Motorola dá no máximo três atualizações de Android; entenda o motivo

2 curtidas

Assim fica difícil te defender, miga. :stuck_out_tongue:

32 curtidas

E isso é porque usa (ou usava) Android quase puro.

10 curtidas

Android é Samsung e ponto final.

Aliais, que desculpa esfarrapada hein típica de empresa de fundo de quintal

36 curtidas

Que argumento fraco, hein. Fica parecendo que é uma empresa indie que entrou no mercado a um ano e não um conglomerado gigantesco e que já foi líder nisso quando pertenciam ao Google.

É só falar que a mamãe Lenovo não quer gastar com isso, Thomas. Não precisa fazer esse malabarismo todo.

Daí daqui uns 10 anos 90% do mercado Android fora da China vai estar nas mãos da Samsung e vão ficar se perguntando o porque. :man_shrugging:

24 curtidas

Essa é a resposta mais bizarra que uma empresa poderia dar, é literalmente trabalhar para os concorrentes, inacreditável.

23 curtidas

Não acredito que um representante da Motorola disse isso. Cara estão a cada ano pregando mais um prego na empresa. Atualizações são importantes em um smartphone, e a empresa indicar sua politica de atualização tão importante quanto. Estão jogando na cara do consumidor que seus produtos não são produtos duráveis.

20 curtidas

Conversa fiada desse povo. Realmente, o apelido “Motoenrola” faz jus a queridíssima empresa.

13 curtidas

Acho que essas falas do moço se assemelham àquelas do CEO da 123 Milhas sobre os erros que a empresa cometeu e que cometeria muitos outros.

Como confiar numa empresa que trata seus consumidores dessa forma?

14 curtidas

images (1)

11 curtidas

Quanta complexidade pra atualizar, envolvimento de muitos engenheiros, essa desculpa pegou mal, era melhor aprender com a Samsung então

12 curtidas

Conversa para fã otario.

Quanto mais pobre maior a chance de permanecer como o mesma celular por mais tempo, devido à falta de dinheiro para trocar. E mesmo quem troca, muitas vezes repassa o celular para familiares que continuarão utilizando por um bom tempo.
Pessoalmente conheço pessoas que ficam com os mesmos celulares por mais de 6 anos.

O maior problema de segurança é o hackeamento propiciado por falhas de segurança que não são corrigidos.

A paranóia envolve os ricos, jornalistas e políticos, porém os Usuários mais pobres são os principais alvos de roubos digitais, pois raramente recorrem à polícia, e quando o fazem, são ignorados.

12 curtidas

Vão perder mercado rápido, ninguém gosta de ficar com o celular obsoleto.

15 curtidas

Uma das piores declarações que ela poderia dar. Por isso saí e não pretendo voltar. Não parece que estamos falando de uma empresa séria e sim de uma empresa pequena que estreou agora no mercado, até a HMD sendo menor consegue manter um cronograma maior de atualizações para seus aparelhos. Imagina pagar 1500 reais num Moto G84 e saber que vai morrer com o update de uma única versão do Android, sendo que concorrentes como Galaxy A25 terão 4 updates. Acho que no mercado brasileiro só temos a Samsung como uma das melhores em questão de suporte para o Android.

12 curtidas

Motorola eu já tirei da minha lista

11 curtidas

Nós de fato somos uma minoria vocal. Pessoas “normais” não se importam com atualizações, mesmo usuários de iPhone que tem 4 ou 5 anos de update.

Quem nunca ouviu frases como “não vou atualizar porque vai matar minha bateria” ou “atualização é um plano de obsolescência programada”?

Pra nós que nos importamos com atualizações temos felizmente ótimas opções como Samsung e Apple.

7 curtidas

Muito blá-blá-blá desse cara. As pessoas estão cada vez mais trocando menos de aparelho e por isso a Samsung está dando mais tempo de update, e foi por causa da política da Motorola de atualizações no passado que parei de trocar de rom e a ficar mais com smartphone. Agora nem lembro-me do último Motorola que tive, se ela fosse mais esperta como Samsung, eu não tinha voltado para a marca (Meu último tinha sido o S3 lá em 2012 ou 13, não lembro o ano). Comprei S20 FE e fiquei quase 3 anos, peguei o S22 que fiquei 2 anos e pouco e agora estou com M15, pois quis testar um da linha M com seus 6.000 mAh de bateria e mesmo eu pagando menos de 1000 reais nele, ele terá 5 anos de update. Viva a Samsung! Aqui em casa já troquei o Xiaomi da minha esposa, meu cunhado “por enquanto” usa Xiaomi mas já falou que irá comprar um Samsung, deu um A54 5G de 256 GB para a filha dele, trocou a TV e a geladeira para Samsung. “Talvez” um dia com uma nova política e com atualizações eu volte a usar Motorola, mas desse jeito, acho que nunca mais!

6 curtidas

Concordo que somos uma minoria, mas é uma minoria que influência a “grande massa”.
Quando o seu tio do zap, o amigo da faculdade, seu colega do trabalho, etc te perguntam qual um “celular bom por X reais”, “me ajuda a comprar um novo notebook”, “qual iphone consigo com o meu iphone antigo usando ele de entrada”, etc (in)diretamente estamos moldando o mercado.
Por essa influência e boa reputação dos Moto X/G em outros anos, a Motorola tem a sua fatia no mercado, e por atitudes como essa atual de desprezar atualizações “matamos” a LG no Brasil no passado recente.
Caminhamos para um dominio de Samsung/Apple nas primeiras posições, e das chinesas Xiaomi/Realme/Oppo,etc pela 3ª força.

8 curtidas

Lastimável uma empresa que melhorou muito nos últimos anos, ter esse tipo de pensamento primitivo, E mesmo o portfólio dos aparelhos, vem se denegrindo terrivelmente, apresentaram um Moto G100 que era uma maquina magnífica e venderia mais caso tivesse mais atualizações prometidas, logo apos um Moto G200 que deixou a desejar muito em tela, com relação ao seu antecessor e dai em diante só queda na qualidade, o mesmo a linha edge, antes contempladas com um processador magnífico Snapdragon, e hoje segue definhando com processadores de segunda, mais mantendo a mesma política de atualizações e preços. Quando abrirem os olhos, vão estar como a Nokia se encontra hoje, que era lider, mais recusava veementemente aderir ao Android.

6 curtidas