Opções de E-Readers no Brasil

No Brasil estamos somente com o Kindle como opção de ereaders? Estava querendo comprar um que funcionasse com ebup de forma nativa.

1 curtida

De forma oficial sim o único é o Kindle.
Mas se quer um que suporte ePub, o melhor seria importar um Kobo, já que embora não seja mais vendido por aqui ainda possui a loja de ebooks.

3 curtidas

É tão fácil fazer a conversão pra mobi usando o Calibre que não vejo suporte nativo a epub como grande diferencial. O Kindle ainda tem um serviço que você pode enviar o arquivo mobi para um endereço de email e ele já entra automaticamente na sua biblioteca da Amazon.

3 curtidas

Sinto falta das empresas explorarem mais esse mercado com telas maiores e autofalantes (áudio book simultâneo com leitura ou música enquanto ler).

Alem, é claro, da falta de opções e-ink coloridos.

1 curtida

tem eReader até de 13 polegadas, acho que ta bom né?
BOOX Max Lumi - 13.3" E Ink Tablet with Light
Sobre mp3, eles pesnsaram em colocar mas viram que era uma feature que não faz sentido num eReader.
E e-ink colorido ainda é bem limitado, fora que não mudaria muito para livros, já que a maior parte do tempo vc vai estar lendo, não vendo imagens.

Até o momento, as tecnologias de tela e-ink coloridas têm o contraste bem inferior às monocromáticas e definição nas cores inferior à resolução da tela (geralmente 100 ppi). Não acho nada vantajoso ler textos menos contrastados para ver imagens com cores lavadas e pouco definidas de vez em quando. Se for para ter um e-reader com cores, eu aposto mais no LCD reflexivo, que ainda tem taxa de atualização muito maior e pode até mesmo reproduzir vídeos.

Quanto aos e-readers tradicionais, também quero mais opções com tela maior e com maior definição e contraste.

1 curtida

Tenho um Lev há muitos anos, comprei da saraiva. Não sei se ainda vendem, mas é ótimo para epubs

Aparentemente ele foi descontinuado no ano passado.

O problema de enfiar 10 coisas em um ebook reader é que perde a essência dele que é ser leve e ter bateria de longa duração, vira praticamente um tablet.

Tenho um Lev com luz, sinto falta de uma tela maior, mas ele faz tão bem a sua função que não me vejo gastando para comprar um substituto a ele.

Exatamente, esse ereader mesmo de 13 polegadas que postei nada mais é que um tablet android com tela e-ink.
No meu caso possuo um Kobo Touch que esta um pouco surrado, mas que ainda funciona perfeitamente.

Acho que eles têm que repensarem isso do Mp3. Leitura de livros em inglês, seria muito mais proveitosas, para aprendizado, acrescentar um audiobook, enquanto a pessoa lê. Aliás, o livro mais vendido, sobre aprendizagem em inglês, na Amazon é, justamente, um livro com algumas histórias curtas acompanhadas de áudio.

E sobre figuras coloridas, quando eu vejo a foto de páginas do livro nas avaliações me enche os olhos as ilustrações, aí quando eu vou pro Kindle é aquela tristeza de preto e branco. Acabo até ignorando as imagens.

Engraçado que nada do que eu leio tem ilustrações dignas de prestar atenção, acho que é o tipo de livro que me chama atenção.

Hoje to lendo a garota no trem, tá na fila de leitura 1984 e admirável mundo novo (livros que devia ter lido a muitos anos mas sempre acabo deixando pra depois)

1 curtida

A intenção do e-reader é ser um meio de leitura dedicado e sem distrações, então acrescentar mp3 em background acho que iria contra os propósitos. A geração atual do Kindle Paperwhite tem suporte a áudio books, mas se não me engano tem que conectar um fone Bluetooth.

Quanto a imagens, acho que de todos os ebooks que li, apenas 1 tinha ilustração, e mesmo assim a cor não fez falta. Seria interessante um e-ink colorido com boa resolução para leitura de quadrinhos, aí sim faz falta.

Os Sony Reader, afaik, tinham isso, tinham até conector P2 (imagine só, conector de fone de ouvido num aparelho eletrônico!).

1 curtida

Este tópico foi fechado automaticamente 30 dias depois da úlima resposta. Novas respostas não são mais permitidas.