Kindle pode substituir livro físico?

Tópico feito para saber profundamente se Kindle e demais e-readers podem totalmente substituir o uso de livro físicos.

Penso em ter futuramente o produto mencionado.

2 curtidas

Sim e não. Depende da pessoa.
Se a pessoa conseguir e gostar/não se importar de ler numa tela minuscula. Sim, pode. Caso contrário, não…

Ah, Kindle também não pode ser usado para calço de sofá, mesa, etc… alias, até pode, mas sabe… sei lá. hahaha

5 curtidas

Ok. Ultimamente tenho utilizado mais o smartphone para leitura, porém parece que a luz da tela atrapalha o consumo detalhado e aprofundado. Vale lembrar que livros físicos são e estão caros.

1 curtida

Compre. O Kindle é o único gadget eletrônico que eu recomendo com a certeza que a pessoa que comprar não vai se frustrar.

Eu sempre fui defensor ferrenho do livro em papel, mas putz, depois que habitua com o Kindle, você não volta atrás, não.

6 curtidas

Eu comprei um Kindle achando que isso iria me incentivar a ler mais… Não incentivou, mas pelo menos minha prateleira agora não fica cheia de livros que eu nunca vou ler.

10 curtidas

Só se tu quiser novo… aqui em Curitiba tem sebos (loja de livros usados) ao monte. hahaha (conteúdo será o mesmo, uai.)

Kindle é aquele tipo de gadget que você compra e se cuidar bem consegue usar por MUITOS anos, tipo muitos mesmo, eu tenho um Kindle de 2013 que ainda funciona muito bem, único problema é que esse modelo não tem iluminação, porque se tivesse seria ótimo. E-ink é uma das tecnologias que eu acho mais legais, é tipo olhar pra papel mesmo. A leitura é mais rápida que em livro físico porque você não “perde” tempo virando página. Se compensa ou não depende do tipo de livro que você lê e se consegue encontrar no formato suportado ou converter com qualidade aceitável, porque ler PDF nele não é a melhor experiência.

Não acho a tela do Kindle minúscula, é tipo um livro pequeno que ainda te dá a opção de aumentar/reduzir fonte e espaçamento entre linhas. Minúsculo é ler em tela de celular, aí sim.

7 curtidas

Essa é justamente a diferença do Kindle, a “tela” dele não emite luz.

1 curtida

Como o Keaton falou, depende.

Pra livro acadêmico que tem muita figura, gráfico e tabela, o formato eletrônico ainda deixa muito a desejar.
E se você for do tipo de pessoa que gosta de destacar e fazer anotações, rabiscar num livro físico pode ser mais prático do que destacar e fazer anotações num e-reader, principalmente por causa da velocidade. Nos e-readers mais potentes talvez não seja um problema tão grande, mas nos mais antigos, isso pode ser um saco.

Agora, pra ler livros de literatura ou textos mais simples, pode ser uma boa pedida, ainda mais se você tem pouco espaço físico pra guardar livros ou se os livros que você quer ler são gigantes.
Pega um livro tipo Senhor dos Anéis e você tem um pequeno calhamasso que pode ser meio ruim de ficar abrindo e lendo e quanto mais você abre, mais você degrada a cola. Isso não vai acontecer no e-book.

5 curtidas

Se é minusculo ou não, depende pra quem tu pergunta. Já vi doido usar celular 5.5" para ler livro e dizer que era excelente. (até pegar um celular maior e dizer a mesma coisa… hahaha)

1 curtida

Pra livros que são somente texto, sem figuras, sem tabelas e nenhuma frescura, só texto mesmo, um kindle com iluminação substitui perfeitamente um livro físico, inclusive é superior por não depender do lugar ter boa iluminação e poder ajusta o tamanho da letra.

Mas ele não serve para tudo, livros acadêmicos e ilustrados por exemplo ele não se sai bem.

6 curtidas

Tem seus pontos positivos e negativos usar Kindle ao invés de livro físico. Acho que iria acostumar-me com as ilustrações em preto e branco, caso use algum livro acadêmico no futuro.

Você tem? Se sim, qual modelo?

Depende do seu uso e do tipo de livro.
Pra livros que não contém imagens, gráficos, essas coisas (usualmente livros acadêmicos e técnicos), substitui muito bem.
Eu tenho um Kindle Paperwhite e gosto muito, passei a ler muito mais depois da aquisição.

2 curtidas

Como o pessoal já falou mais de uma vez que depende do tipo de usuário, os prós e contras, vou citar algumas coisas que me fazem adorar o Kindle.

  • Ler deitado é uma delas, fazer isso com livro físico é horrível, sem falar que costumo fazer isso no período da noite, iluminação do Kindle é uma mão na roda.
  • Também tenho o costume de ler mais de um livro, e se carregar um livro na mochila que já anda pesada é ruim, imagina eu ter que carregar uns 3?!
  • Para fechar eu dou destaque ao dicionário, tenho mania de ver significado das palavras até que conheço, só precisa segurar o dedo na palavra para trazer o dicionário, esse é o tipo de coisa que não tenho paciência de ficar fazendo em livro físico.
  • Se você for ler um livro em outra língua o Kindle pode ser de grande ajuda também, já que conta com tradutor, dicionário e Wikipédia.

Eu tenho o Paperwhite da geração passada, embora o Kindle básico possui iluminação agora sempre acho que vale a pena gastar um pouco mais e ir no Paperwhite, pois como já foi mencionado no tópico Kindle dura muitos anos, assim é um gasto que com o tempo compensa e vai te trazer um dispositivo com melhor resolução e a prova d’água.

5 curtidas

Também dou preferência ao Kindle Paperwhite, mas está com preço elevado. Caso compre-o, terei proteção contra água e resolução melhor – 300 ppi.

Pergunta: 8GB é suficiente?

1 curtida

O meu tem 4GB, tenho uns 30 livros baixados e alguns PDFs, isso tá ocupando 400MB. Então 8GB é pra realmente esquecer por muito tempo.

3 curtidas

Dá para converter para Mobi!

Posso dizer com segurança de que você não vai se arrepender. É uma das compras mais certeiras que já fiz. Comprei o Paperwhite no lançamento e até hoje, 2 anos depois, está perfeito.

Tomar cuidado apenas com alguns pontos em que o Kindle não se dá muito bem. Livros acadêmicos com muitos gráficos, imagens e “coisinhas” não são bacana no Kindle, não. Se você também gosta de rabiscar, fazer anotações, o Kindle permite, mas não é muito prático.

Agora, pra leitura casual ou só de texto, é incrível. Você consegue converter PDF pro formato nativo dele e com isso a leitura fica excelente. A loja de ebooks da Amazon é enorme e os preços costumam ser mais amigáveis do que livros físicos. Ah, um ponto forte também é a leitura de mangás, que é muito, muito boa no Kindle.

O modo noturno deixa a leitura durante a noite ainda melhor. A luz, como não é “jogada” direto na pessoa, mas sim na tela, não é agressiva aos olhos e aumenta a sensação de que aquilo parece uma folha de papel.

8GB é suficiente? Sim. Ao longo desses 5 anos que uso Kindle, nunca consegui lotar nem o de 4GB, que era o modelo antigamente. Um PDF convertido ou um ebook comprado na loja raramente passam dos 2MB de tamanho. Os mangás pesam ali 30, 40, 50MB, aí sim é bom ficar esperto.

Outra coisa incrível dos Kindle é a facilidade de usar um dicionário, tradutor e Wikipedia. Poxa, só você apertar e segurar uma palavra, você já tem acesso a tudo isso. Eu acho, certamente, que esse é o MAIOR benefício do Kindle, de longe.

Qual modelo pegar? O Kindle básico hoje está muito bom. Ele é basicamente o Paperwhite que era vendido em 2018. Tem luz e tudo que você precisar. Agora, o Paperwhite atual consegue ir em frente por ter modo noturno (o básico não tem o recurso, cuidado!), tela de maior resolução, que deixa as letras mais bem definidas e imagens e mangás com muito mais qualidade.

A decisão de pegar o Paperwhite, pra mim, é mais por conta da proteção à água e a falta da moldura de borda, que é saltada no Kindle normal: aquilo acumula poeira e sujeira com o tempo, fora que arranha só de olhar. Quase perdi o Paperwhite da geração passada (que é o Kindle básico atual) porque peguei uma chuva com a mochila. Se fosse a prova à água…

Pra terminar meu textão de Facebook, foi mal! É esperado que o Paperwhite seja substituído por um modelo mais novo esse ano, já que o atual foi lançado em 2019. Amazon Kindle Paperwhite 2021 release date, price, leaks and what we want to see | TechRadar

O novo aparenta vir com recursos já esperados há um tempo. Tela com ajuste de temperatura de cor e conexão USB C, por exemplo. Se você se importa com isso, talvez seja melhor comprar o Kindle básico e aguardar o Paperwhite novo. Se não se importa, vai logo de Paperwhite, que vale super a pena.

Vale sim pagar uma beirada a mais no Paperwhite, que ganha tela muito superior, proteção contra água, modo noturno e não ter as bordas saltadas.

8 curtidas

Caminho sem volta pra mim.

Eu já lia bastante. Com Kindle, passei a ler mais ainda.
Acho prático por ser leve, diferente de alguns livros que costumava comprar.

Tenho um Paperwhite comprado em 2017.

2 curtidas