Multi enfrenta síndrome de vira-lata do brasileiro, diz presidente

2 Likes

A Multi mudou de nome para tentar se desligar da má fama da marca Multilaser, mas continua cometendo os mesmos erros.
Importa bugigangas e vende com preços proporcionalmente altos pela qualidade entregue.
Na parte de software são bugados e com traduções mal feitas.

32 Likes

A Multi só tem produtos ruins nenhum é custo beneficio como ele diz, qualquer produto deles só de pegar na mão já ve a porcaria que é, não vale o preço.

22 Likes

Fucei o site e não achei nenhuma atualização de BIOS em notebooks, não devem nem saber o que é

14 Likes

Eu pensei exatamente isso. A Intelbras tem dado um show, principalmente em equipamentos de segurança.

30 Likes

Nova CCE seria um nome melhor.

Continua sendo produtos de baixa qualidade.
Não é questão de pegar uma placa e montar aqui; é processo mesmo que deixa a desejar.

10 Likes

Têm vários pontos

Primeiro é o 70% ser fabricado aqui e a qualidade ainda der baixa. Pelo jeito é pior do que pensei.

Segundo ponto é está no negativo com os contratos com o governo paulista e paranaense, contratos nada… E bastante … Por causa de um certo alguém aí…

Terceiro ponto, dele só usar produto Multilaser (vamos acreditar que seja verdade), ele como CEO é um erro fazer isso, deveria usar também da concorrência e analisar os pontos fortes e fracos da concorrênci, comparar com os deles e ver onde melhorar

Lado positivo é que tem 200 milhões em caixa, podia pegar 50 milhões e investir em um produto de qualidade para melhorar a imagem, mas certeza que vai gastar com publicidade

Mas tenho que discordo do Thassiu, quando penso produto genérico, ainda vem os baratinhos da china, Multilaser ainda está abaixo disso

Não só a Intelbras, eu penso que a positivo ainda faz bem, tem até fábrica certificada, penso que falta dar um passo com mais ambição.

Penso que eles têm profissionais, engenheiros para fabricarem algo melhor, o que falta é querer fazer e esse querer está em que toma as decisões.

13 Likes

Prefiro ser vira-lata comprando algo que preste do que comprar porcaria chinesa remarcada a preço de ouro.

Eu esperava um argumento mais profissional e não um vitimismo tabajara.

35 Likes

As organizações tabajaras não gostam dessa comparação kkkkkkk infelizmente não vejo como tirar esses ditado popular

7 Likes

Já gastaram R$ 100 milhões pra mudar de Multilaser pra Multi

9 Likes

Para uma empresa aqui se destacar falta inovação, P&D, não adianta repetir o que os outros estão fazendo, tem que fazer novo, tem que ter habilidade de olhar 10, 20 anos a frente e investir em protótipos, testes, patentes. Raramente algum produto nasce sem investimento e estudos, há exceções mas são raras, ou são produtos sazonais e fáceis de copiarem. Como a multi está fazendo.

10 Likes

Dito isso, continuo com a Samsung

13 Likes

Ele tentou ser professoral na segunda resposta, mas só confirmou o óbvio.

15 Likes

Uma vez comprei um headphone da marca Pulse, eu não sabia que era da Multilaser, se eu soubesse não teria comprado.
O som tinha graves muito exagerados. Não tinha como saber quando ele havia terminado de recarregar pois o led não mudava de cor e não tinha como saber quanto de bateria ele ainda tinha, ele só começava a avisar que estava com pouca bateria quando só tinha mais uns 10 minutos de duração.
Com menos de um ano ele quebrou o arco.

10 Likes

Até aí, característica da maioria dos fones baratos.

8 Likes

Uso um smartphone Multilaser atualmente, que comprei por conta do cashback da AME. O aparelho só vale a pena se for comprado da forma que comprei. Fora isso, não recomendo.

O pós venda deles realmente é muito bom! Eles não enrolam para não resolver problemas. Eu gostei!

5 Likes

De Multilaser e positivo eu tô correndo só tem bomba é melhor juntar o dinheiro e comprar um produto decente.

8 Likes

O que ele chama de “fabricação” deve ser o processo de importar os produtos white label mais porcos da China (pagando uma miséria de impostos), estampar a marca deles aqui no Brasil e depois empurrar para os desavisados com lucro de 500%.

Meu asco pela marca surgiu em 2008 quando comprei um pack com 50 DVD-R da Multilaser. Mais de 50% dos DVDs foram direto pro lixo por problemas depois da gravação, coisa que não acontecia com os discos da Verbatim.

Durante os anos tive mouses, pen drives, um fone de ouvido, pilhas recarregáveis, entre outros produtos da Multilaser. Já foram TODOS para o lixo.

Em comparação, ainda tenho 2 pen drives Sandisk com quase 15 anos cada que uso até hoje e um par de pilhas recarregáveis da Sony que comprei em 2011 para usar no controle do Xbox 360 e ainda funcionam!

Como o amigo falou ali, a Intelbras dá de 10 a 0 na Multilaser. A Intelbras também vende vários produtos white label, mas são itens de maior qualidade, geralmente com um software personalizado e suporte infinitamente melhor.

23 Likes

Empresa asquerosa, com um CEO patético e cínico… E não, não é complexo de vira-lata não, nós brasileiros que desprezamos mesmo essa porcaria de empresa.

5 Likes