Vivo ganha disputa na Justiça após cliente exigir plano similar mais barato

1 curtida

@LucasBraga Afinal, os planos eram diferentes mesmo ou é desculpa da Vivo? Saberia dizer se a cliente reclamou na Anatel ou Consumidor antes de acionar a Justiça?

Porque se forem idênticos, abre um precedente perigoso para as ooperadoras não respeitarem a portaria da Anatel ao lançar promoções, mesmo no judiciário.

2 curtidas

Esse é o tipo de informação que não tá no processo, mas não importa: a resolução da Anatel exige que todos os planos (independente se é parecido ou diferente) estejam disponíveis para adesão por todos os clientes.

2 curtidas

Esse é um dos principais motivos que me fez sair da vivo, é direto isso de subir o valor do seu plano e lançar outro idêntico mais barato ou ter outro pelo mesmo valor só que melhor, ai tenta trocar de planos e é uma roleta russa pra saber se o atendente deixa ou não, maioria das vezes não deixa.

Eu troco de plano todo ano e é esse parto mesmo.

Não concordo com o valor de danos morais, mas se a Vivo (e outras) não dificultassem tanto o acesso de clientes vigentes a planos mais baratos, isso não aconteceria.

1 curtida

Já fui cliente da Vivo e sempre que surgia um plano com melhores condições e mesmo valor ou mesmas condições e mais barato eu solicitava alteração e a única condição que me colocavam era aceitar a renovação do período de fidelidade.

1 curtida

Sabe aqueles “serviços/aplicativos inclusos” que a maioria não usa totalmente?
Sabe aqueles 250 planos que a Vivo tem no seu catalogo?

Para ter planos similares, parecidos, mas com mínimas diferenças, que permitem essas situações (exemplos hipoteticos, e parcialmente veridicos)
Vivo Controle 4 Gb, R$34,99 (com GoRead, Babbel e Skeelo)
Vivo controle de 4Gb, R$ 54,99 (com GoRead, Babbel, Skeelo e Vivo Pay)
Vivo controle com 4 Gb digital R$ 49,99 (com GoRead, Skeelo, NBA basico e Vivo Meditação)

3 curtidas

Entrar na justiça por 5 reais… e “danos morais” de 20k. Pois “EU não aceito, e não vou trocar de operadora, e tu não sabe com quem está falando”.
Nunca pensei que iria querer estar no lado de uma operadora de telefonia mas… um parasita desses consegue ser pior, no meu ver. Nenhum trabalhador normal, nenhuma pessoa útil para a sociedade, teria o tempo necessário para fazer isso.

Mas hei, não estou reclamando. É como o plastico que não vem no celular samsung, muito legal até lembrar que eu tenho de ir no mercado, até lembrar que a realidade chama…

3 curtidas

O título da matéria da entender uma coisa, mas a decisão judicial da entender outra coisa.
Exigir desconto no mesmo contrato e exigir a troca para um novo contrato são coisas totalmente distintas por isso o juiz pode ter negado o pedido.
O regulamento da Anatel não prevê que seja aplicado desconto num contrato só porque uma nova promoção foi oferecida. O cliente deve exigir a assinatura de um novo contrato rescindindo o contrato anterior, inclusive pagando a multa rescisória se estiver valendo.

Eu sempre abro reclamação na Anatel quando as empresas não querem estender as promoções existentes a clientes antigos e sempre foi resolvido, mas sempre informando que a empresa negou a assinatura do novo contrato

4 curtidas

No meu caso, que uso pouco ligação, compensa demais usar o vivo easy.
Carreguei em janeiro de 2020 os 100 GB, ainda tem muito sobrando, só fiz poucas recargas pra ter credito de ligaçao, creio que em 20 meses de uso eu gastei 250 reais somente (hoje o pacote de internet ta mais caro, mas vejo que ainda compensa pelo fato de não expirar e na maioria dos dias estou em home office).

Uma baita injustiça e ilegalidade, ele não deveria ser condenado
Se os planos são diferentes, o código de defesa do consumidor da ao cliente tanto novos ou velhos direito de escolher os planos, se a empresa nega, ela está discriminando e impedindo o cliente e logo gera danos sim, é ridículo quando as pessoas colocam preço num direito, podia ser 5,00 ou 5 milhões, não deveríamos estar achando este cliente medíocre ou burro e sim questionando a política discriminatória das empresas em valorizar novos clientes em detrimento da falta de respeito com os velhos e fidelizados.
O juiz que julgou, está punindo o cliente por ter entrado como ação insignificante do ponto de vista material e monetário, mas relevante do ponto de vista pessoal, legal. E obviamente se são planos diferentes, por que o cliente entrou como uma ação? Se o mesmo poderia simplesmente mudar de plano. Simples a empresa não deve ter permitido, esta e a única razão para ele entrar judicialmente foi a negação da mudança de forma administrativa, isto é um claro abuso, a empresa devia ter sido punida e explicado por que não permitiu a troca então dá que eram planos diferentes, mas pode ter sido uma petição mal, feita, pode ser que o cliente não seguiu as tentativas ou nem solicitou a troca, pode ser que a empresa não explicou as diferenças.

1 curtida

Mas ele não brigou por 5,00. Ele brigou pelos direitos dele, a própria empresa alegou que eram planos diferentes, ora se eram diferentes, ele podia mudar de plano e a empresa não pode impedir isso, pois o código de defesa veda e considera discriminação.
Se ele tentou e era pra empresa ter permitido, não faria sentido a ação na justiça, e só deve ter ação na justiça por que a empresa não deixou ele mudar e aí tá mais zuado a empresa ganhar justamente pelo motivo que a faria perder, eram planos diferentes. É grave cara, pode parecer bobo, 5,00 reais, mas na lei e no direito o valor não importa, este juiz criou uma jurisprudência que permitiu a empresa não ser obrigada a cumprir o código de defesa e ainda a autorizou a discriminar, punindo o cliente.

3 curtidas

Boa tarde!!! Não consigo entender como que a vivo não abaixou o valor… recentemente achei muito alto o valor do meu plano no qual era o mesmo desse camarada aí…acabei mudando para a operadora claro onde hj meu plano está em 26,99 com 8g de internet e ligações ilimitadas.
No plano atual de minha mulher que era 59,00 consegui uma redução significativa de 59,00 para 37,99… Sem alterações alguma no plano…está claro que o que faltou para ele foi informação, a não ser que sua intenção foi de tentar ganhar uma grana fácil, já que ele vai precisar pagar no seu próprio bolso 1,200… e não vai ter seu plano reduzido o valor…sendo que poderia ter resolvido de uma forma bem mais simples e sem custos…a informação é fundamental nesses dias…e ainda o melhor de tudo ela é totalmente gratuita!!!

1 curtida

Acho um absurdo uma pessoa querer 20.000 de indenização. Está certo que já olhei pelo lado dele de não querer pagar mais caro do que um outro que tem praticamente as mesmas coisas e mais barato. Mas 20.000,00? Ele tá achando o quê? Nem se ele ficasse durante 20 anos com a Vivo ele pagaria esse valor em plano. As pessoas estão perdendo o senso do ridículo. Não está satisfeito com o plano de 59,99? Troca de operadora quando der 12 meses do contrato. Esse com certeza estava agindo de má-fé.

3 curtidas

O que o cliente sempre deve fazer é pesquisar os preços das operadoras. Eu estava em Jundiaí e tinha um plano da Tim com 9gb e pagava 54,99. Depois de 6 meses teve ajuste de valores, passou pra 56,99.
Só que em novembro na black Friday a vivo tava com um plano de 13,5gb por 49,99 e de fizesse portabilidade ganhava 2gb. Como eu tinha um número da claro, fiz a portabilidade e fiz o plano da vivo e cancelei o da Tim. No mês seguinte com o débito em conta ganhei mais 3gb, passando para 18gb e pagando 49,99. Depois de 6 meses aumentaram o plano para 54,99 e mais 5gb, hj o meu plano tem 23,5gb. Tive sorte nessa mudança, pois fui trabalhar em MG num distrito onde só tinha o sinal da vivo. Quando ia em alguma cidade que pegava todas as operadoras lia as msgs que a Tim enviada, me oferecendo 25gb por 54,99. Hj estou em sapezal e continuo com a vivo, enquanto estiver o plano estiver bom pra mim, continuarei com ela.

Provavelmente esse cliente não procurou outra forma de reaver esse “prejuízo” e partiu logo para o litiginoso querendo pagar de [email protected]#dão, vê se pelo pedido de danos morais.

1º - Se o cliente realizou o contrato no prazo de 12 meses, ele não poderia argumentar pois está na carencia contratual.

2º - Se ele já teve a carência de fidelidade de 12 meses vencida, ele poderia muito bem solicitar alteração contratual por troca de pacote.

1 curtida

A pessoa aceitou pagar 59.99 no plano de fidelização de 12 meses, então é esse contrato.
Ela pode mudar plano, só que vai pagar a multa do contrato.
Os preços são dinâmicos, imagina se a pessoa compra um produto por 100 e depois tem promoção por 50,60,70…se empresa tivesse que repassar todos esses descontos aos compradores antigos? É irreal isso.

2 curtidas

Conforme descrição da matéria, o cliente tentou apenas forçar um desconto no contrato atual dele e não mudar de plano.
A Vivo provou na justiça que apesar de parecido, os planos tinham diferenças.

O título deu a entender que o cliente quis mudar de plano e a Vivo não aceitou, mas o texto diz que o cliente apenas quis exigir um desconto não previsto no contrato atual dele e forçar o preço para o mesmo de um plano parecido com o dele.

Ele apenas quis manter os benefícios do plano atual com o valor do plano novo. Não deu certo.

Claro que importa e infelizmente o texto não elucida a questão. O regulamento da Anatel prevê somente que adesão de planos deve ser estendido a clientes novos e antigos. Isso é totalmente diferente de clientes antigos terem direito a desconto no contrato porque existe preço mais barato em planos similares.