Navegador Brave compra briga com Google para manter adblock

1 Like

É importante notar que esse é um problema limitado aos navegadores que usam o motor Chromium, como o Chrome e o MS Edge. Pelo menos ate agora se voce usar navegadores como o Firefox, o adblock uBlock Origin continua funcionando normalmente, inclusive para o Youtube.

3 Likes

os anúncios são a principal maneira com que os produtores de conteúdo ganham dinheiro no YouTube

Acho impressionante alguém conseguir ficar do lado abusivo dessa história.
Ninguém é contra anúncio e aposto que a maioria dos navegantes prefiram anúncios do que ter que pagar mensalidades.

O ponto é, de um tempo pra cá alguns serviços estão abusando na quantidade e, principalmente, na qualidade dos anúncios.

Como se não bastasse ter que ver quase uma dezena de anúncios pra ver um vídeo curto, ainda são anúncios fraudulentos que praticam golpes e phishing.

E o que é ainda mais absurdo nessa história, é que as big techs se preocupam mais em garantir que seus usuários vejam seus anúncios fraudulentos do que bater de frente contra este mar de anúncios enganosos que estão por aí.

20 Likes

Se os anúncios não fossem tão invasivos e ruins, não teria tanta gente querendo bloquear.

8 Likes

A única e principal preocupação da Alphabet (dona do Google e cia) é… ganhar mais. Pros criadores de conteúdo tá cada vez mais complicado o YT. Aliás o que tem é vídeo de vários deles reclamando de que a plataforma está cada vez mais cobrando do criador. E está remunerando menos em contrapartida. Isso tudo pra proteger-se da concorrência cada vez mais crescente de TikTok e cia.

Basicamente: querem se manter relevantes punindo quem mantém as ferramentas relevantes, que são os criadores de conteúdo. Ao invés de incentivar os criadores a criar conteúdo melhor remunerando melhor e tentando reter a enxurrada de gente debandando, punem quem escolhe ficar. E no processo também pune os usuários. Porque está absurdo as inserções. Pagar? Pra que? Pra ver os criadores que ainda resistem criando conteúdos cada vez menos interessantes? Canais que tem milhões de inscritos com vídeos que tem 10.000 views e nem 1.000 reações (likes ou dislikes).

Enquanto houver essa mentalidade de que a culpa é do usuário e tentar cercear ele de algumas “liberdades” enquanto pune os criadores junto, a concorrência vai cada vez mais abocanhar gente. É esse o problema dos executivos: envelhecem e apenas querem lucrar cada vez mais. Suas criações já não funcionam mais da mesma forma, mas mesmo assim ao invés de tentar salvar a criação do abismo ficam empurrando cada vez mais pra lá.

O Brave? Resta mudar de engine. Ou sobreviver com o Manifest V2 enquanto puder.

6 Likes

Boa parte dos Youtubers que vejo estão ganhando mais por patrocínio e Pix/Superchat que por propaganda do YouTube.

4 Likes

O maior problema nesse caso é que, como o Chromium é basicamente a engine de navegador mais popular, pode abrir um precedente a la Internet Explorer de sites simplesmente quebrando ou pelo menos estarem capados porque não estão rodando em um navegador Chromium.

Aí que a dor de cabeça começa.

3 Likes

Por exemplo o emissor de notas fiscais que utilizamos na empresa onde trabalho, só funciona no Chrome (nem no Edge direito), então tenho o navegador somente para isso.

Uso o Firefox desde a versão 3 e ainda tenho o instalador da versão 4 guardada de lembrança.

3 Likes

Bravo, bravíssimo :clap:t2:

2 Likes

Eu falei a uns dias que o Brave está normal, eu estou de boa, se for para usar o Firefox prefiro assinar o YouTube.

Só os grandes conseguem isso, tipo o Linus. Fora esses dependem dos ads mesmo.

Se falar que é pra pagar os YouTubers, primeiro precisa ser justo com as políticas, vários YouTubers tomam strike por usar trechos de vídeos de outros, mas o YouTube permite 7 segundos, já vi gente com 4 segundos de vídeo tomando strike

O único problema é esse. Como esses navegadores são baseados no chromium, que é desenvolvido pelo Google, provavelmente o manifest v2 vai ficar obsoleto em poucos anos e se não houver um fork para continuar o desenvolvimento, complica. Tomara que brave, opera, Vivaldi e outros navegadores se juntem para fazer um fork e continuar o desenvolvimento do Manifest V2.

1 Like

Eu deixei de usar o Chromium justamente pelo fato da Google ter removido a flag pra desabilitar o autoplay de áudio e vídeo ao abrir uma nova aba. Então você abre 5 novas abas do YouTube todas iniciam o vídeo, enquanto que no Firefox se desativa isso de forma fácil pelas configurações, sem ter que ir as flags. Nem flag existe mais no Chromium e outros navegadores baseados no mesmo como Google Chrome, Edge, Brave, Vivaldi, Opera… Aí tem-se que usar aquelas extensões de terceiros sem selo de segurança que nem sempre funcionam.
Esse Manifest aí vai ser outro problema que no futuro pra bloquear os ads só usando scripts com Tampermonkey ou então, tendo que adicionar o bloqueio via hosts.

1 Like

volto a repetir: quem usa adblock sabe o q quer e o q está fazendo.

se tudo o mais falhar, crio o meu adblock do p youtube.

firefox e adblock não param. caso dê algum pipoco, basta limpar o cachê e pronto.

e aqueles anúncios q o adblock não pega, só sendo uma ameba p acreditar e clicar

1 Like

Eu acredito realmente que a questão não é ter anúncios ou não…: é simplesmente a qualidade dos anúncios. Google (YouTube) e Facebook (Instagram) tem hoje os piores anúncios! Muitos de péssimo gosto, anúncios que muitas vezes não passam pot checagem e em alguns poucos casos até anúncios que contém algum tipo de golpe.

Pergunta genuina: qual a bronca da galera com o Firefox? E porque gostam tanto de usar esses navegadores baseados em Chromium?

Vc tocou num ponto fundamental; a questão nunca foi que “ninguém curte anúncios”, mas sim q está havendo abusos e quantidades massivas de anúncios duvidosos.

3 Likes

Tmb não entendo. Uso diariamente para acessar uma porrada de sites. Amo a boa renderização de fontes, recursos de bloqueio de autoplay de video, bloqueio de rastreadores e extensões completas. A meu ver hoje (no pacote geral) é o navegador mais confortável para usar a web.

3 Likes

Um vídeo interessante pra vocês

3 Likes