Uber x táxi: diferenciais não pensados

É impressionante como todos os jornalistas insistem no preço como o único diferencial a ser pensado na escolha entre Uber e táxi. O profissionalismo, a seguridade e a legalidade fazem do táxi a melhor opção sempre. No Rio de Janeiro por exemplo são inúmeras as reclamações de passageiros por conta de motoristas de aplicativo usando tornozeleira eletrônica, o que no táxi não existe por conta da necessidade de se ter que apresentar 4 certidões negativas de antecedentes criminais, mais a da polícia federal. Outro detalhe, importante desconsiderado é o amplo conhecimento sobre a geografia da cidade do taxista frente ao motorista de que via de regra não conhece os percursos, tendo muitas vezes o passageiro tendo que ensinar o trabalho que está pagando pra ter. Motoristas de aplicativo não são profissionais de transporte. São infelizmente desempregados de todas os ramos de trabalho tentando sobreviver fazendo plágio do táxi em carros particulares. Outro detalhe importante é a falta do seguro de acidentes pessoais obrigatório por lei em todos os táxis e inexistente no carro por aplicativo. Como podem ver a carência do que realmente importa desmente o argumento de que Uber e similares são sinônimos de modernidade. Se a modernidade é pagar pra ter que executar o serviço no lugar do prestador que não sabe o que está fazendo ao volante do veículo, ou andar sem segurança e legalidade, isso é deturpação do que seja “modernidade”. Uber no Brasil é o atestado de incompetência das autoridades constituídas que não se preocupam com política de geração de empregos. Tenho certeza que engenheiros e marceneiros nunca projetaram ser taxistas.

Já ouviu falar numa coisa chamada parágrafos?

3 curtidas

“chatGPT formate esse texto para que se torne legível”

1 curtida

chatGPT: desculpe, sou uma inteligencia artificial, não faço mágica. :V

1 curtida

Depende. Preço é definidor pra mim em 90% do tempo.
Quando estou com pressa ou estou com volumes, tipo mala de viagem, aceito pagar mais, pra pegar um carro melhor, de categoria acima, tipo Uber Black,
Quanto ao profissionalismo, concordo, pois táxi passa por uma série de etapas pra poder rodar. Teoricamente deveria ser mais seguro.
Mas ao mesmo tempo, até antes do Uber surgir, tb vimos casos e mais casos de taxistas folgados q achavam q estavam fazendo um favor pra vc.
Isso é do ser humano, nem todos são assim, mas acontecia.

Acho normal ter a concorrência do Uber. O mundo não é justo mesmo e nem vai ser. Cabe a cada um correr atrás do seu. Se está ruim, talvez o sindicato dos taxistas possa correr atrás do seu vereador ou deputado preferido pra tentar alguma mudança. Todo mundo tem esse direito.

Engenheiros tb eram taxistas nos anos 80, década perdida. Não é privilégio do Uber.

1 curtida

Em meados de 2012 paguei quase R$150,00 de Taxi pra ir da minha casa pro aeroporto, semana passada paguei menos de R$40,00 de Uber, e com certeza o motorista não aceitou a corrida pra não ter lucro.

Semana passada desembarquei numa cidade e caí na besteira de aceitar a corrida oferecida de taxista no aeroporto ao invés de pedir pelo app (e paguei mais caro inclusive), o cara parecia que tava passeando domingo com a família andando a 30-40km/h na cidade, na rodovia mal chegava nos 60km/h pois estava sendo ultrapassado até por caminhão bi-partido.
E andar devagar assim não é questão de segurança, muito pelo contrário, o cara se sente seguro demais porque faz o caminho 10x por dia e acha que não precisa prestar atenção, dava mais atenção pro celular do que pro trânsito.
Se fosse um Uber da vida eu dava uma estrela (e provavelmente nem teria pego corrida com ele, pois já teria visto que ele é mal avaliado).

Uber (e similares) contam com avaliação do motorista, coisa que Taxi não tem.

Taxi ainda é muito burocrático pra pedir, é 10x mais prático e transparente abrir um aplicativo e esperar o motorista chegar do que ligar pra trocentas empresas de taxi e ter que explicar onde você está, sem saber quanto tempo ele vai demorar ou se simplesmente não vai aparecer (já aconteceu comigo), sem contar que não duvido que muitos ainda devem operar com dinheiro em espécie não aceitando sequer pagamento com cartão (Isso é achismo, não sei se já existe um app para taxi estilo Uber)

Taxista nadou de braçada em dinheiro por muito tempo, faziam 2-3 corridas por dia e já tava com o burro na sombra (literalmente, pois se via mais taxis debaixo das arvores com o motorista dormindo do que rodando).

Eu particularmente não devo mais pisar num taxi na minha vida pois nunca tive uma boa experiência, diferente de Uber que nunca tive o que reclamar.

Pelo jeito, nunca foi esculachado por taxista por corrida curta para defender assim

Ou é taxista.

1 curtida

tb acho que é

Aqui em Curitiba tem onde reclamar de taxista que faz isso e daqueles que se recusam a pegar passageiro… hahaha

1 curtida

Só que hoje tem concorrência, mas quando não tinha, vish kkkkkk

Tem o 99 táxi, e algumas cooperativas locais também tem app. Na falta de Uber…

1 curtida

Este tópico foi fechado automaticamente 90 dias depois da última resposta. Novas respostas não são mais permitidas.