Polícia nos EUA quer que robôs tenham “permissão para matar"

O que poderia dar errado?
(Em que pese que, com os humanos usando armas, também dá errado toda hora…)

13 curtidas

“Robôs com permissão para matar”…

Na verdade quem vai decidir matar ou não é o sujeito pilotando o robô… A matéria dá a entender que é uma máquina controlada remotamente, sem nenhuma autonomia pra decidir nada.

Diferente do que os caras estão fazendo na área militar… que são robôs realmente autônomos.

4 curtidas

A questão é porque até agora não entraram em discussão de usar arma não letal em robô, já que a defesa de usar arma letal são defender a vida do policial e vida de civis envolvidos ou de estarem no local, e robô não tem vida a ser protegida.

1 curtida

Já viu quanto eles custam? Um policial morto é mais barato do que um robô destruído.

6 curtidas

Não sei porque, mais acho que isso vai dar :poop:

1 curtida

vou ser um pouco frio e desumano, mas depender do local, nem é questão de ser barato, vai ser um custo a menos.

2 curtidas

Esta postagem foi sinalizada pela comunidade e está oculta temporariamente.

6 curtidas

You have 20 seconds to comply.
images

2 curtidas

Nesse caso aí já teve robô que matou antes controlado remotamente, mais especificamente no caso no massacre em Dallas. Literalmente explodiram o robô na cara do criminoso.

Logo em São Francisco, reduto de democratas?
Essa história tá muito estranha
Mas não ficarei surpreso se aprovarem isso

1 curtida

Na verdade não! No Brasil um policial morto custa muito, a longo prazo. Pois o pensionista fica com o salário e promoções de carreira. Meu pai era policial e morreu de câncer, minha mãe herdou a pensão e seguro de vida militar. Uns 100k de uma vez e salário pelo resto da vida dela.

2 curtidas

Acho que a prefeitura é republicana, ou algo assim…

Ele não teria essa aposentadoria no futuro?

O custo extra é só o tempo que ele não trabalhou, e tem de ver se esse seguro de vida é pago pelo governo ou por empresa terceira também.

Um robo qualquer deve começar acima de 1 milhão de reais.

Nada não, assim como o carro autônomo vai sempre funcionar, confia no pai…

1 curtida

mas isso porque seu pai tinha dois dependentes

Questão éticas kkkkkk. Basta cair na mesa um contrato para comprar de vários robôs para essa finalidade que a Ética vai pro espaço. Humanos matam humanos e eles são os seres racionais que deveriam ter sentimentos e os comem pelos mais fúteis motivos. Então o que tem de errado em uma máquina que não tem emoção nenhuma dizer isso
Regras, os humanos são cheios delas . Mas não cumpre praticamente nenhuma
Discutem milhares mas continuam sendo essa merda que tá ai.

O própria matéria diz que não se sabe o que ocorreu. E nunca vi casos como esse onde não foi o motorista que pisou no pedal errado e continua achando que é o freio.

Enquanto isso a Skynet só está rindo esperando o momento certo para eliminar todos nós.

a polícia de Dallas equipou um robô de desarme de bombas com um explosivo para matar um indivíduo. Na ocasião, o chefe de polícia de Dallas declarou que não teve outra opção para parar o sujeito.

Quando li isso, primeiro fiquei chocado com a solução proposta pela polícia, afinal, onde esse criminoso estava tão bem protegido para uma atitude dessas? Dentro de um tanque de guerra armado até pescosso igual ao Rambo?

Em seguida imaginei o quão traumatizante seria a morte para esse robô se ele tivesse consciência. Imagina você ser o cara que desarma bombas para salvar inocentes e o seu chefe fala que você será um kamikaze.

Eu penso que colocar qualquer tipo de arma já abriria espaço para torná-los objetos ainda mais de uso militar.

Mas se este fosse um passo inevitável da polícia, certamente prefiro que eles usem balas de borracha, tasers ou simplesmente a força deles para conter algum potencial criminoso.

2 curtidas

então, a questão de robôs na área milita já é feita a anos, um caso importante que teve recentemente foi ter matado o principal físico iraniano por um robô com metralhadora e inteligência artificial.

Só que na policia é mais diferente, o objetivo é preservar vidas, se a vida do policial não está em risco por usar um robô, a operação dever ser menos letal possível com balas de borracha, tasers ou força como você falou deveria ser a primeira opção, mas nem se quer é cogitada, o que é cogitado é botar um M4 e sair atirando.

1 curtida