Não foi só o iFood que fez o Uber Eats encerrar delivery de comida no Brasil

Como negociar com alguém que cobra TRINTA E CINCO POR CENTO de taxa no pedido?
A máfia cobrava menos que isso.

11 curtidas

Acho que o Rappi não vai durar muito tempo, toda vez que tento usar o Rappi acabo me frustrando. Os preços geralmente são maiores que os do iFood, no iFood mais estabelecimentos aceitam meu VR e o aplicativo do iFood também é mais intuitivo.

2 curtidas

Pior q o iFood n tá muito longe dessa taxa mafiosa, n!

O ponto é q pra restaurantes médios/grandes vc consegue ter a sua própria frota de entrega e pagar uma taxa menor, em torno de 15%.

Mas se vc é pequeno e depende do sistema de entrega do iFood e juntando todas as taxas, o restaurante paga mais de 25% pro iFood.

Inclusive, é bem comum a gente conseguir um preço bem mais em conta quando pede diretamente pro restaurante.

4 curtidas

Top mesmo é o Robin Food, pena que ainda não expandiu tanto para outras cidades além de Juiz de Fora (onde o app nasceu). Mas ele é o melhor. Cobra dos restaurantes os mesmos 30% que o iFood cobra, porém, devolve 5% pros consumidores como cashback! Quando morava em Juiz de Fora, cheguei a ganhar mais de R$ 600,00 em cashback, só usava o Robin!!

1 curtida

Markeplace é parecido, taxa de 15% a 20% normalmente e frete gratis(custando 16 reais),um pedido de 100 reais, o marketplace fica com 31 a 36 reais.

2 curtidas

O iFood cobra 23% + 3,5% pela transação + taxa fixa de R$ 130.
Se seu restaurante vendeu R$ 2.000, no fim das contas vc pagou 33%, o que é praticamente o mesmo. Temos um açaí na plataforma e essa taxa fixa nos mata. Não sei se a Uber tbm tinha.

As taxas de entrega do Eats para o comprador tbm eram muito mais baratas e o limite geográfico da entrega muito maior.
O mesmo restaurante que a entrega era R$ 13,99 no iFood, na Uber era R$ 6,99.
O iFood limita o alcance do restaurante em 7 km, na Uber eu fazia pedidos de restaurante a 25 km de distância a uma taxa de menos de R$ 15, taxa essa que o iFood cobra dentro dos 7 km.

Enfim, nos últimos tempos eu vinha usando mais a Uber mesmo por compensar mais.

Só que o app tinha um bug que ocorria comigo desde a vinda ao país: quando clicava em finalizar, o pedido desaparecia como se eu nunca tivesse escolhido nada e eu tinha que reiniciar tudo de novo. Sempre conseguia na segunda tentativa. Meu app atualizou diversas vezes e o problema nunca se resolveu.
Eu era paciente e comprava novamente, mas se isso ocorria com outras pessoas, pode ser outro motivo para as pessoas terem desistido. Um bug bobo mas que pode afastar clientes, e nunca se preocuparam em resolver.

2 curtidas

É o que eu costumo fazer.
Uso os apps como “cardápio”, procuro o nome no Google e peço por telefone/WhatsApp.

Tem uma pizzaria excelente aqui, que sai uns R$ 20 mais barato pedindo direto com eles, melhor que qualquer cupom que os apps oferecem.

4 curtidas

Faço isso, mas creio que a galera que criar um app de restaurante e cobrar somente uma mensalidade fixa vai deitar, deixa que o proprio restaurante faça as entregas, use apenas o sistema como gestão e pronto, se tiver cartao no app cobre apenas o percentual da maquia e custos da transaçao e pronto. vai rolar

Comigo ocorria isso mesmo. Mas bastava só “voltar” na tela anterior e prosseguir de novo que o pedido aparecia pra concluir.

Como eu já manjava desse bug, era tranquilo, mas, como você bem disse, é bem provável que virasse motivo de desistência para pessoas menos pacientes.

1 curtida

Usava mais o Uber Eats devido os restaurantes com mais qualidade do que no iFood.

Eu tenho um problema com o Rappi que é mesmo que eu queira muito pedir lá, no final sempre acabo desistindo. Nunca tem o que eu quero e quando tem as condições não são boas.