E-mail com domínio próprio: qual a melhor forma?

Continuando a discussão do Como funcionam as chaves do PIX? Posso ter mais de uma?:

Qual a melhor forma (e a mais barata) de ter um e-mail com meu domínio personalizado? A solução do Google custa R$ 24,30/mês

Obs: já tenho o domínio.

Como solução rápida e gratuita vale usar o Zoho Mail. Ele tem um plano de domínio único com até 5 e-mails gratuito.

Mesmo que não seja sua solução final pode ganhar tempo para fazer uma decisão mais definitiva se esse não te atender.

Usei ele para o domínio da loja da minha namorada e funciona super bem. Ela gerencia os e-mails numa conta do Gmail padrão porque não gosta da interface do zoho.

Eu tive a sorte de no meu domínio utilizar o Google Workspace (que cada semana muda de nome) na época que eles tinham um plano grátis até 5 e-mails, então mantenho ele no meu domínio até hoje!

1 Curtida

Também estou procurando sobre e cheguei a conclusão que o custo beneficio maior é usar o da Google ou Microsoft, que cobram por usuário. Agradeço se alguém puder provar o contrário :laughing:

Vale lembrar que tem a opção de fazer alias para um email só ou redirecionar tudo pra uma conta só, então é possivel fazer um alias para cada banco ([email protected], [email protected], [email protected]) sem ser cobrado por cada alias.

O Zoho tem um plano gratuito mas eu não gostei muito da plataforma.

1 Curtida

Tanto o Google quanto o Zoho tem uma opção até mais interessante que é o que chamam de “Catch-all” se seu domínio não é multiusuário, como um domínio com seu nome por exemplo. Você resolve bem criando um e-mail principal só é ativando pelo catchall nele. Então tudo que chegar @seudominio.com e não tiver um endereço criado chega nessa caixa que você configurou. Uso isso porque posso criar novos endereços na hora conforme a necessidade. Ex. Vou cadastrar em algum site meio estranho que acho que pode vazar os dados uso um [email protected] sem precisar voltar pro e-mail e criar um específico.

2 Curtidas

Não são 5 emails, são 5 usuários. Cada usuário pode ter vários e-mails em aliases, chegando todos na mesma caixa de entrada e com a possibilidade de escolher qual usar na hora de enviar uma mensagem.

1 Curtida

Correto, me expressei mal. São 5 caixas de entrada diferentes. Em cada uma delas podem ter vários endereços de e-mail relacionados.

1 Curtida

Isso. Quis colocar a funcionalidade do “catch-all” na minha explicação sem usar esse termo, mas não ficou muito claro. rs

1 Curtida

Opção que deve ser de longe a menos preferida, mas, olha, a forma mais barata provavelmente é você hospedando o seu próprio email.
Não é o mais fácil, mas deve ser o mais barato.
Um raspberryPi (e uma conexão confiável pra deixar o Pi conectado) é mais do que o suficiente.
Ou pega um VPS barato e hospeda lá.

A solução mais completa que encontrei até agora foi o FastMail, pois além de ter um catch-all para entrada de e-mails, tem para a saída também, ou seja, você pode tanto receber quanto enviar um e-mail de *@seu.dominio, sem ter que criar outro usuário e pagar mais por isso.

E os e-mails recebidos em *@seu.dominio são separados em pastas de forma automática, por exemplo, [email protected] entra direto na pasta Pix na sua caixa de entrada.

Porém, a pesar de afirmarem que os e-mails são guardados em servidores criptografados e usarem data centers super seguros, não consegui achar as certificações de auditoria sobre a segurança do serviço, então ainda estou com um pé atrás.

1 Curtida

Eu iria de Zoho Mail, mesmo. Já usei e quebra um bom galho.

não da pra hospedar email em internet residencial, precisa de internet com ip fixo e dns reverso.

Que dá, dá, mas não é porque dá que deve ser feito. Fora o que você citou (problemas com IP dinâmico e não ter controle sobre DNS reverso) tem também a questão de configurar e manter o servidor de e-mail, e também mantê-lo seguro. É muita dor de cabeça e não vale a pena.

Do meu ponto de vista um servidor de email que não é capaz de enviar email (e provavelmente nem receber) não da pra dizer que de pra fazer, tu tem um software rodando que não faz o serviço dele.

1 Curtida

A forma mais barata é o Zoho que já falaram aqui exaustivamente. Custa incríveis 0 (zero) reais, além de não ter toda a dor de cabeça que seria configurar o próprio servidor.

O problema com IP pode ser resolvido com DNS dinâmico.

O problema com DNS reverso é que filtros antispam muitas vezes validam o DNS reverso para decidir se marca como spam ou não.

O servidor vai funcionar (em outras palavras, ser capaz de enviar e receber e-mails), porém a maioria dos e-mails enviados, se não todos, serão marcados como spam e provavelmente descartados e alguns e-mails recebidos provavelmente serão perdidos enquanto o DNS dinâmico é atualizado.

E é por isso que não deve ser feito. É muita gambiarra e muita dor de cabeça.

só por aqui já vejo que não conhece bem o funcionamento de um servidor de e-mail, eles costumam ficar por horas, dependendo a configuração do servidor de envio podem ficar dias na fila de saída antes de serem deletados.

Maioria dos servidores nem aceita a conexão se não estiver com o dns reverso configurado corretamente, é configuração de segurança básica de um servidor de email validar o dns reverso.

Tá vendo, é tanta dor de cabeça que não vale a pena

Gostei muito das dicas. Finalmente poderei ter um email com uma cara mais profissional.

2 Curtidas

R$ 18,90/mês/usuário na versão mais em conta.

Zoho eu não recomendo. Já usei e vivia enfrentando problemas de lentidão, email inacessível, não receber email e coisa do tipo. Não sei se melhorou ultimamente.

Se é paranóico com segurança tem o proton mail: https://protonmail.com/pricing

Eu uso tem pelo menos uns 6 anos.
A última grande queda foi em 2017, depois disso eles reestruturaram todo o esquema de servidores e não houve mais esse tipo de falha.

3 Curtidas