TCL sugere que PS5 Pro e Xbox Series X mais poderoso chegam em 2024

Não sei a Microsoft, mas a Sony não está conseguindo suprir nem a demanda desse PS5 “1.0”, que dirá ter logística/capacidade de produção pra uma versão Pro.

1 curtida

TCL se prepara para PS5 e Xbox Series mais poderosos que os de hoje

Arrumei

Me pergunto se essa escassez de chip e tal ainda é por conta dos mineradores de cripto, porque meu Deus, quando isso vai voltar ao normal, e quando isso vai voltar ao normal, preço de eletrônico ta lá em cima.

Cripto foi sĂł um dos fatores que fez a demanda aumentar desde 2020.
Com a pandemia, o trabalho remoto virou realidade pra muita gente, o que aumentou muito a demanda também.
Carros também estão exigindo cada vez mais semicondutores na produção, ainda mais com os carros elétricos e isso aumentou muito a demanda também.
Temos visto também cada vez mais gadgets conectados e supostamente inteligentes que também usam semicondutores e a tendência é esse mercado aumentar, aumentando ainda mais a demanda.
A oferta sofreu muito por causa da pandemia, com lockdowns fechando fábricas responsáveis por diversas etapas da cadeia de produção. China, Taiwan, Malásia são países importantes dessa cadeia e todas tiveram lockdowns e restrições fortes durante bons meses e isso afetou muito a oferta.

Além disso, o tempo necessário pra aumentar a produção de semicondutores é de meses. Pra aumentar a capacidade produtiva (ou seja, construir novas fábricas), o tempo necessário é contado em anos.
É importante notar que cada um desses segmentos precisa de um tipo diferente de chip (carros geralmente usam chips com tecnologia mais antiga, com processadores de 10 a 14nm, enquanto placa de vídeo, smartphone e desktop/laptop usam processadores de 8nm ou menos e os IoT eu faço nem ideia), o que força a capacidade produtiva do lado da oferta também, que tem que manter linhas de produções pra chips de diferentes “gerações”. Então mesmo que a gente esteja vendo as montadoras diminuindo a demanda porque sabem que não vai ter chip tão cedo, essa diminuição não dá margem para as fabricantes de semicondutores pararem suas linhas de chips para carros e usá-las para produzir chips para computador.

5 curtidas

EU só acrescentaria ao que o @centauro falou é que antes da pandemia já se produzia basicamente na capacidade máxima das fabricas, sem margens para paradas e aumento de demanda, e tivemos esses 2 acontecimentos durante a pandemia.
Imagino que vamos levar de 1 a 2 anos depois do fim dos lockdowns para normalizar o segmento, sĂł que a china continua sofrendo com lockdowns, entĂŁo o problema vai bem longe ainda.

1 curtida

Para complementar o que @centauro e @Felipe_Silva mencionou.

O CEO da Intel falou que a demanda aumentou drasticamente pelos motivos já falado, e outra coisa que aumentou foram as maquinas que fazem os chips que triplicou a demanda, mas que falta insumos para produzir tais maquinas.

E umas das coisa que falta é neon para fazer lasers, e um grande player do mercado era a Ucrânia e por causa da guerra, já era.

1 curtida

Nossa que aula, muito obrigado.