2 curtidas

Grosseria que chama.

Eu tambem mas acho que essa tecnologia esta longe ainda…

3 curtidas

Um carregamento dessa magnitude deveria ter mais efeitos no P&D das empresas do que propriamente funções comerciais.

Certamente uma carga dessa intensidade deve aquecer de maneira excessiva sua bateria e alguns dos componentes, reduzindo sua vida útil.

Acredito que carregamento de 30/33 watts disponível em muitos dos aparelhos da Xiaomi nesse ano é um bom parâmetro para o uso doméstico. Os tempos de recargas são muito razoáveis sem comprometer de forma demasiada a vida útil do aparelho.

Claro que no futuro poderemos ter 200 watts disponíveis para o consumidor. Mas para isso são necessárias mudanças na composição das baterias

3 curtidas

As tecnologias de carregamento rápido já chegaram a um ponto que faz pouca diferença na prática quão mais rápido elas ficam. Até porque todo mundo vai ter algum tempo livre no dia pra carregar o celular por algum tempo.
Baterias mais duráveis, tanto de capacidade de carga como de ciclos de cargas) é bem mais interessante.

2 curtidas

Certamente, você nunca utilizou um Xiaomi… hehehe

Redmi Note 10 Pro meu atual aparelho rsrs
Eu não jogo, mas p/ quem joga, com certeza recarrega no meio p/ final do dia

Este tópico foi automaticamente fechado após 92 dias. Novas respostas não são mais permitidas.