Mesmo com avanço do Pix, 203 milhões de cheques foram compensados em 2022

1 curtida

Se tentam me pagar qualquer coisa com cheque, recuso sumariamente.
Depois é um baita transtorno pra passar isso pra frente.

6 curtidas

Acho que o cheque ainda tem seu espaço em algumas ocasiões, principalmente quando envolve a transferência de uma grande quantidade de dinheiro. Por ex: A compra de um carro 0km na concessionária ou até mesmo uma casa.

É difícil que os limites de PIX/TED/DOC cheguem perto desses valores.

4 curtidas

Comprei meu carro via transferência bancária sem problemas, só ver o limite de transação do banco (em alguns é fácil, em outros tem que pedir a benção do gerente).

Por mim teria passado no cartão de crédito pra juntar uns pontos, mas o vendedor ficou com medo :joy:

6 curtidas

Último cheque que recebi deve ter uns 10 anos, era sem fundo e depois dele resolvi não arriscar mais.
Último que emiti deve ter uns 5 anos, eu ainda usava pra pagar condomínio pois meu prédio só foi aderir ao boleto de uns 5 anos pra cá, e como eu já não carregava mais dinheiro preferia dar um cheque.
Pix foi realmente uma revolução, comprei um carro a mais de 1.000Km de casa, dentro do cartório mesmo aumentei o limite e em poucos minutos foi liberado e consegui fazer a transação de mais de 50k, achei até meio inseguro pois num caso de sequestro relâmpago não adiantava nada ter valor baixo, mas agora quando solicita alteração demora 24h então tem um pouco mais de segurança.

3 curtidas

Não aceitaria pelo risco de ser sem fundo.

2 curtidas

Saudade dos cheques voadores que eu emitia pra aproveitar o final de semana.

Nunca emiti cheque. Sempre achei o controle dele muito frágil… Minha mãe levou uns bons anos pra abandonar o seu uso…

1 curtida

Norte americanos são tipo
“Vocês não usam cheque para qualquer coisa???”

1 curtida

Tanto que cheque administrativo serve pra isto

Operações grandes com fornecedores dos hospitais sempre passamos por meio de cheque administrativo os pagamentos pois são compensados e por serem nominais ao destinatário não tem como direcionar pra outra conta e na dúvida basta se comunicar com a agência do banco e saber se tal numeração está ativo na conta do banco pra pagamento, uma vez que este já foi transferido o saldo do cliente pro banco e emitido cheque pra pessoa que vai receber… Acho o meio mais seguro, inclusive assim que paguei pra Renault o carro da minha filha.

Cara, é a coisa mais simples do mundo. Basta falar com o gerente da sua conta um dia antes da compra, simples assim.

2 curtidas

Quem usa bastante cheques são os ‘atravessadores’ que levam mercadorias para CEASAs do Brasil que pagam os fornecedores com maços de cheques de pequenos valores.

2 curtidas

Só usei cheque 1x na vida, pra dar entrada no meu primeiro carro. Depois nunca mais usei. Quando comprei meu segundo carro, fiz a transferência por TED (não existia Pix ainda), tudo combinado com a gerente da minha conta um dia antes, o valor que eu faria, a conta da pessoa, para não ter problema na hora da transferência.

Agora que tem Pix, ta muito mais prático também. Vendi um carro ano passado e o comprador me pagou no Pix, enquanto estávamos no cartório.

1 curtida

“Como assim você não paga a conta de luz colocando dinheiro num envelope e mandando pelos correios?” :scream:

2 curtidas

Se eu tiver que falar com alguém já não acho a coisa mais simples do mundo. kkkkkkkkkkk…