Estou em uma viagem ao exterior e pretendo trazer um PlayStation 5 comigo, mas não sei por onde trazer, se é pela bagagem de mão ou a despachada, alguma dica?

Preciso de ajuda, pois estou com medo de levar na bagagem de mão e ser barrado ou de levar na despachada e quebrarem

Se tudo estiver declarado, tu vai ter de pagar imposto. Se quebrarem ou perderem, você consegue -com alguma dor de cabeça e advogados- fazer eles, ao menos, devolverem o dinheiro. (e se não estiver corretamente declarado, pode ser apreendido e pegar imposto e multa… e em caso de perda, you are just SOL…)

A caixa do PS5 é muito grande para ser bagagem de mão pelo que lembro, então é despachada.

1 curtida

Eu despacharia. Tiraria as plates, deixaria em um bolso separado na mala e o console eu colocaria enrolado em uma porrada de roupa. Se pá, até dentro de um saco cheio de roupa dentro. Tu até conseguiria colocar na bagagem de mão, mas vai certinho uma mala de bordo praticamente exclusiva pra ele daí.

não acho que compense importar ele, com o dolar atual ele sai 2700 fora os impostos que terá de pagar ao chegar aqui, que faz o preço ir para 4320, além de não ter garantia.

Na kabum a vista ele esta custando tambem 4320 já com o jogo do fifa, e terá garantia

https://www.kabum.com.br/produto/386186/console-sony-playstation-5-fifa-23

2 curtidas

Que dá pra tentar vender pra alguém e fazer com que o console saia um pouco mais barato (caso não queira o jogo, claro).

1 curtida

Bagagem de mão. De preferência fora da caixa, pra ocupar menos espaço. Essa costuma ser a regra pra eletrônicos.

1 curtida

Regra ou recomendação?

Porque a ANAC não diz que eletrônicos só pode ser levado na bagagem de mão.

https://www.anac.gov.br/assuntos/passageiros/o-que-posso-transportar

Mesmo com bateria, tomando certas medidas, elas podem ser despachadas. Se o produto eletrônico não tiver bateria embutida, não tem muitos motivos para precisar ser na bagagem de mão.

De qualquer forma, como o vôo é internacional e o embarque será feito em outro país, o que a ANAC determina é apenas para o Brasil. E, independente do que a ANAC ou qualquer órgão regulador de algum país diga, é mais seguro olhar direto no site da companhia aérea (ou entrar em contato) pra esclarecer qualquer dúvida e não ter que ficar brigando na hora do embarque.

Vc pode levar na bagagem despachada (consulte a cia aérea), mas não recomendo, por vários motivos - quebra, roubo, etc.
Por experiência própria, prefiro levar na mão. Até pra evitar a encheção de saco se é contrabando ou algo assim, mesmo q porventura o equipamento esteja dentro dos limites de compra.

Amigo meu levou o PS4 pra Austrália e chegou lá quebrado, com todas as roupas da mala reviradas. A mala que tinha 4 rodas, chegou só com 2.
Porém, ele não levou na caixa do PS4.

Sinceramente, não vale a pena importar um PS5.
O meu PS4 veio do México pouco depois do lançamento, uns 3 meses depois já achava pelo mesmo preço no Brasil, aí ele deu problema de ficar ejetando o disco sozinho e eu não tinha garantia.

2 curtidas

Em 2018 eu trouxe um PS4 de Portugal, coloquei a caixa inteira dentro de uma das malas despachadas e boa… Não sei, todavia, se a caixa do PS5 é muito maior.

Sim, é XD
Fora q o formato do console é péssimo pra transportar fora da caixa.

1 curtida

E onde fica aquela insenção de impostos para até 1 Mil USD? Não vale nesse caso?

nem lembrava que esse novo limite estava em vigor achava que ainda era 500.
mas sim funcionaria nesse caso.

Pode importar sem medo de ser feliz… So aconselho a não meter a caixa na mala… Enrole o console em roupas para ficar bem acolchoado principalmente nas bordas, pois certeza que irão jogar a mala de um lado ao outro… Já na alfandega Brasileira, pegue a fila do Nada a Declarar que não terá problemas… Caso te parem para inspeção, o console estará dentro da cota… Agora se você trazer embalado na caixa, eles podem alegar que é para venda e taxar você ou confiscar o console. Eu ja viajei com meio mundo de eletronicos nas malas… Não me importo de pagar imposto de importação, desde que esse seja JUSTO, não esse ROUBO que fazem ai… Aqui na Espanha esse imposto é 20% então pago sem o menor problema.

1 curtida

A regra - advinda da experiência - é clara:
Itens caros/eletrônicos: bagagem de mão
Itens aleatórios/roupas: bagagem despachada
Logo, o PS5 é melhor vir na bagagem de mão. A bagagem de mão você fica com ela 100% do tempo, enquanto a despachada, pricipalmente se tiver escala, você fica 12hrs+ sem ter ideia de onde ela está, nem mesmo se está no mesmo avião que você, tudo pode acontecer e só vai ter garantido que nada aconteceu com ela quando chegar em casa e verificar que tudo está em ordem.
Tome muito cuidado na fila de embarque, pois se você está indo de classe econômica, e principalmente nessas “econômicas básicas”, não raramente eles despacham mesmo as bagagem de mão pois falta espaço nos bagageiros de cabine, principalmente dos últimos a embarcar. Então não enrole para entrar na fila, seja uns dos primeiros quando chamarem.
Na alfândega, caso você não tenha 5 malas com vocês, é improvável que eles te escolham para fazer o Raio-X da mala. Eles escolhem meio aleatoriamente, no olho, então prefira passar lá na alfândega (no “nada a declarar” mesmo) com outras pessoas, com outros grupos, pois então a probabilidade diminui ainda mais. Mas se você tiver o azar deles resolverem fazer o Raio-X da sua e verem o PS5, explique pro fiscal que é para uso pessoal, que não vai vender. Eu já tive o azar de estar trazendo produto eletrônico caro, acabar sendo escolhido pro scanner, mas explicar pro policial e ele acabar permitindo que ele passe sem taxar hehehehe nesse caso depende do boa vontade dele

1 curtida

Eu já viajei com meu Play 5 e Nintendo Switch na bagagem de mão. É o recomendado até.

Levei o Play numa mala de rodinha e o switch na mochila.