Incentivo de estados americanos leva Ford e GM a adotarem carregadores da Tesla

Pra daqui 10 ano vir um ancap/liberal brasileiro dizer que foi tudo empresas privadas que fizeram tudo sozinhas.

Todo o setor de carros elétricos no MUNDO é só incentivos fiscais de todo lado.

A Tesla só da lucro hoje por grandes incentivos fiscais!

5 curtidas

O governo brasileiro deve estar esperando que el√©tricos se popularizem pra criarem um novo padr√£o futur√≠stico, for√ßando a ind√ļstria e pessoas a se atualizarem‚Ķ igual fizeram com as tomadas no novo padr√£o.

Com o futuro dos el√©tricos cada vez mais perto, acho bom que as fabricantes formem logo um cons√≥rcio para padronizar os plugues, afinal, j√° sabemos que ter v√°rios padr√Ķes de tomadas por a√≠ √© uma dor de cabe√ßa para todos.

5 curtidas

O NACS foi criado pela Tesla mas foi ou vai passar a ser gerenciado pela SAE International, diminuindo a influência da Tesla no seu desenvolvimento futuro.

Assim fica uma barreira a menos pras empresas aderirem ao NACS.

2 curtidas

Isso √© um fato interessante. Pela mat√©ria do TB eu j√° tinha pensado que o padr√£o adotado pela Tesla j√° era aberto em algum n√≠vel (afinal, outras fabricantes v√£o adot√°-lo), mas agora sendo gerido por uma organiza√ß√£o independente, fica bem mais f√°cil para coloc√°-lo como norma em legisla√ß√Ķes mundo afora.

2 curtidas

Ai que esta teu erro. O padrão brasileiro na verdade é o padrão mundial.
norma proposta como padr√£o internacional pela IEC (IEC 60906-1)

Que foi referendado a dezenas de anos para ser o √ļnico padr√£o!

Mas o Brasil foi o primeiro a adotar.

Muito bom que isso aconteça!

2 curtidas

Pra ser justo, nossas tomadas são baseadas no padrão da IEC, mas não são exatamente iguais (o padrão do IEC previa tomadas de 16A, o nosso tem dois pinos diferentes para 10 e 20A, além de não ter shutters). Mas eu continuo não entendendo a choradeira, as tomadas novas são muito melhores que as antigas, e se você ainda não trocou as tomadas e plugues depois de tantos anos…

Quanto ao conector de carregamento de EV, no Brasil me parece o ideal usar o tipo 2/Mennekes usado na Europa, n√£o s√≥ pra aproveitar que l√° √© padronizado (e j√° tem designs prontos, portanto) mas tamb√©m por que no Brasil existe a possibilidade de se usar 3 fases para carregamento mais r√°pido, coisa que nenhum dos conectores americanos permite (por que l√° transformadores de 3 fases n√£o s√£o comuns em instala√ß√Ķes dom√©sticas)

Só olhar a quantidade de fabricante que nasceu ao redor de 2009 nos EUA e falhou miseravelmente (Wheego, Coda, por exemplo, que pegaram carrocerias chinesas e eletrificaram, com resultados desastrosos).

2 curtidas

Inmetro pediu a ABVE para padronizar a tomada, a maioria das marcas que vende aqui, principalmente elétricos são europeus.

Carro elétrico americano aqui é raridade, proporção muito baixa

n√£o sei porque ainda n√£o padronizaram logo

j√° parei de dar moral para esses caras, esses caras vivem na bolha e na ilus√£o

2 curtidas

Tirando Tesla importado acho que é tudo tipo 2 ou CHAdeMO. E CHAdeMO tá de saída já que o Leaf deve mudar de conector, pelo menos nos EUA

Ent√£o era a Nissan que estava segurando.

a Hammer da Chevrolet é o tipo 2, acho que a Hyundai quer trazer também é, os que eu não vi são das BYD e GMW

Provavelmente tipo 2 também, nem faz sentido usar tipo 1 no Brasil já que tem lugares com 220V e/ou 3 fases. E tem CCS pra tipo 2 também, mas nem sei se tem muito carro com carregamento rápido aqui.

1 curtida

Acho que os carros da volvo tem carregamento rapido, o o próximo da volvo que vai ter carregamento inverso

Também não entendo isso hoje em dia. Por muito tempo, ok, tinha todo o transtorno, até pela mistura de equipamentos que o consumidor tinha em casa, mas hoje?

Por sinal, zero saudades da salada de padr√Ķes que era antigamente, tripolar tinha de dois tipos (terceiro pino redondo ou chato) e a de dois pinos tinha do redondo e do garfo norte-americano. Muitas tomadas s√≥ tinham encaixe pro redondo, algumas tinham pros dois, mas esse padr√£o garfo √© horr√≠vel, o encaixe √© p√©ssimo e quase sempre fica frouxo.

Já o redondo antigo sempre encaixou nas tomadas novas, até porque devem ter levado isso em consideração ao adotar. Maior ponto negativo na atual é a falta de clareza quanto a 10A e 20A, deveria ter uma forma mais fácil de diferenciar, ao invés de ficar analisando o pino e tentar encaixar na tomada, pra descobrir que sua tomada é de 10A.

2 curtidas

As minhas (linha 50.000 da Pezzi) dizem ‚Äú20A‚ÄĚ dentro delas.
Mas eu francamente acho que devia ter uma diferenciação mais clara entre tomadas de 110 e 220, talvez até tornar elas fisicamente incompatíveis pra reduzir risco de acidentes.

Poleeeeeemico! Até concordo com essa questão, mas ia gerar tanto transtorno!

1 curtida

Vendem tomadas vermelhas pra indicar voltagem diferente. Podiam obrigar na norma o uso em locais com voltagens diferentes no mesmo c√īmodo ou algo assim.

1 curtida

Pior que é bem comum ainda, pelo menos aqui onde vivo. As casas novas obviamente todas são com as tomadas novas e as casas que passaram por reformas, mas tem muitas casas antigas que nunca atualizaram, seja porque os donos são pobres e/ou idosos.

Na verdade não critiquei as tomadas e sim o governo por simplesmente não fazer isso agora, enquanto os elétricos ainda não se popularizaram, para evitar transtornos futuros como aconteceu com as tomadas.

3 curtidas