Fundador do Telegram desmente três mitos sobre o app

Originally published at: https://tecnoblog.net/400528/fundador-do-telegram-desmente-tres-mitos-sobre-o-app/

Pavel Durov revela que o mensageiro é alvo de bots propagadores de fake news em redes sociais e faz acusações ao Facebook

1 Curtida

O grupo de amigos que mais mantenho contato é no Telegram.
Único ponto em que o WhastApp é melhor é na video chamada.

Parei de usar o Whatsapp há quase dois anos. Uso o Telegram X, que notoriamente é muiiiito melhor. Há… mas não tem vídeo chamadas (dirão alguns…). Melhor não ter, do que ter com péssima qualidade. Para tanto uso o Google Duo. Whatsapp vive de fama e do quase total desconhecimento sobre tecnologia dos Brasileiros.

2 Curtidas

Tem uma equipe trabalhando no X, que estava meio abandonado, ele vai receber tudo que tem no principal na próxima atualização, pelo menos foi o que disseram no Reddit

1 Curtida

Bom, tenho contatos em Moscow e eles utilizam o telegram já há algum tempo e, desde então, não estava bloqueado ¯(ツ)/¯

1 Curtida

Eu achei legal que além de ser uma boa matéria ainda teve um errinho engraçado: no começo do texto a jornalista juntou o nome composto do Pavel Durov num só:

Parov

:stuck_out_tongue_winking_eye:

Acho que o que sempre comentam é a falta de chamadas de vídeo em grupo.

1 Curtida

Pergunta: como o telegram se sustenta? Não deve ser barato manter uma infra dessas.

O Durov é um bilhonario que é criador do VK, a maior rede social russa. Em grande parte o Telegram foi financiado pela sua própria fortuna, eles também têm um sistema de doações que também ajuda um pouco e agora em janeiro foi anunciado que o Telegram vão começar a ter novas funcionalidades pagas (possivelmente focadas no uso empresarial tipo um slack da vida).

Aqui está o post recente do Durov que falou sobre isso em mais detalhes.

5 Curtidas

Ah. Tá ai. hahaha

e ano passado quando Sergio Moro e mais alguns ministros tiveram suas conversas hackeadas? Eles afirmaram que usavam o Telegram…
depois disso perdi minha fé no telegram

Depende o nível de segurança e que tipo de segurança você se refere.
Ambos possuem suas vantagens e desvantagens.
O principal ponto negativo do Telegram é que ele é closed-source e ele não oferece criptografia de ponta-a-ponta em todas as conversas (só nas conversas secretas que você tem que ativamente iniciar o que significa um passo extra que muita gente pode acabar esquecendo). Ser baseado na nuvem também pode ser considerado um risco porque você como usuário não tem garantia alguma da integridade e segurança dos dados nos servidores do Telegram.

O Signal tem o problema de precisar de um número de celular pra criar uma conta, o que é um risco para a privacidade em lugares (no Brasil, por exemplo, você não consegue um número de celular sem atrelar ele ao seu CPF, o que pode ser visto como um risco). Fora que no Android o Signal usa alguns serviços do Google, que não são os mais interessados em proteger a privacidade dos usuários.

Se não me falha a memória, nesse caso foi porque os envolvidos não estavam usando a conversa secreta, que cripgorafa de ponta-a-ponta a troca de mensagens, então o erro foi dos usuários, não do programa.

1 Curtida

Esse é o primeiro ponto mencionado na matéria. Todos os clientes oficiais têm código disponível para público.

Isso é um fato. As conversas padrão não são encriptadas ponta a ponta em prol da facilidade de uso. Eu posso criar uma conversa com e2e encryption mas perco toda a mobilidade de poder usar multiplataforma e etc. As funcionalidades de segurança estão lá, se você quiser as usa, mas elas não comprometem a facilidade de uso para o usuário padrão

3 Curtidas

Não adianta muito eu explicar termos técnicos, só usem o Signal. Não existe outro aplicativo mais seguro e confiável do que ele pra trocar mensagens, esqueçam Telegram, WhatsApp e similares, todos são terríveis!

2 Curtidas

Basicamente, ninguém pode verificar o código interno do Telegram, o que é um sinal vermelho gigante, fora que eles usam um algoritmo de criptografia próprio, o que é completo absurdo na área criptográfica, já que a maior recomendação é que você nunca tente criar o seu próprio algoritmo criptográfico justamente porque ele vai ser inseguro. Não se engane com o Telegram, ele é tão ruim quanto o WhatsApp, só tenta posar de bom moço.

2 Curtidas

O Telegram não é totalmente aberto, ele só faz parecer que sim pra enganar os desavisados.

1 Curtida

Poderia detalhar melhor esse ponto? Porque todos os clientes são abertos. A única coisa que não é aberta é o código do servidor que não ajudaria muito ser aberto já que não é verificável. A ideia de ter o código aberto é que você pode verificar as implementações na sua instalação ou ate compilar sua própria versão. E isso os clientes do Telegram todos se encaixam.

Exemplo de um dos repos oficiais dos clientes (nesse caso o cliente Android)

“GitHub - DrKLO/Telegram: Telegram for Android source” https://github.com/DrKLO/Telegram

2 Curtidas

Correto! Sobre a escolha depende dos seus objetivos. Pra maior parte das pessoas nenhum dos dois é viável a curto prazo porque um app de comunicação só é relevante com pessoas que você conhece e conversa.

No meu caso eu escolhi o Telegram e uso ele pra boa parte das minhas comunicações pessoais (meu grupo de amigos mais próximo também adotou o Telegram faz bastante tempo) já que eu considero que a segurança dele é boa o suficiente para as funcionalidades de conforto valerem a pena!

Depois de começar a usar o Telegram no computador você começa a odiar o WhatsApp e sua conexão fraca com o mobile que fica caindo toda hora. Sobre o Signal nunca usei além de instalar e olhar a interface porque não tenho ninguém por lá.

2 Curtidas

Do ponto de vista de (maior garantia de) segurança e privacidade, a melhor opção que você tem é usar alguma solução que seja open source e que permita você mesmo hospedar o servidor.
O Signal permite, mas dá um certo trabalho pra fazer isso, porque você tem que compilar o servidor por conta e, se não me falha a memória (e se não mudaram nada), precisa compilar o aplicativo.
Tem outras soluções mais prontas, normalmente baseadas em Matrix ou XMPP.
O problema é que se você mesmo for hospedar, você é o único responsável por ter certeza absoluta da integridade e segurança do servidor. Se você tiver feito alguma configuração errada, a segurança pode ficar comprometida.

No fim, é um trade-off.
Segurança, privacidade, praticidade, funcionalidades.
Cada opção vai oferecer um tanto de cada fator e você tem que escolher a opção que oferece a distribuição entre eles que mais lhe agrada.

4 Curtidas