iPhone 13 Pro Max ganha modificação “Ultra” com USB-C, ventoinha e mais bateria

daqui a pouco alguém coloca um android no iphone só de zueira

2 curtidas

Dava pra fazer…com o iPhone 3G. Watch: Google Android running on the iPhone 3G | ZDNet

2 curtidas

Já colocaram jkkkkk

O último que vi, foi no iPhone 7

Em vez de colocar porta p2 era melhor deixar em paralelo as portas usb-c e lighting. E so meter um adaptador e ja era dificilmente empresa vai voltar atras.

Deve ser possivel mas perde sentindo e melhor trocar por outra marca ja vem com sistema de fabrica. Quero quando vai de fato colocar fuschia naqueles pixel da propia marca.

Por mim, podiam arrancar esse Lightning e deixar apenas carregamento por indução e junto já extinguir a bandeja pra chips, ficando apenas o e-SIM. Os ganhos em espaço interno para câmeras maiores ou bateria, já valeriam essa “perda”.

Mas enquanto isso, o pessoal se diverte e fatura uma graninha com esses iPhones customizados. Por sinal, eu ainda queria um iPhone com a maçã ligada. Podia ser um ledizinho mequetrefe mesmo, ou até uma telinha e-ink.

1 curtida

Se a apple retirar o carregador e a bandeja de chip, o único ganho em espaço que vamos ver será na margem de lucro da empresa.

8 curtidas

Já vi algumas pessoas reclamando do carregador magsafe do iPhone, eu nunca usei, mas me parece um trambolho e eu iria preferir usar um USB-C para carregamento.

image

O futuro é sem fios… O mais provável é que removam completamente os conectores do iPhone. Carregamento, Áudio e Transferência de dados, tudo sem fios.

isso já é, desde que colocaram carregamento sem fio no iPhone, fio passou a ser acessório.

agora, já não acho uma boa ideia tirar a única conexão de fio dele, até para recuperação, já passou da hora da apple trocar o lightning para usb-c, está sendo muita frescura e claramente que se trata somente de faturar ainda mais.

ela não tem cabos ou conectores especiais para a linha de desktops e notebooks, usa o que está no mercado.

sem fio mas encostado no fio kkkkkkkk

Na boa, só faz sentido matar a porta física quando tivermos recarga realmente sem fio, pelo menos 1m da base.

Sempre haverá fios, é quase impossível transmitir dados ou energia sem que haja alguma base com fiação em algum lugar. A questão é o quão conveniente pode ficar o wireless.

Essa confusão se dá justamente porque a gente pensa nos carregadores wireless que ficam conectados na tomada pra receber energia e transmitir para o celular. Mas os power bank já fazem essa atividade tranquilamente.

Aqui em casa, por exemplo, eu disponho de um carregador wireless na mesa do meu PC. bastando colocar meu aparelho sobre ele, caso eu queira carregá-lo (vide imagem). Quando a bateria do power bank acaba, basta carrega-lo novamente (durante a noite, por exemplo). Mas já é conveniente e prático, porém lento. Por isso geralmente uso o fast charging com fio mesmo.

E convenhamos, se o carregamento por indução que existe hoje é lento (mesmo nos modelos que se dizem rápidos), magina com, no mínimo, 1m da base. Demoraria horas, e ainda teríamos problemas de aquecimento, por perda de energia (que a propósito, se dá devido uma limitação física, não tecnológica).

Sem fio é não precisar encosta no fio, o certo desses carregadores “sem fio” seria chamar de carregadores por proximidade.

isso é um carregador sem fio de verdade

faz sentido