É incoerente a TV por assinatura ter comerciais?

Há anos, escuto (de algumas pessoas) que esse serviço não deveria ter comerciais, pois se trata de canais pagos.
O que vocês pensam sobre isso?

4 Curtidas

Nunca tinha parado para pensar sobre isso, mas acho que os canais não se sustentariam só com o valor da assinatura.

6 Curtidas

Também acho!

1 Curtida

Não é só TV por assinatura que é paga e tem propaganda… COFF…COFF.HULU.COF.COF…

Acredito, mas não muito, que possa ser que o valor total das assinaturas seja insuficiente… mas também se não tivesse propaganda… quando as pessoas iriam ao banheiro? Todo mundo sabe que as propagandas da TV só servem para tu ir no banheiro ou preparar pipoca.

7 Curtidas

a 15 anos atras era aceitável o nivel de propaganda nas TVs por assinatura, era tipo 5 minutos por hora de programação, tanto que tinham os mini programas pra encher o horário até o próximo programa, hoje em dia é só propaganda, uns 15 minutos pra cada hora.

4 Curtidas

Quem faz o numero 2 em cinco minutos? D:

1 Curtida

E olha que 15 minutos é o limite legal no Brasil. Imagina se seguissem os intervalos da TV aberta americana à risca, pros programas começarem e terminarem em horários redondos…
Quanto aos canais premium, a HBO deixou de ter comerciais na América Latina uns anos atrás (se alinhando à matriz nos EUA), mas o Telecine ainda tem comerciais (entre os filmes e nos nomes de algumas sessões) pra fechar as contas (quatro dos seis canais - as exceções são o Premium e o Cult - têm um intervalo no meio dos filmes, só com chamadas, uma “pausa pro banheiro” mesmo).

4 Curtidas

Deveriam ser todos os canais assim e não só um ou outro.
Não vejo problema em ter 5 minutos de comerciais entre um filme e outro, e uma ou duas pausas (dependendo do tamanho do filme) para ti fazer algo enquanto assiste o filme.

1 Curtida

Nos anos 90 era assim. Não tinha comercial, somente anúncios de programas do próprio canal.
Isso não tem jeito. É que nem revista. Teve uma época (anos 90 e 2000), que a Veja tinha umas 100 páginas, quase metade só com anúncios.

1 Curtida

Uma coisa é certa, REPETE MUITO OS PROGRAMAS!!!

2 Curtidas

Nos anos 90 era assim. Não tinha comercial, somente anúncios de programas do próprio canal.

…como tapa-buraco, pois não havia muito interesse do mercado anunciante brasileiro (e ainda não existe tanto interesse assim, pois as plataformas por assinatura alcançam cerca de 30% da população brasileira, ao contrário da Argentina, onde a penetração está na casa dos 80% e os intervalos são quase todos ocupados por comerciais, mesmo que muitos deles sejam de marcas do Genomma Lab - empresa farmacêutica mexicana, presença constante nos intervalos da Record, e que chegou a ser o maior anunciante do Brasil, isso sem jamais anunciar na Globo!)

2 Curtidas

Não acho incoerente, mas uma coisa que incomoda muito é diversos canais repetem as mesmas propagandas, até dentro do mesmo intervalo.

2 Curtidas

Lembrando que as operadoras (NET e Sky fazem) colocam comerciais dela por cima dos comerciais de alguns canais.

1 Curtida

É nos espaços de publicidade local, gerados pelas operadoras (é fácil de reparar nos Canais Globo, que passam uma vinheta bem curta do canal antes e depois desse bloco - alguns anos atrás, inclusive, a vinheta não era do canal, mas da Globosat - antecessora da divisão Canais Globo - como um todo).

2 Curtidas

O interessante que lembro disso acontecer no Cartoon Network, Nickelodeon e Fox também.

E a Prime? Que vive de assinatura e coloca anúncio de outros programas da plataforma? É um saco.

Da forma como vejo você paga pra ter acesso a conteúdo mais premium e se você prestar atenção até as propagandas são mais premium (não passam na tv aberta e tem um público alvo diferente).

Pensa por exemplo num jogo de futebol americano, tem tanta pausa que seria impossível deixar sem alguma coisa passando nesses intervalos.

1 Curtida

Não tem nenhuma incoerência. A proposta da TV por assinatura é oferecer uma programação diversificada e de qualidade, com ou sem comerciais.

O problema é a falta de bom senso das emissoras, que exageram nas repetições.

3 Curtidas

Acho que no início NAO era pra ter comerciais, mas com o tempo viram se obrigado pois nao estavam se sustentando só com as mensalidades. Vejam o caso das rádio FM, acredito seguem o mesmo conceito.

As repetições têm um motivo, q a moçada mais nova não sabe.

Primeiro q não tem programação suficiente pra cobrir a grade, já q a audiência da maioria desses canais é baixa.
Segundo q as repetições, na época em q não existia streaming, serviam para q vc pudesse ver aquele programa em horário alternativo, caso não tivesse condições de ver no horário normal.

HBO antigamente eram 2 canais - HBO 1 e HBO 2. No HBO 2 passava a programação do HBO 1 com uma diferença de 6 horas. Hoje isso não acontece mais.

2 Curtidas