Samsung Galaxy S21: upgrade com downgrades

Originally published at: https://tecnoblog.net/413487/samsung-galaxy-s21-review/

Galaxy S21 tem chip mais poderoso, mas perde tela curvada, traseira de vidro, expansão de memória, carregador e mais

“Você pode argumentar que o policarbonato é resistente a quedas e que a maioria das pessoas coloca uma capinha por cima de qualquer forma, mas é fato que este não é o acabamento esperado em um celular de R$ 6 mil.”
Não concordo, se eu pagar 6 mil num celular, quero algo que rode tudo, que não me faça me preocupar com espaço, melhor bateria, melhor câmera e que caia no chão sem trincar todo o corpo. Poderia ter traseira de alumínio? Até poderia, mas estamos em tempos de modinha de carregamento sem fio. Não daria. Mas cada um com seu gosto, tudo bem. Difícil ter um produto que se encaixe em todas as finalidades de todos os consumidores

2 Curtidas

Todos tem a liberdade de comprar ou não… eu vou comprar assim que os preços baixarem. Acho muito chato esse pessoal que só fica reclamando e não compra nada. A Samsung, a Apple ou qualquer marca não obriga ninguém a comprar nada.

2 Curtidas

Samsung, como sempre, fazendo das suas às vezes. Fiquei feliz com a perda da tela curvada, que pra mim é mais desnecessário do que tudo. Mas a escolha em retirar o vidro em favor do policarbonato, bom…

Enfim, é aquele lançamento que não vai interessar quase ninguém e muito menos deixar saudades quando o próximo for lançado (se não lançarem pior, claro).

Pra mim essa variante só escapa pela tela plana. Além dessa cor que realmente ficou muito atraente. E só! Nem com o resultado das fotos me empolguei. A versão ultra me agradou bem mais.

Está decidido: se eu tiver que perder dinheiro com a Samsung será com a versão ultra.

De todo modo, é muito ruim saber que cada vez pagamos mais ,para ter menos. Aos usuários Apple fica o alento de uma defasagem bem menor e um suporte bem maior.

Então já que os preços altos são uma tendência sem prazo de validade,está na hora da Samsung valorizar mais os seus produtos premium.Não apenas no ano de lançamento.

Pra mim a Samsung só foi bem até o S10. No S20 inventaram a tal versão ultra pra jogar tudo o que dá só nela e aí ficam essas versões capadas.
Eu tinha um S10 e sempre trocava de ano em ano e pra mim foi o ápice da Samsung. Veio o S20 já com ares de design de A51.
Esperei pois o S10 servia bem.
Chegou o S21 e o desastre foi pior.
Resumo do meu caso: já que era pra gastar com celular caro, melhor gastar com um iPhone 12 que tem qualidade garantida e um S.O. com apps melhores.
Isso porque nunca tive iPhone.

3 Curtidas

Com o S20+ por R$3K, nada justifica a compra desse aparelho.

1 Curtida

Existe um ponto que esse celular lá fora está indo com redução de preço…Então é muito mais a Samsung atacando um segmento na casa dos 700 dólares. Aqui, que mesmo tendo queda de 200 dólares o aparelho…ele vem mais caro que o de 2020 (quando o dólar já era caro). Preço brasileiro só reza pra entender

1 Curtida

Não vejo nada que justifique comprar isso em vez do S10+.

3 Curtidas

Existe um ponto que está sendo muito veiculado na imprensa que vale um discussão:
Qual é a definição de downgrade?
Existe um lado de que as empresas removem recursos para criar demanda de outro como é o caso da entrada dos fones de ouvido, mas elas também tem acesso as estatísticas de uso e a cada lançamento tem que decidir se o recurso vai continuar ou não.
O Iphone nunca teve entrada de cartão sd e sempre vendeu.
Tela curva nunca foi um paradigma de interface de usuário
Emulação de tarja magnética num sistema de pagamento super nichado deve ter uma incidência de uso tão baixa que não faz diferença.
Vejo o Tecnoblog, The Verge, Engadget, Marques Brownlee, etc, usando o termo downgrade e fico com um pé atrás.
Acho que a Samsung mirou numa faixa mais ampla de preço na série S e fez bem feito lá na gringa. Pelo menos mais bem executada do que na época do S3 e do S3 mini.

1 Curtida

Vidro ou plástico, realmente cada um tem seu gosto. Mas o que deve ser retido aqui é que é uma questão que vai além de gosto. Se a Samsung usou um material de custo mais baixo ,não faz sentido o preço final do aparelho estar nesse patamar. Alem do uso de material com custo inferior, ainda há a ausência de fone e carregador. Focar apenas em gosto pessoal é tudo que a Samsung quer para a problemática maior ficar em segundo plano.

Concordo. O produto já não é barato, pertence a uma categoria premium, não faz sentido usar um material barato. É algo que desmerece o aparelho.

1 Curtida

Também nunca fui fã de tela curva. Lembro do S7 Edge, achava a pegada horrível. Com o tempo foi ficando mais fino e melhorando. Até que diminuíram bastante.

A única exceção de tela curva (nas 4 extremidades) para mim é em smart Watch, assim permitiria levar as bordas pra longe dos olhos, tendo total aproveitamento da área útil.

1 Curtida

O Galaxy S21 é praticamente com um S20FE com atualização de processador pelo dobro do preço.

1 Curtida

Ao que parece, o ridículo efeito boneco da selfie do S20 foi levemente reduzido no S21. Mas precisaria testar à noite, pois é com pouca iluminação que o efeito aparece mais.

Se a samsung permitisse pelo menos usar a GCam, seria um ponto negativo a menos para o aparelho.

2 Curtidas

São cada vez mais raras avaliações tão sóbrias e imparciais, como essa.

Como um fã e usuário da linha Galaxy, desde o S1, realmente frustra um pouco perceber alguns “downgrades” do S21, até mesmo comparando materiais e funções que tem na mesma linha, só que a Ultra.

Eu consigo compreender que o S21 não consiga comportar as mesmas câmeras, baterias e até tela da versão Ultra. Agora: acabamento, compartibilidade com SPen, se tem em um, faz sentido estar nos outros.

Para materiais mais simples, é por isso que existem versões light e fan edition.

No mais, a linha S21 tem um dos melhores designs que vi ultimamente em todos os flagships. Essa disposição da cor do módulo de câmeras trazem diferenciais e personalidades únicas.

Preço? Bem… Esse eu prefiro não comentar, mas sejamos justos… O mercado de smartphones está totalmente impactado pela alta do dólar, e apesar dos pesares, a Samsung Brasil ainda consegue fazer alguns milagres.

Um abraço!!!

2 Curtidas

Cara, vale lembrar que no exterior o S21 teve uma redução de 200 dólares no preço de lançamento, não é pouca coisa. Aqui é que os preços estão distorcidos.

Sei lá, acho picuinha reclamar dos materiais que se utilizam na parte de trás do aparelho que, como bem mencionou o Higa, vai passar 90% da vida escondido por uma capinha. E, pelos comentários que vi, mesmo quem usar sem capinha, o material tem um bom acabamento.

Eu ainda acho muita vantagem pegar o S21 em detrimento do S20 (claro que não nesses preços de lançamento), principalmente em favor do processador, pois a cada geração a Samsung melhora os seus Exynos, diminuindo o gap com os Snapdragon, e não só por questão de performance, mas em questões de duração de bateria.

Eu honestamente fiquei muito tentado a trocar meu iphone 8 por esse S21. Quiçá ainda o faça, mas se for só em 2022 e olhe lá. Muito embora o iphone 8 ainda tem bastante poder de fogo para o que faço, ele peca pela bateria fraca (mesmo quando e 100% de vida), e pela falta da câmera ultrawide. No começo eu pensava “só levar a gopro tá beleza”, mas realmente, é outro mundo tu só sacar o celular e capturar a foto. Com a gopro tem que pegar ela da mochila ou bolso, ligar, se preocupar com a bateria que dura muito pouco. Enfim.

1 Curtida

Cara, mas aí tu tá comparando um celular de R$ 8.500,00 (7.600,00 à vista) na versão 128GB com um de 6.000,00 (5.300 à vista). E esse S21 em alguns meses vai estar menos que isso.

Estou num iphone 8 e fiquei muito tentando no iphone 12 mini, mas os preços, não rola.

Acho que a ideia da Samsung foi fazer o S21 como o aparelho de entrada, e o sucessor do S10 e S10+ (o topo do topo de linha), tanto na linha S20 quando S21 ficou a cargo do ultra.

Só que isso confunde os usuários.

Eu tenho um S20 Ultra 5G que comprei por impulso renegociando o meu contrato (me saiu por 700€) e vindo dum S9+ sinceramente fiquei muito desiludido. As câmaras só são superiores em zoom e pela qualidade dada pelo software (modo noturno por exemplo), as imagens têm mais distorção nos cantos e a bateria é uma miséria para o tamanho.

Vendo estes S21 (Ultra) vejo que é o que os S20 deveriam ter sido, o que significa que são modelos que esperaria em 2020 e não em 2021.

O ecrã dos S21/S21+ piorou em resolução, a qualidade de materiais também e continua sendo 8K a 24 fps sem estabilização e com muito efeito “rolling shutter” (muitíssimo mesmo) o que inviabiliza usar.

Se querem a minha opinião (e eu uso Samsung desde o S3 / Note 3), não comprem nenhum modelo S20/S21. Ficarão muito melhor servidos com um S10 ou Note 10 a melhor preço e na realidade não vão notar diferença; logo guardem o dinheiro que pouparam e quando sair um S22 ou S23 com Exynos e gpu AMD, aí sim acredito que vai ser muito massa.

Eu vou esperar pelos Smartphones dobráveis como o Fold mas com os novos gpu AMD, isso sim significa que você vai poder ter um computador no bolso, um ecrã grande, usar o office como um PC, etc. Até lá não gasto mais dinheiro.

1 Curtida