O deepfake prova que nenhuma tecnologia é 100% boa ou ruim