PS5 com sistema de resfriamento menor não perde desempenho em jogos

Esses engenheiros que não testam na lugares quentes, quero ver aguentar com o calor ambiente!

No The Verge eles afirmam que o sistema de resfriamento do PS5 na verdade foi superdimensionado para evitar surpresas no período de lançamento e eventuais reviews negativos por superaquecimento ou barulho das ventoinhas.

Não simpatizei com a proposta, e achei bem questionável por sinal.

Não acho errado ela vender uma versão revisada (mais ou menos potente) , meu problema está com a malícia em mandar esse primeiro lote tunado para agradar reviewers e o público early adopter, mas depois o grande público comprar a versão revisada sem saber.

Se essa afirmação for verdadeira, então não deu muito certo. :sweat_smile:

Aqui eu uso o modelo de lançamento do PS5. Mesmo sem problemas de superaquecimento, o console fazia muito barulho, em especial antes de algumas atualizações de firmware.

Em comparação, às vezes parecia até mais barulhento que o meu PS4 Slim quando ele rodava The Last os Us Parte 2 (parecia que ia levantar voo). Isso fora o barulho estridente do driver de disco que rodava de uma em uma hora.

Eu ainda não tive contato com PS5, estou até pensando em comprar na próxima janela. Assim como o seu PS4, o meu Fat parece mais um drone que um console kkk

Versão revisada de console eles sempre lançaram sem nenhum aviso prévio. O PS2, por exemplo, teve pelo menos 10 versões do modelo fat.
E eles enviaram 7.8 milhões de unidades do PS5 até 31 de março de 2021.
Essa versão revisada parece ter sido lançada em algum momento depois disso, porque as primeiras notícias a respeito são de agosto de 2021.
Então não sei se eu chamaria uma tiragem de 7.8 milhões como uma tiragem para “reviewers e early adopter”.

2 curtidas

Nossa mas Sonysta passa pano! meu Deus!
PQ vcs não falam que colocaram peças inferiores.
Carregar nas costas esse trambolho todo dia deve ser remunerado