Golpe envolvendo o Mercado Livre no YouTube

Me deparei com uma propaganda falsa se passando pelo mercado livre oferecendo um super desconto em um smartphone ao responder um questionário.

É estarrecedor ver isso dentro do YouTube envolvendo uma empresa super conhecida.

De acordo com a própria Google, a empresa responsável pela publicidade foi verificada!

A empresa ser verificada não impede ela de ter a conta invadida, seja por engenharia social, por falta de 2FA, ou mesmo de um funcionário malicioso que tem acesso ao painel de propaganda usar isso para beneficio próprio.
Creio que seja mais culpa da empresa do que do Youtube nesses casos.

A identidade do anunciante foi verificada, ou seja, enviaram os comprovantes de que são proprietários daquele CNPJ.

3 curtidas

O problema é que é uma empresa usando a marca de outra empresa para aplicar golpes. A conta da empresa que está anunciando o golpe pode ter sido invadida. O problema é o YouTube deixar passar isso sem verificar a fundo.

Isso só vai mudar se o Governo meter uma lei pra regular anúncios na internet, até lá vai continuar essa baderna mesmo.

Vai continuar a mesma coisa, se lei resolvesse algo não teríamos mais roubo e assassinatos há milênios, lei não impede nada.
Fora que para o tamanho do Youtube é impossível de verificar cada vídeo e/ou anuncio manualmente antes de ser exibido, além de um bot ter suas limitações, a única coisa que se pode fazer é tentar reduzir e na hora de que ocorrer algo já ter um processo de como lidar com essa situação para ser resolvida o mais rápido possível.

1 curtida

Se tu for reportar todo ad falso que tem no Facebook, YouTube, TikTok, Kwai, etc… tu vai passar o dia todo fazendo isso e o mobilon vai precisar fazer uma categoria própria… hahaha

Tem muito lixo. Sério. Tigre obeso era o que mais tinha…

Como não? É ilegal! Não pode ter! Fake News isso. hahaha

3 curtidas

Alguns dias atrás ficava aparecendo pra mim um anúncio da Shopee no YouTube, denunciei 3 vezes pois apareceu 3 vezes pra mim.
Lembro que no Facebook isso acontecia muito, mas era lá por 2015, era comum ver clones das Casas Bahia e Americanas vendendo produtos com valores muito baixos.

1 curtida

só se a lei tiver como multa um ano de faturamento, do jeito que é aqui, a multa vai ser bastante limitada

com essas empresas grandes, tipo ML, acho que dá

Ainda teria de conseguir ter uma IA que verifique cada anuncio enviado a procura de logos de marcas grandes, mesmo a IA que busca trechos de musica e vídeos ,que já é bem antiga no Youtube, ainda deixa passar muita coisa.
Por isso disse que bots possuem limitações, é muita coisa para ser analisada.

1 curtida

Mas nesse caso é falta de/mal vontade da Google/Meta mesmo.

acho que uma parte do algorítimo o google já tem, de áudio poderia usar uma parte do de musica, o de imagem já tem o google fotos.

ela teria que criar contas de anunciantes das empresas também

Não disse que o Google não tem o algoritmo, tanto que dei o exemplo do que busca vídeos e musicas piratas.
Oque eu quis dizer é que mesmo tendo o script, ele não tem a capacidade de pegar tudo por causa do grande volume de dados que o Youtube recebe, tanto que até hoje tem filmes, clips e episódios de series piratas no Youtube.
Já deve haver um script desses para anúncios também, afinal o Google Ads já existe há muito tempo.
Mas assim como o script de vídeos, o de anúncios vai deixar passar coisas tambem.

Não creio que seja má vontade, me parece mais que essas BigTechs cresceram mais do que aguentam administrar com a tecnologia atual.
Um bom paralelo seriam os impérios de antigamente, onde todos tiveram em seu ápice um tamanho semelhante, pois acima desse tamanho ficava inviável a comunicação dentro do império.

2 curtidas

Isso e verdade, e tem bastante mesmo

Não tinha um limite para o valor das multas na constituição?

Então… mas quem está mal intencionado AINDA vai arranjar uma forma de fazer isso. Seja distorcendo o logo, mudando alguma cor, zoando as cores pro algoritimo não pegar, etc… Vai ser um lindo jogo de gato e rato. hahaha

2 curtidas

na constituição não fala

normalmente fica na lei do setor, tipo da empresas que atua na mineração fica no código da mineração

Yep, na constituição não fala. Mas na LGPD fala algo que não sei se isso se aplicaria aqui. 2% do faturamento anual e limitada à 50 milhões de reais… hahaha

Solução mais simples é bater no bolso de quem vincula o anuncio, ela sendo considerada corresponsável e tendo de indenizar a pessoa lesada rapidinho eles começam a verificar direito os anúncios.

No caso, quem cair nesse golpe em vez de processar a empresa que aplicou ele vai processar o Google/Youtube e receber o dinheiro que perdeu de volta.

Mais um golpe envolvendo Mercado Livre e Magazine Luiza em um mesmo anuncia no YouTube.

O anúncio é tão mal feito que me choca ser liberado pela Google.


1 curtida

Magalu e ML deviam meter um processo só para ver o que acontece

1 curtida