Vale a pena comprar TV 4K? Tem conteúdo? Como fica o upscaling?

A dúvida é: existem conteúdos 4K o suficiente pra se valer da aquisição de uma TV com essa resolução? Outra coisa: como fica o upscaling?

E o pior: aparentemente os melhores painéis agora só estão sendo feitos pra TVs 4K, enquanto as Full HD estão ficando com o “básico” das tecnologias.

1 curtida

Eu não vejo razão para não adquirir TVs 4k agora.

  1. A tecnologia tá mais do que amadurecida;
  2. Hoje é possível contar com TVs 4k com bom preço;
  3. TV é um bem durável, pra lá de 10/15 anos de atividade. Acredito que até lá, conteúdo não vai faltar. E agora que o 8k chegou, é o melhor momento para aquisição.

Ao menos é o que acredito. :wink:


Sobre o upscaling, os modelos 4k não costumam ter uma boa qualidade. Engana mas não é perfeito, diferente do 8k que consegue entregar o que promete, como bem falou o @Higa na matéria de hands-on da Q950ST. Ele vai poder falar melhor do que eu, já que ele viu de perto a diferença.

Mas minha suspeita é devido a maior capacidade de processamento que os modelos 8k têm, fora toda a tecnologia IA embargada. :grin:

1 curtida

Cara, eu sai de uma Philips Full HD para uma Samsung RU 7100 4k, eu adoro os reviews, mas as vezes ele não reflete a realidade de uma pessoa comum que não troca de TV todo ano.

O brilho da TV é excelente, em relação ao que? Ao que eu tinha antes, em relação a conteúdo eu tinha o mesmo receio, sou assinante do Netflix e Amazon Prime, cara nem tem o que falar, a diferença é muito grande, tem muito conteúdo HDR 4k e o upscaling faz um trabalho em minha opinião notável. Antes de adquirir uma 4k eu também pesquisava por telas FHD, hoje em dia nem me dou ao trabalho.

Isso não é uma verdade absoluta é só a opinião de uma pessoa que saiu de um Philips FHD para a Samsung RU 7100 e também possui uma TCL s6500.

Um detalhe que não sei se é relevante, eu abandonei o Android da TCL e voltei pro Chromecast, porque o tizen da samsung come o Android da TCL com farofa e sem beber agua.

Então. Aqui a realidade é de uma Samsung 32" Full HD de 2010. Me serve bem até hoje. Apesar de não ser SmartTV ela tem suporte a DLNA, que foi o fator decisivo de escolha.

O negócio é que o meu espaço não comporta uma TV maior que essa. E se eu quiser ficar no FullHD de cara eu já tenho que partir pras 40". E no caminhar do mercado as FHD estão cada vez menos recebendo recursos e/ou painéis melhores. Não quero colocar uma trambolha gigante pra ficar sentado a menos de 3 metros da TV e ela ficar sub-aproveitada porque o mercado resolveu que tamanho é documento e está indo na contra-mão da tendência das moradias cada vez menores.

1 curtida

Dividindo o tópico porque vale uma discussão maior.

Depende muito de como você usa a TV, mas no digital já é muito comum ter conteúdo em 4K. No Apple TV+, todas as produções são em 4K e você também pode alugar filmes em 4K HDR. Amazon Prime Video também possui um bom acervo de conteúdo 4K, Netflix idem, mas precisa pagar o plano mais caro. Se você tem uma conexão razoável (> 25 Mb/s), já é o suficiente para aproveitar bem a definição maior e ainda assistir aos reviews do Tecnoblog em 4K. :wink:

E se você só consome TV aberta? Nesse caso, entra o upscaling. Tanto a Samsung quanto a LG andam fazendo um bom trabalho no 1080 > 4K, nem precisa ter esses processadores com IA que elas propagandeiam. Na verdade, eu desafio alguém a ver uma TV Full HD e uma 4K do mesmo tamanho lado a lado, com conteúdo escalonado, e falar que a qualidade piorou no 4K. É bem o contrário; mais provável que a pessoa ache que o conteúdo ficou melhor na 4K.

E sim, paineis de qualidade ficaram restritos ao 4K. É uma questão de custo e linhas de produção. Você não vai encontrar uma TV Full HD de 32 polegadas porque ficaria mais cara que uma HD de 43 polegadas, assim como não vai ver uma Full HD com local dimming, brilho forte, etc, etc, porque ficaria mais caro que uma 4K básica.

No final das contas, a maioria das pessoas compra TV por marca, tamanho e resolução, por isso não tem como ficar encarecendo painel Full HD. É aquele velho dilema de “smartphone premium com tela pequena” — na loja, fica parecendo pior que um celular de entrada com tela grande e aí encalha.

11 curtidas

A gente se acostumou em ver TV como aquele quadradinho pequeno distante no canto da sala, mas hoje a tendência é mesmo ter essas TVs que ocupam todo o seu campo de visão, tipo cinema.

Eu fico a ~2 metros de distância de uma TV de 65 polegadas e a imersão é ótima. 75 polegadas fica grande, mas 55 parece que deixa sobrando espaço.

6 curtidas

Não consumo TV aberta. O upscaling seria mais pela questão do consumo de conteúdo em DVD, por exemplo. Meu pai tem centenas deles em casa e de vez em quando eu dou uma garimpada no acervo dele por alguma coisa. Claro, sei que pedir por um upscaling 480p (720p em alguns casos) pra 4K é absurdo mas minha Samsung guerreira até que se sai bem nisso sendo FullHD.

No final das contas o que eu tenho feito é agradecer aos deuses pela minha TV sobreviver mais um dia. Porque quando ela me deixar acaba que vou ter que me fazer uma reordenação na sala pra poder tirar proveito de uma tela enorme de resolução 4k. E isso que eu tenho sorte de morar em um apartamento relativamente espaçoso.

Obrigado, @higa pelos esclarecimentos. Infelizmente o mercado foi por um caminho que não me agrada. Mas eu sou só um ponto fora da curva.

6 curtidas

De fato, vale a pena comprar TV 4K, por exemplo, há vastos conteúdos nesta resolução!! Se usar para consumir TV aberta idem devido ao upscaling e cores vívidas! Marca custo-benefício: TCL com SO Android TV. LG e Samsung são um pouco mais caras, contudo seus SOs — WebOS e Tizen, respectivamente, são os melhores do mercado, apesar de reclamações relacionadas aos defeitos de fábrica!

Minha experiência é semelhante a do @Johnsson. Saí de uma TV Philips Full HD ( 32") para uma Samsung RU7100 (50") e a diferença é absurda.

Apesar de vários reviews falarem sobre a qualidade do painel das TVs 4k de entrada ser bem aquém das mais caras, a diferença já será enorme se essa for sua primeira TV 4k.

Com relação ao conteúdo 4k a situação hoje é muito mais confortável do que anos atrás, porém não considero ainda como um padrão praticado. Prime Video e Netflix tem muito conteúdo 4K, especialmente produções originais, mas não deve representar 30% do catálogo de cada serviço.

Um problema quando você compra uma TV 4k é que você fica mais enjoado, e acaba procurando mais por conteúdo 4k para desfrutar de todos os recursos da TV. Já deixei várias vezes de assistir determinado filme por não ter resolução maior que o FULL HD, inclusive já cheguei a ficar 2 horas para encontrar um filme 4k com Dolby Atmos na Netflix hahaha.

Acho curioso que na Amazon muitos filmes lançamentos não estão em 4k, agora não sei se é pela limitação dos serviços de streaming na quarentena ou a Amazon que realmente não disponibiliza esses conteúdos.

Uma experiência que recomendo é assistir o remake do Rei Leão na Amazon em 4K, foi o melhor conteúdo que já assisti até agora na TV.

Sobre o upscaling tenho uma experiência limitada. Não assisto TV aberta e a única experiência de upscaling que tenho é com o Xbox One S. A TV reconhece o videogame como 4K, portanto imagino que todo o upscaling é feito pelo console e realmente os jogos ficam muito mais bonitos que antes, não é um One X da vida mas já ajuda a matar um pouco a vontade de jogar nessa resolução.

Sobre os sistemas operacionais eu vim de uma Philips Smart/Burra que substitui por um Chromecast, que substitui pelo Xbox e que agora substitui pelo Tizen da Samsung. Por incrível que pareça a velocidade da TV é infinitamente superior a do videogame ao abrir apps de mídia, fora que a biblioteca de apps é imensa. Muitos apps que não estão disponíveis no Xbox (como a Globoplay ) estão instalados de fábrica no Tizen.

1 curtida

Eu comprei uma de 55 pro meu novo apto com sala pequena e fiquei com medo de ficar muito grande. Hoje, meses depois, acho que caberia tranquilamente uma de 65. A imersão é uma diferença, sim.

3 curtidas

Como os colegas citaram, em streaming a quantida de conteúdo 4k é muito boa, ainda que seja uma parcela pequena o catálogo todo, assisti Grand Tour no amazon prime em 4k e é simplesmente surreal, além de boa parte do q consumo no YT (tecnoblog incluso) ser em 4k.
O upscaling faz um bom trabalho mas não é milagroso em conteúdos abaixo de 1080p, então pros seus DVDs não seja exatamente o que vc espera.
Quanto ao tamanho eu estou na mesma que o @alvaroamt, coloquei uma de 55" na minha sala e estou a ~2m dela como o Higa, no primeiro dia eu achei enorme, mas hoje acho que uma 65" seria ideal, mas como eu sou chato e procuro por LCD high end ou OLED os preços ainda são bastante proibitivos.
PS: saí de uma LG 43" FHD 3D (fui um dos idiotas que tentou aproveitar isso) pra uma Sony X905F (review do TB pesou mto na escolha)

1 curtida

Amazon e netflix tem bastante 4k, não vejo razões pra comprar Full HD, a diferença de preço é mínima

2 curtidas

Eu decidi comprar uma TU8000 para substituir minha 43 de Plasma Samsung (sim isso existe ainda).
Essa discussão resolveu minhas principais dúvidas sem precisar sair para tentar ver ao vivo em uma loja no meio dessa pandemia. Meu painel ainda é 720p para terem uma ideia, assistimos pouca TV mas com mãe passando a quarentena em casa ela está sendo super utilizada e agora começou a falhar. Valeu gente pelas dicas e opiniões!

1 curtida

Isso se tu não pegar uma maldita LG com WebOS como eu fiz… não tem um ano e eu já quero jogar ela pela janela. Ela é lenta demais e nem falo do navegador web dela que consegue ser mais lento que o Chrome atual rodando num Atom D425 com 2GB RAM e video onboard rodando Windows 10… vou ter de comprar um Android Box…

Ainda uso uma LCD Full HD 32pol da Panasonic de 2011 no quarto onde ficam os consoles.
Funciona bem, mas tenho pensado em migrar pra uma 4K se eu pegar o PS5 futuramente.
O problema das TVs novas é elas serem capadas de entradas: mtas delas só tem 2 HDMIs. E no caso das legacy, pior ainda: ou é 1 RCA composto (sem componente), ou nenhuma desse tipo.

Se você for uma pessoa exigente em questão de imagem vale a pena sim. Eu tenho o melhor plano da Netflix e é 4K, portanto praticamente tudo que assistimos na Netflix é 4K e a imagem é incrível.
Se você só assiste TV Aberta ou TV Paga não recomendo pois são 1080 a resolução.
Outro lugar que assisto muito em 4K é Youtube.

A maioria das tvs até básicas já estão vindo com 3 hdmi, o problema é serem sempre 2.0 (TEORICAMENTE isso afetaria o ps5), isso mesmo em high end LCD como a Sony X900H que lançou esse ano (isso pq é da mesma marca do playstation)
RCA realmente é um problema se vc tem um console mais antigo mesmo, a minha sony nem vem com o adaptador por exemplo

Então, eu consumo basicamente streaming mesmo. Mas o meu receio é a questão do tamanho da sala. Na casa do meu sogro ele colocou uma TV de 55" mais ou menos na mesma distância de que ficaria uma aqui em casa (Full HD a dele) e me senti desconfortável pra assistir.

A tela pra mim basicamente teria que ficar completamente ao alcance dos olhos sem eu precisar movimentar a cabeça. É mais ou menos você ir no cinema e sentar do meio pra frente (dependendo da sala) e ter que ficar curvando a cabeça toda hora pra tentar acompanhar um detalhe em um lado da tela que você não alcança normalmente.

Enfim, vai ser um caminho que vou ter que seguir a contragosto. Mas isso é em um futuro incerto ainda e quem sabe o que nos aguarda daqui a alguns anos em questão de tecnologia.

vc pode então comprar um monitor no lugar de uma TV, mas o preço de um é bem mais alto que uma TV como esse exemplo abaixo de um monitor 32" 4K

Não tem essa de “vale a pena”. Resoluções são meio que padrão. 32" é HD, 40" e 42" é Full HD e acima disso é 4K. Você pode escolher o tamanho dela, mas não a resolução.