Qualcomm admite que novo Snapdragon 6s Gen 3 não é um chip… novo

1 Like

A Qualcomm vai longe dando uma de Intel… hahaha (Se bem que nem a intel requenta chip de 3 anos atrás…)

6 Likes

Por incrível que pareça estou torcendo pra mediatek mostrar uns chips bons e baratos pra tirar a Qualcomm do conforto, funcionou com a Intel.

6 Likes

Parece a motorola lançando moto z que era downgrade do moto z anterior

6 Likes

Você está falando do Moto Z2 Play? Lembro quando a Motorola lançou o Moto Z2 Play e era pior que o Moto Z Play, pois vinha com uma bateria bem menor.

5 Likes

Não lembro agora exatamente, mas lembro que teve caso que teve downgrade não só de bateria, mas de memória e câmera, e gente preferindo comprar a versão mais nova sem saber que era mais limitado. Ninguém é obrigado a saber essas coisas, acho sacanagem da empresa, a lógica é que se é uma versão posterior vai ter alguns itens que ficam iguais e outros que são melhores, nunca que diminuiu.

1 Like

A Xiaomi é a rainha de fazer isso. A linha Redmi Note não tem um padrão de evolução, em algumas gerações há retrocesso nos componentes.

Esse negócio de reciclar SoC me lembrou da época que passaram uns 3 anos lançando intermediário com Snapdragon 625. Parecia não haver outro SoC no mercado.

Se não me engano a Mediatek fez algo parecido, no caso ela renomeou processadores que já haviam sido lançados. Nem as specs mexeram, mudaram apenas o nome.

4 Likes

O Z2 Play tinha mais ram e mais memória interna, o processador era melhor mas não era muito diferente. A câmera eu vi que mudou, a do Z Play era 16mpxl e do Z2 Play era 12mpxl, mas não sei se a qualidade era inferior.
Porém, a maior diferença entre eles era realmente a bateria.

2 Likes

Muito corajosa de admitir isso então os processadores 4 gen 1 2 e 3 não chegam nem perto da linha 600 antiga que tristeza.

1 Like

Qualcomm recorrendo a recauchutagem pra não ter que subir os preços e perder concorrência, aprendeu direitinho com a Mediatek.

Pior que alguns chips são tão bons, que mereciam ser usados anos depois apenas descendo de patamar, como o arroz de festa Helio G85 e até mesmo o SD695, esse ano teve um modelo da Samsung lançado somente na China que usa o velho SD888.

As versões S da Qualcomm sendo usadas pra essa finalidade, pra tentar não subir muito os preços, o SD 8s mesmo é um 8 Gen 2 recauchutado.

1 Like

Além da linha ser confusa
Me interessei pelo Note 13 4G para dar de presente a uma pessoa, achei as specs e preco ótimos, mas achei inaceitável terem tirado o NFC, que até celulares de menos de $100 vem hoje em dia.

2 Likes

Na verdade, foi na própria Coreia do Sul.
No caso, é o Galaxy M44, que só foi lançado lá, só que com outro nome: Galaxy Jump3.

Bem que poderia vir um Galaxy M25 com Snapdragon 778G, pra suceder o Galaxy M23 (que utilizou o Snapdragon 750G, do A52 5G), além de que os aparelhos dela com o 778G são de dois anos atrás, no caso, o A52s, A73 e XCover6 Pro, mesmo ainda sendo um chipset interessante nos dias de hoje.

2 Likes

Gostei desse modelo, é a mesma categoria do finado Moto G200, celular focado únicamente em potência bruta mas abrindo mão de acabamento e câmeras Premium, acho que esse modelo faria bastante sucesso no Brasil, se o Hélio G85 faz sucesso atr hoje, o 888 sendo usado hoje também faria.

1 Like

Ele, de certa forma, sucede o Galaxy A82, outro que também só foi lançado lá na Coreia do Sul, mas como Galaxy Quantum2, e vinha com Snapdragon 855+ (o mesmo do Galaxy Z Flip):
https://www.samsung.com/sec/support/model/SM-A826SZWASKC/
be48368a-2a22-4282-8c77-01aee55ccd46
E é importante lembrar que o próprio Snapdragon 778G foi relançado duas vezes, como 780G e como 782G.

2 Likes