Uso do Google Drive Compartilhados

Tubo bem pessoal? Senta que lá vem história…

Depois de vários dias de busca na internet e ficar esperando 40min em ligação para ser atendido pelo suporte do Google (sem sucesso), venho aqui perguntar quanto ao funcionamento do Google Drive compartilhado. O que acontece é o seguinte:

Usamos o Google Drive na empresa, pelo Google Workspace empresarial. Como é uma equipe, abrimos mão do uso dos Drivers Compartilhados, a fim de ter mais controle de quem mexe no que também de cada um manter sua conta de e-mail @empresa. Esse movimento acontece todo usando o programa para Windows da Google, que faz a sincronização do conteúdo, tornando tudo o que está Online, disponível off-line também.

Porém, esbarrei num pequeno problema: ao que entendi, usando o Google Drive compartilhado, a função de você selecionar um arquivo (ou pasta) como “Somente on-line” para que o mesmo não pese no seu armazenamento, o programa simplesmente não tira esse arquivo do seu armazenamento. Ele marca como item apenas on-line, mas ele continua fisicamente salvo. Há uma configuração no programa do Google Drive para deixar tudo off-line ou fazer por demanda, mas serve apenas para os arquivos no “Meu Drive”, que é o diretório que o Google cria individualmente para cada conta @empresa. Mudando ele, não mexe ME NADA nos drivers compartilhados.

Agora tenho várias pessoas da equipe com SSD cheias e não to achando uma maneira simples de fazer o programa do Google entender que, colocando como apenas on-line, ele pode tirar o arquivo da maquina em questão. Anteriormente usávamos Dropbox e era bem mais simples, ele entendia o comando e removia o arquivo. Não sei se pelo fato de na época ser uma conta pessoa física ou não, pois na época era um Dropbox padrão, não o Business.

O fato é o seguinte, temos vários drivers compartilhados e por comodidade, quando o pessoal baixou os mesmos, clicou direto no Driver Compartilhado em questão e mandou ficar off-line. Só que depois viram que certas pastas mais pesadas, alguns deles não precisam carregar off-line, até porque as SSD’s não são grandes nas máquinas e não estou achando um meio mais fácil de arrumar isso do que: CRIAR um novo Drive Compartilhado, TRANSFERIR todos os arquivos para lá, deixar que o Google Drive das máquinas entenda que fiz esse procedimento, excluir o Drive Compartilhado antigo e só então compartilhar esse Drive Compartilhado com eles novamente, para só então tomar cuidado e atenção nas pastas que for colocar como disponível off-line. O que traria mais um problema: alguns arquivos já tem seus links compartilháveis enviados a clientes para acesso, então esses links se tornariam inúteis.

Só que tipo, eu fico incrédulo que o Google não tenha uma solução mais simples! Ah, esses arquivos do drive compartilhado, para quem não sabe, não estão de fato “identificáveis” na máquina. Ao que eu entendi, eles ficam como se fosse em cache, que só com o programa aberto consegue ler e te mostrar os arquivos. Até encontrei essa pasta com os caches, mas são mil arquivos separados, com nome em códigos, então nada seguro de deletar. Diferentemente do Dropbox, que criava uma pasta visível, de simples acesso, até com o programa de sincronização fechado.

Alguém com experiência nisso e uma solução melhor? Até o Google não me atender kkk. Se bem que da última vez, o atendente não entendia nada de compartilhamento de pastas e tive que descobrir sozinho…

Desinstalar o programa, apaga todo o cache e depois reinstalar ele será que não resolve dele manter tantos arquivos em cache na máquina?

1 curtida

Penso que talvez não, visto que para resolver seria um “bug”, sei lá. Mas acontece com todos da equipe, então parece meio que o modo padrão de trabalho com os Drivers compartilhados. Mas é uma tentativa, antes de mexer nos arquivos de todos, posso fazer isso apenas com minha máquina. Vou tentar.

Quando instala o programa ele da 2 opções, uma de manter arquivos localmente e uma de trabalhar só com eles online, sei que não é a melhor solução do mundo, mas seria uma opção usar eles só online.

Na realidade, ele da essa opção apenas com o que ele chama de “Meu Drive”, que é o espaço exclusivo da sua conta, onde só seu e-mail tem acesso. Quando alguém cria um Drive Compartilhado e inclui você nesse Drive, o programa não da nenhuma configuração e, quando você abre ele para ver sobre a seleção, ele diz para você usar pelo comando do botão direito. Até ai tudo bem, o problema é ele não tirar o arquivo do armazenamento da máquina quando seleciono que quero X arquivo somente on-line, vai contra algo que seria somente on-line e ele manter pensando na sua máquina. Tanto que o Dropbox é diferente e fui ver como funcionava com o One Drive e com ele é mais intuitivo ainda, mas ainda assim, quando seleciono que quero só on-line, ele me da opção ou não, de liberar o espaço no minha máquina.

1 curtida

Este tópico foi fechado automaticamente 30 dias depois da última resposta. Novas respostas não são mais permitidas.