Tecnocast 201 – O e-book pegou de vez no Brasil?

1 curtida

Gostei muito do episódio e dos esclarecimentos que foram dados ao longo da discussão.

2 curtidas

Eu fui resistente, com as mesmas desculpas: livro vc toca, tem cheiro, etc.

Mas há uns 4 ou 5 anos adotei o Kindle.
Ainda compro livros físicos eventualmente, mas a maioria dos que leio hoje são digitais. Me adaptei completamente ao formato.

Apesar da concorrência com áudio visual, ainda leio muito! E com o Kindle passei a ler mais ainda!

Ao contrário do comentado no podcast, não tenho muita paciência pra livros de romance ou de auto ajuda. Gosto mais de biografias, livros de história, ciência.

Higa vendeu seu Kindle (isso é tão errado!)…:grinning::flushed:

1 curtida

Fiquei emocionado que o Higa leu meu comentário sobre o tecnoblog passado, mas é difícil demais perdoar essa venda impulsiva do kindle. Um absurdo total! kkkkkkkk

Brincadeiras à parte, esse é o gadget com melhor custo-benefício que já comprei por causa da quantidade de livros que li (sim, passei a ler muito mais) quanto pela não necessidade de trocar o aparelho todo ano.

1 curtida

em quais dispositivos vcs tao lendo mais? eu tive um kindle paperwhite de primeira edição (comprei em 2012)… mas ha 2 meses ele morreu, quando o touch parou de funcionar — 9 anos de guerra, agora descansa em paz…

agora estou lendo pelo app Kindle no iphone quando estou fora de casa, e pelo ipad quando estou em casa… e sabe, se for ambiente interno a leitura é bem confortável, tao quanto o kindle era… pra ambiente ensolarado o kindle segue sendo bem superior

mas agora to naquela duvida… sera que vale comprar um novo? a tela de 6” ficou um pouco pequena depois que acostumei com smartphone com tela de tamanho maior (pra nao citar o tablet)…

bom é ísso, to só refletindo se vale ou nao o gasto…
valeu

1 curtida

Você lê com fundo preto ou branco ?

Prefiro ler com dark mode, aí da para fazer uns ajustes de contraste e ponto branco, para deixar as letras mais claras em situações adversas. No iPhone não é necessário porque é OLED né, e o brilho consegue ser satisfatório. No iPad o que falei anteriormente faz mais sentido, pela limitação da tela.

Nunca me atraiu a ideia de gastar com isso. Tem quem ache imprescindível e até deve fazer sentido. Mas no meu cenário de uso, um iPad consegue entregar uma experiência superior e ter um aproveitamento melhor. Ah, fora estar lendo algo e já ter a comodidade de fazer anotações e estarem a mão, para serem compartilhadas.

1 curtida

Particularmente eu prefiro ler com fundo preto e letras brancas, mas como normalmente leio em PDFs com o leitor de PDFs do Android não me resta muita escolha a não ser em fundo branco mesmo.

1 curtida

e-Reader é bom se você quer um dispositivo sem distrações para poder ler sossegado, seja leve de segurar pra não cansar os braços, tenha uma bateria que dure dias a fio e não fique jogando uma luz forte na sua cara o tempo todo enquanto você lê.

Se nada disso interessa, não tem muito porque comprar.

2 curtidas

entao, sempre fui um apaixonado por kindle (na verdade ainda fico encantado com a tela e-ink deles, é bonito ver aquilo apagado e ligado ao mesmo tempo)… só que percebi que meu uso teve um pico de 2012 a 2015, quando lia MUITOS livros no kindle, o tempo todo… mas com o passar do tempo (nos ultimos 3 anos) o uso foi caindo, chegando ao ponto deu estar no sofa da sala e querer ler, lembrar que o kindle tá lá no quarto no andar de cima, e desistir de buscar, lendo no celular/ipad que estavam ali do lado… sem falar que voltei a alguns livros fisicos também (ainda que o ebook seja maravilhoso)…

em resumo, a parte de nao ter distrações é pouco util pra mim, pq apesar de procrastinador, eu consigo durante a leitura colocar no “nao perturbe” e focar no texto, sem distraçoes… ja a tela e-ink é sim uma maravilha e reconheço seu valor, ler no meu kindle sempre foi mto confortavel… porem sinto que ultimamente tem feito menos diferença… acho que vou segurar um tempo com o iphone/ipad e se no futuro lançarem um kindle mais vantajoso eu volto pra plataforma…

1 curtida

Nesse quesito por eu ser um usuário de Kobo, eu tenho mais opções, a Rakuten oferece modelos de até 10 polegadas. O problema é o preço, o modelo de 10 polegadas custa 400 dollares.

Qual tem sido a software/plataforma de leitura de ebook que voces tao usando?

kindle? apple books? outros?

no podcast eles citam o apple books tbm (nunca comprei por la, sempre usei a loja kindle pra comprar – apesar de me incomodar ter que abrir o safari, logar na minha conta amazon, pra conseguir comprar um livro kkkkkkk esse bloqueio pela apple é chato)

Se os principais pontos fortes do hardware não lhe interessam, não tem motivos pra comprar.
Porque ler ebook, quaquer computador ou smartphone lê.
Só encontrar alguma opção que o software agrade mais.

Apple books.

O Higa dando de exemplos de ebooks custando quase mesmo ou até mais caro que a versão impressa, aí fica difícil. Depois as editoras reclamam da pirataria e que o brasileiro lê pouco, mas por causa dessa patifaria. Pra mim ebook tinha que custar no máximo 50% da versão impressa, sei que ainda existem custos, mas não se comparam ao custo de estocar e transportar o livro em papel.

E até dá vontade de comprar um Kindle, mas quando lembro que o suporte a PDF é péssimo eu desisto. E não, não vou ficar dependendo de conversão e ficar torcendo pra não zoar a formatação.

2 curtidas

Muito proveitoso o tema e a entrevista, estão de parabéns!
Também achei meio criminoso o fato do Higa ter vendido o Kindle dele hahaha
Tenho e-Readers desde 2017 e consigo ler até que com uma frequencia legal (3x por semana), mas atualmente divido minha atenção com o impresso também, fiz uma assinatura de uma livraria local para dar aquela força, e tem sido muito bom.
Foi interessante saber como são formados os preços.