Jeff Bezos, com fortuna de US$ 120 bi, promete doar quase tudo – mas devagar

1 curtida

poderia começar essa “filantropia” dando melhores condições de trabalho pros funcionários dele :upside_down_face:

9 curtidas

Muito estranho… Jeff tem vários problemas relacionados a competição. A Amazon e a BLUE origin com seus lobbys no congresso, problemas trabalhistas. Simplesmente diminuir sua fortuna assim. É como um escravista dizer que agora vai doar sua fortuna ao longo de sua vida para os escravos, mas sem deixar de ser escravista.

2 curtidas

Isso é só marketing, porque essa semana a Amazon vai anunciar que vai demitir mais de 10 mil funcionários. Lembra que o tio Mark do Facebook disse a mesma coisa? Não vou ser hipócrita que os serviços deles acabam ajudando a sociedade, seja através do whatsapp que ajuda milhões no Brasil, seja através da Amazon que melhorou drasticamente o serviço de entrega no Brasil, até mesmo de concorrentes que não quiseram ficar pra trás (ML, Magalu, Americanas, etc). Mas ainda sim esse negócio de filantropia, caridade dos bilionários normalmente é marketing, aí fala que vai fazer isso ao longo dos anos e depois o povo esquece.

3 curtidas

Mas ele nem é mais CEO da Amazon, pelo menos é o que dizem notícias de 2021, desde aquele ano é o Andy Jessy.

Ele não é mais o CEO, mas ele é o executive chairman e continua numa posição de influência, provavelmente equiparável ao de um CEO.

Se ele já não fazia nada como CEO, agora que não vai ligar mesmo pros funcionários. Tá rolando é o inverso.

10000 é um número absoluto bem expressivo e parece nítido que ele está executando uma demissão em massa e fazendo muito mal para muitas pessoas.

Talvez ele até seja essa pessoa má que se pensa ao ver uma notícia como essa, mas essa conclusão não deveria acontecer com essa notícia. A Amazon tem cerca de 1,6 milhões de funcionários e esse número de demissões corresponde a 0,625%. Relativamente o número é pequeno.

Fica a pergunta: ele deve ser criticado por demitir 10k ou elogiado por empregar 1,6mi?

Ah mas ele tem lucro com isso. Todos nós almejamos lucro em tudo. Em tudo que colocamos esforço queremos um retorno. Ninguém faz nada de graça, ainda que o retorno não seja em papel moeda.

2 curtidas

Sei de vários problemas no Jeff, mas não deixa de ser um soco no Hélio Mosca que pegou 44bi pra comprar uma rede social e estragar ela. :person_shrugging:t2:

Na verdade as entregas do Mercado Livre já eram muito boas em São Paulo bem antes da Amazon chegar.
A logística do Mercado Livre ainda parece ser melhor que a da Amazon, pois eles tiveram muito mais tempo aqui. A Amazon simplesmente queima dinheiro pois tem de sobra, eles ainda entregam muita coisa via Correios e dependendo da cidade é nítido que levam prejuízo. Não tem como vender um produto de 20 reais com frete grátis para todo o Brasil e ter lucro.

Aqui no Rio de Janeiro todas usavam os correios e/ou uma transportadora ruim qualquer que demorava mais de uma semana para entregar. O ML sempre usava os correios tanto para a entrega, quanto para a devolução. Agora quando usam os correios é via sedex, mas normalmente usam transportadora mesmo. A Amazon forçou as nacionais a melhorarem. Obviamente que ela tem dinheiro em dólar para queimar, mas isso força as nacionais, que vivem em reais, a melhorar a qualidade e a eficiência da operação pra sobreviver enquanto a Amazon queima grana pra ganhar mercado. Isso também vale para o setor de streaming e música, que ela oferece o Prime com video e música e frete grátis de entrega. Bom que ganhamos nessa história.

É por ela oferecer um Prime a 15 reais (já foi 10) que forçou o Netflix a lançar a versão com publicidade por um preço mais em conta (ainda horrível, mas já é alguma coisa). Ela acaba forçando que Spotify e Cia pensem 5x antes de subir o preço do Premium, porque tem Amazon Prime e YouTube Premium oferecendo mais por menos. Acaba fazendo um Deezer pra crescer no mercado Brasileiro oferecer um Deezer Go capenga, porém sem anúncios pra tim pré só pra ganhar mercado. Às vezes é bom uma empresa maluca entrando aí e torrando grana. Issi também vai acontecer com as chinesas de carro entrando no BR. A Great wall comprando a fábrica da Mercedes em SP e a BYD comprando a fábrica da Ford na Bahia.

Quanto mais concorrência de empresa gringa com grana pra queimar aqui, melhor. E as nacionais que melhorem para sobreviver.

2 curtidas

Concordo, porém só estou dizendo que isso é marketing e veio em uma boa hora dias antes da empresa dele anunciar um corte em massa. Mesmo que 10 mil seja menos de 1%, para cada uma das famílias que perdeu aquele sustento, isso não é desprezível.

1 curtida