HDMI 2.1 é tão confuso quanto o suco que parece de limão e tem sabor de tamarindo

2 curtidas

É muita loucura! O que acho mais louco são os cabos, pois não existe cabo 1.0, 1.4, 2.0, ou 2.1.
Nunca vai achar escrito isso neles, na verdade o que se vê são cabos com ethernet, fast, ultra fast e por ai vai. Então na verdade o HDMI está virando uma zona!

A Raul, mas na embalagem estava escrito “HDMI 2.0” provavelmente é o mesmo cabo 1.4, mas que ganhou o 2.0 pela equipe de marketing. 99% dos cabos não tem NENHUMA indicação no cabo físico. Apenas a “velocidade”, ai teríamos que ter uma tabela de classificação para saber em quais sinais de HDMI ele é compatível.

https://www.hdmi.org/resource/cables

7 curtidas

Isso me lembrou a zona que virou o USB, imagina se essas duas se juntam pra criar um padrão único.

7 curtidas

Estaríamos em maus lençóis. rs

1 curtida

Exatamente, adianta nada ter na embalagem. Mesmo que você seja um maluco acumulador como vai saber qual caixa é de qual cabo? Tinha que ser obrigado a ter no próprio cabo a indicação.

E claro, ter um padrão definido de verdade, não essa porcaria que não define nada

2 curtidas

DisplayPort e Thunderbolt estão aí pra desbancar o HDMI. Mas enquanto isso sobra é ler as especificações e torcer para os fabricantes não ocultarem informações.

4 curtidas

Que nada! Tu já viu que tem vários tipos de cabos thunderbolt? Na real como o cabo é usb type-c, nem se sabe se é compatível, tem uns que é só carga… Acho q o Thunderbolt vai ser a nova ZONA.

O HDMI vai continuar por muito tempo como padrão em TV, Receiver , videogames, barras de som, etc. nenhum vai migrar para estes novos protocolos.

Só para exemplificar, comprei um hub USB type C, que tem display port, rede, USBs ,etc conectei no meu legion Y530 através de uma USB type C. Mas não funcionava muitras coisas juntas… Fui descobrir que a porta do meu note é uma USB 3.2 gen 1. e na Lenovo ela é limitada a 5gb… Se tiver um 10 no lado da porta ela tem a velocidade de 10 Gb, enquanto uma thunderbolt 3/4 são 40 Gbs. Tem que comprar as coisas compatíveis, mas a expecificação é porca! MUITO porca!

O Thunderbolt nisso é mais organizado que o USB. Quando for comprar, tem de comprar um cabo Thunderbolt e não USB C. Embora ambos usem o mesmo conector, o Thunderbolt exige outras especificações pro cabo.

Do lado do USB você pode comprar um cabo USB C pra USB C, mas q seja USB 2.0, que suporte até 5W, 10, 15, 100W, que suporte somente carregamento, velocidades de até 480Mbps etc. É uma zona!

Já o Thunderbolt vc só precisa se preocupar se é Thunderbolt 4 ou Thunderbolt 3.

2 curtidas

Podiam criar um “HDMI tipo C” pra poder encaixar de primeira

E como sempre, Bem caprichadas as imagens que destacam nos especiais do Tecnoblog. E em tempo, agora vamos ter que explicar as referências do Chaves para as gerações mais novas, já que não passa mais na TV e nem nos streamings da vida. Isso que é triste, mas…

1 curtida

Gostei da analogia Chaverística, tome aqui um copo de suco de 100 servido no de 200! :grin::rofl::rofl:

1 curtida

Hauhahahaha! Valeu!

Espera… tu tá me dizendo que isso ai não tem dedinho da USB-IF?!

E tu sugere fazer isso como? HAHAHA
Que eu compre uma maquina de 15k USD (+ frete) para isso? Advanced Cable Tester v2 - Total Phase
Minha vontade era comprar uma dessas maquinas e abrir uma certificadora no Brasil… só para parar de me ferrar com cabo lixo. Mas falta a grana. hahaha

Ai entra o eterno dilema de mais estado e mais reguladoras privadas vs o livre mercado onde cada um faz o que quer e o cliente que se ferre na mão das fabricantes por não informarem direito ou até mentirem mesmo.

Nesse caso eu acho que a própria empresa que padroniza o HDMI deveria ter uma lista de homologação de produtos, com detalhes do que cada um suporta, afinal ela cobra pelo padrão HDMI.

Isso, tipo a Cybernetics.

Comprei um hub USB barato no Aliexpress com conector USB-C e TODAS as portas USB A na cor AZUL. Já sabe o que presumi, né? E já sabe o resultado, né? kkk

Sim, a tranqueira é 2.0. Não fiquei puto porque, como disse, foi barato e além disso o objetivo era só ampliar a porta USB-C do meu note que nem tava sendo usada, então uso as outras 3 USB A 3.0 para o que preciso e deixo o hub para conectar dispositivos de baixo consumo como pendrives e receptores. Até um HD dá.

Ainda assim, uma pontada de decepção, pois tudo levava a crer que era um hub 3.0. Mas com chineses tem que ficar sempre esperto.

1 curtida

Nossa que coisa horrível para o consumidor eu tenho vários cabos HDMI aqui em casa mas não sei qual é a versão de nem um deles hehe, Espero futuramente pegar um PS5 mas agora essa noticia me deixou cabreiro isso vai ser mais uma dor de cabeça aff

1 curtida

O cabo que acompanha o console muito provavelmente atende aos requisitos necessários para o HDMI 2.1 (o de verdade, com todos os recursos opcionais)…

2 curtidas

Se é pra gastar esse nível de grana abre logo uma certificadora literal, dessas que fazem coisas que vão pra Anatel e outros órgãos.

Poxa, vontade não falta. Mas só vontade não resolve as coisas no mundo. hahaha

Pior q nem precisam. O próprio protocolo oficial do HDMI já tem uma versão que usa no o USB C, igualzinho acontece com o Thunderbolt.

Pena q a ideia não pegou. Hoje somente alguns monitores caríssimos possuem o USB C.

Mas a ideia era incrível: a mesma qualidade do HDMI, com o pró de poder transmitir energia e ainda outros dados entre TV e notebook, console etc.

2 curtidas