Viu é um app que mostra quando há tiroteios e arrastões no Rio de Janeiro

"se inspira em modelos que funcionam no resto mundo. "
Tá, legal. Que outros?
Seria bom para a minha saude mental ver um lugar tão cagado como o nosso para necessitar essa “solução”. De verdade.

5 curtidas

Iraque, Afeganistão, Síria e afins.

6 curtidas

Como masoquista morador de Fortaleza vou instalar também esse app, afinal aqui já está igual ou pior que o Hell de Janeiro.

3 curtidas

Bom, São Franscisco NÃO é um exemplo. Rolou no Twitter uma thread gigante falando de muitas lojas das áreas centrais trocando vitrines por tapumes por causa dos arrastões constantes. Inclusive rolou um vídeo de um BR que filmou os meliantes que andavam em vários grupos para despistar a polícia. Quebravam um comércio e corriam enquanto noutro canto os demais conseguiam promover os furtos sem serem incomodados. E, ainda por cima, existe uma política criminal que libera meliantes que praticaram furtos “menores” sem maiores aborrecimentos.

E o RJ o que resta é isso: fazer um “Waze” da violência e evitar as áreas problemáticas. Porque esperar algo do governo, esquece.

5 curtidas

Boa tarde.

Existe um aplicativo chamado “Onde Tem Tiroteio”, que surgiu de grupos de WhatsApp e Telegram, com a finalidade de avisar a galera pra evitar localidades onde ocorrem batalhas campais (esse troço de ‘troca de tiros’ é coisa do passado…).

Este OTT já me ajudou de sair de várias roubadas.

Morar aqui no Rio, ou Cité Soleil do Sul, não é para amadores, mas para especialistas em sobrevivência. Nenhuma zoação será suficiente.

Titoteio. Curtir :+1:

A distopia meu pai

1 curtida

Mais uma vez vemos o demonstrativo de um estado falido. E ainda tem quem ache que o caminho é prover ainda mais poder a tal instituição. Banalizaram violência, crimes e corrupção, até chegar ao ponto de tudo isso passar a ser “normal” e o cidadão depender de heurísticas pra sobreviver a cada incursão a rua.

O Brasil hoje está dominado pelo terrorismo, mas como temos autoridades que coadunam com este tipo de espécime, preferem não levar a pasta de segurança com seriedade e firmeza. Vai mudar, não vai! Então é isso, chegamos ao ápice de precisar de aplicativos como esse.

3 curtidas

E segunda os “brilhantes” militantes da esquerda brasileira, a causa da violência no Brasil não é a impunidade, problemas sociais, falta de inteligência da Polícia e de patrulhamento, é do cidadão que adquire arma de maneira legal para proteger seu patrimônio, já que ele tem que fazer o que o Estado não faz.

Enquanto tiver PSOL e Direitos Humanos da vida que passam a mão na cabeça dos criminosos, infelizmente nada vai mudar.

1 curtida

[citation needed]

Sim, mas como se resolve esse problema coletivo sem abordagem coletiva?

Não precisa, basta perguntar qualquer sociólogo, filósofo ou político de PT, PSOL, PSTU etc.

1 curtida

Ô se precisa

Acho que o RJ é o melhor exemplo prático de como o Estado é um erro para a sociedade, além de ser um sangue-suga sem dó de ninguém, nem se quer proteger o hospedeiro de outros nocivos ele consegue. Triste.

3 curtidas

já vi gente mentirosa, mas você quebrou todas as barreiras. quem diz que o problema não são problemas sociais? que o problema não é a falta de investimento em inteligência? que o problema não é a impunidade?

vai nessa de torrar bilhões na PM que vai continuar dando certo (como já dá hoje em dia, né?), pode confiar kkkkkkkkk enquanto educação for negligenciada, populista ficar na TV lambendo bola de policial que sobe na favela e mata todo mundo ao invés de investir um pouquinho em inteligência e cumprir a lei e gastarmos bilhões com operações sem sentido e até sem objetivo isso aí vai é ser normal mesmo.

2 curtidas

Por incrível que pareça, a esquerda diz. Calma amigo, não precisa me ofender, ao contrário do que você pensa, eu não sou defensor cego da Polícia, ainda mais a do meu estado que é totalmente corrupta. Não são os vilões que os psolistas da vida dizem ser, mas estão longe de serem heróis também.

O que mais vejo aqui na minha cidade são policiais militares abusando da autoridade e com preguiça de trabalhar, os caras presenciam furtos e roubos mas fazem conta de que não viram, e ficam parados dentro da viatura mexendo no WhatsApp em vez de patrulhar as ruas. Enfim, como o colega comentou acima, é mais um exemplo da falência do Estado brasileiro, que não previne e nem pune a criminalidade.

Apenas nos seus delírios.

você fala tão mal do PSOL, mas o Freixo era de qual partido até pouco tempo? hm. e qual o partido do Tarcísio Motta? que loucura.

PS: não sou psolista, mas não gosto de hipocrisia.

1 curtida

Eu também não gosto de hipocrisia. Adivinha quais partidos votaram contra um Projeto de Lei que torna obrigatório a realização de exame criminológico para autorizar saída temporária e progressão de pena de presos? Se disse PT e PSOL, acertou:

Caso Lázaro: como crimes famosos levaram a mudanças polêmicas na lei?

E presidente dos Direitos Humanos da OAB-GO lamentando a comemoração da morte do assassino Lázaro Barbosa em Goiás, mas não lamentou a morte das vítimas. Está mais preocupado em punir quem matou o criminoso do que punir o próprio criminoso, assim como todo bom esquerdista:

Direitos humanos da OAB: celebrar morte banaliza o ser humano?

Me desculpe, mas
image

ps: nem você leu a própria matéria que linkou né

1 curtida

eu acho que se você forçar mais você caga, o triste é que você realmente acredita no monte de mentira e coisas sem sentido que você tá falando.

exame criminológico não dá certeza de nada pra ninguém. impedir gente que poderia sair e ficar muito bem na saída temporária por conta de exame criminológico não é nem um pouco razoável (e crer nisso é só mais uma das mentalidades atrasadas que torna o Brasil um dos países com as maiores populações carcerárias do mundo e mesmo assim um dos mais violentos, vê se países onde o preso é respeitado e ressocializado estão como nós rs).

sobre o presidente da OAB-GO… o que uma coisa tem a ver com a outra? cadê ele fazendo pouco caso das vítimas? cadê ele comemorando a morte delas? manda link disso. senão é só você mais uma vez forçando querendo que todo mundo seja baixo a ponto de comemorar uma situação desastrosa como foi essa. se você não conseguiu entender sobre o que ele tava falando e fazer a separação dos assuntos, aí é com você.

aliás, o que isso tudo tem a ver com o assunto? foque.