Hit Kill 33 – O melhor e o pior das mecânicas nos jogos

2 curtidas

apex legends mais mira pubg dupla posse arma do wolfentein sem corrida e 3 posse de arma do destiny e o sistema de policia do nfs heat sonho num gta5 ou gta san andreas com imersão doom eternal e titanfall

Uma coisa que me irrita demais em jogos: cut scenes imesas. Quase desisti várias vezes de jogar Lara Croft 2017.

O jogo tem mais horas de cut scenes do que de gameplay. Meu Jesus! :clown_face::clown_face::clown_face:

Em primeiro lugar, minhas saudações a dupla com a voz mas sexy da podosfera brasileira. Por mim a Vivi pode ficar tentando falar DevilMayCry todo episódio.
Queria discordar de um trecho em que a Vivi falou como se os tutoriais obrigatórios tivessem sumido dos games.
Eles simplesmente migraram para infernizar os jogos mobile. Santo Cristo como jogos mobile irritam por tutoriais obrigatórios que congelam a tela, escurecem e deixam um único ponto de toque no que ele quer que vc faça.
Tá cheio, League of Legends, Call of Duty, todo nome grande tem tutorial obrigatório.
Os caras não podem simplesmente perguntar se a gente que isso? ou deixa a gente livre pra desistir.

1 curtida

Finalmente episódio do Hit Kill! (aumentem o salário do trio e façam semanal, pelo amor de Deus :joy:)

Mecânicas que odeio:

  • Jogos que eu preciso ficar upando o personagem pra progredir na campanha principal. Eu nunca vou superar o AC Origins com aquelas side quests mixurucas pra upar o personagem e progredir, um saco!
  • Jogos que tem um milhão de coletáveis diferentes e inúteis. Toda vez eu início um jogo empolgado e pensando “que massa, vou platinar”. 30 horas depois eu já tô rushando tudo, não quero saber de mais nada, enche o saco (Spider-man, cof cof).

Mecânicas que amo:

  • Progressão natural da história, sem esquema de level. Se você é bom, você passa e acabou. Ou então sistemas bem definidos que não dependem de você ficar coletando coisas inúteis. GTA V, por exemplo, se você quiser fazer só a campanha principal, você faz - senão, faz sidequests opcionais. Outro jogo ótimo nisso é o GoW, simplesmente incrível nesse sentido, não me senti cansado em nenhum momento do jogo.
  • Jogos que a história é coesa e direta, mas deixa o jogador explorar outras coisas se ele quiser. Não suporto jogos longos, um jogo de 50 horas pra mim tem que ser um jogo AAAA+++, se for um jogo nota 7, eu nem começo mais. Tô exausto de jogos longos que é 60% encheção de linguiça.

Mecânica de jogo que odeio: início em GTA V. Tenho interesse em jogar a versão “Online”, explorando as possibilidades de “mundo aberto”, mas o jogo, ao ser iniciado, me coloca, como forma de “tutorial”, assaltando um cofre-forte de banco. Tem como pular essa parte? Peguei esse jogo pela Epic.