Galaxy Note 20 e Note 20 Ultra têm nova S Pen, 5G e telas maiores

Originally published at: https://tecnoblog.net/357007/samsung-galaxy-note-20-ultra-5g-ficha-tecnica-lancamento/

Samsung Galaxy Note 20 Ultra possui tela de 120 Hz, câmera de 108 megapixels e melhorias em gravação de vídeo

Eu não consigo entender o fato de um M31 recém lançado tem fucking 6000 mah de bateria e o note 20/20 ultra tem 4500 .-.

1 Curtida

Nada do que a gente já não esperava. E assim como vários lançamentos, meu interesse em comprar é quase zero.

1 Curtida

Bateria maior ocupa mais espaço e é mais pesado.
Considerando um tamanho fixo pro aparelho, quanto mais componente ele tiver, menos espaço pra bateria vai ter.
Claro que é difícil fazer a comparação dos dois modelos aqui sem abrir os dois e ver como é a parte interna de cada um, mas podemos supor que eles não quiseram colocar uma bateria de 6kmAh pra não aumentar muito mais o tamanho e o peso do aparelho.

4 Curtidas

A Samsung ainda não se tocou e insiste em enganar desavisado vendendo o Exynos 990 como se fosse a mesma coisa do SD865.

Engraçado que lançar o SD865 na Coreia do Sul virou padrão agora. Esse papo de CDMA não cola, lançam com Snapdragon onde o mercado serve de vitrine, onde a Samsung não quer fazer feio.

6 Curtidas

Só espero que essas novidades da câmera e do app Samsung Notes venham pro Galaxy Note 10 por atualização…

2 Curtidas

Sempre tem aqueles comentários criticando a Samsung por conta do Exynos :yawning_face:

2 Curtidas

Quando o Exynos for tão bom quanto o SD equivalente, as críticas diminuem (pra parar, só se for melhor ou se abandonarem de uma vez).

6 Curtidas

O Note 20 Ultra será meu próximo celular, a ser comprado na Black Friday de 2021 após o lançamento do Note 21 :smiley:

2 Curtidas

Acho que se existem criticas, é porque existem motivos… vários testes globais já comprovaram entre 10 a 20% de piora tanto em desempenho, quanto em bateria, além de vários jogos não rodarem bem no Exynos por alguma questão de compatibilidade. Até a GCAM também é mais tranquila no Snapdragon. O ponto é que quando se paga o preço de um top de linha, se espera o melhor produto disponível. Diferente de quando a Samsung quer utilizar o Exynos dela nas linhas mais básicas.

5 Curtidas

Como já disseram, Exynos é complicado em top de linha. A diferenmnça não é tão pequena quanto a samsung quer fazer a gente acreditar.
E o note 20 de plástico? É isso mesmo? Aqueles eufemismos todos pra dizer que ambos tem a mesma sensação de toque não colou comigo, e pelo que o MKBHD falou no vídeo de hoje, pelo preço não faz muito sentido mesmo.
No mais, esperava um downgrade das câmeras do 20U pro 20, mas a tela ser só 60 hertz achei sacanagem, sem 1080p eu acho ok

1 Curtida

Quero nem ver, se no Galaxy S20 o Exynos 990 já apresentava desempenho inferior ao Snapdragon 865, imagine agora no Note 20 em que o comparativo vai ser com o Snapdragon 865 Plus…

Alguém com informações sobre a gaveta de chip deles ? Terá como usar mais de um chip e será possível usar cartão de memória ?

Pois é, não deixa de ser um ponto…

Mas o CDMA também é uma questão, pois é tecnologia proprietária da Qualcomm e, como tal, só os modems dela suporta. Eu ainda acho incrível países que continuam no legado do CDMA… Mas de fato não é justificativa para forçar o Exynos no resto do mundo… Se já fez em 2, pq não em todos, né?

1 Curtida

Só espero que essa novidade do DeX wireless chegue para os aparelhos mais antigos (aka S9 pra cima), mas acho difícil.

Exato. Meu ponto é que se quer vender Exynos, venda, mas que seja em modelo/submodelo diferente e por um preço menor.

Enquanto essa prática não cessar as críticas sempre serão válidas. Duvido que um possível consumidor desses produtos, com a grana investida na compra, ficaria contente em saber que tá levando um produto inferior ao vendido nos EUA.

Mas a Samsung não vê seu processador como inferior. Logo, ela não vai fazer distinção em preço. O snapdragon não é só mais performático, tem otimizações em câmera, áudio, em várias áreas. Porém, a Samsung disponibilizar seu flagship com o máximo de componentes próprios, dilui os custos de P&D.

Acredite, não fosse a questão do CDMA, até Estados Unidos receberiam Exynos.

Infelizmente a única forma de melhorar é colocando todo ano uma versão nova no mercado. A Qualcomm levou anos para chegar onde está hoje.

1 Curtida

Lindo aparelho,esse verde então… Mas faça uma “storie” com ele e tenha resultados à la J3 PRIME ! Broxante!
:nauseated_face: :persevere:

Vi num site gringo que anunciaram os aparelhos com três anos de suporte em vez de dois. Por que ninguém comentou isso?