Devo devolver meu teclado recém comprado, ou fico com ele mesmo?

Olá, pessoal. Recentemente eu comprei na Amazon, o teclado Signature K650 da Logitech. Chegou hoje. O mouse M650 comprei da Kabum, e ainda esperando chegar.

Mas teve um detalhe que não me atentei: o teclado é padrão US. Eu achei que poderia me adaptar, ao testá-lo, mas seria muito difícil.

Então eu achei na Amazon o combo MK540. É bem mais barato que os dois primeiros. E é ABNT2.

Vocês acham que vale a pena devolver o teclado e o mouse, quando chegar, e pegar o MK540? Ou o Signature tem alguma vantagem técnica significativa que vale o esforço até pra se adaptar ao padrão US e mantê-lo?

Se decida logo, se ainda tiver nos 7 primeiros dias, direito ao arrependimento.

O meu teclado atual é padrão US, no caso um XPG Summoner, tirando o ~ que ainda estranho, consegui me acostumar de boa com o teclado

Apenas uma dica: A Microsoft tem o Keyboard Layout Creator então caso vc queira um teclado ABNT pq usa algum símbolo específico vc pode criar um atalho personalizado por ele.

Eu não sei qual layout o seu Windows está configurado para usar, mas você pode mudar o layout do teclado.
Só ver a seção “Adicionar um teclado” nessa página:

Daí é só você instalar e configurar pra usar o padrão ABNT e pronto, quando você apertar a tecla “;” no seu teclado US vai sair “ç”. Ou você troca pro padrão US-Internacional pra ficar não ter discrepância entre as teclas que você aperta e o que aparece no computador.

Outra coisa, se você usar o teclado full no layout US-Internacional é pra conseguir digitar tudo o que você precisaria num texto em português usando atalhos com o alto da direita.
Ex: ç é o alt e vírgula (alt+,), vogais com acento agudo são o alt e a vogal (ex: á seria alt+a, Á seria alt+shift+a, etc) e por aí vai.
Tem alguns caracateres que você vai precisar usar o alt e o teclado número, como o ª que eu acho que era alt e a sequência +166 no teclado numérico. Pra essas teclas pode ser mais interessante usar a solução do CesarSilva e criar atalhos personalizados.

Tem gente que fala que não dá pra usar pra digitar textos em português usando esse layout ou que perde muito tempo. Eu acho isso um exagero, mas o que é fato é que é um processo chato até acostumar, então se você já está acostumado com o teclado padrão ABNT/2 e não quer ou não tem tempo pra ficar aprendendo a digitar com outro padrão, devolve esse e pega um no padrão ABNT/2 mesmo.

@Keaton @LekyChan @CesarSilva @centauro

Sim, eu imaginei que haveria algumas soluções para mitigar o problema. Eu testei e vi que a única tecla em que eu teria que “encontrar” alguma outra, que uso menos, para substituir é a do “?”. Mas bastaria manter o padrão ABNT2 no Windows e ele reconheceria normal todas as outras, embora estivessem trocadas.

Ainda assim, vi que seria um pouco chato. Aí fui fazer uma procura e encontrei esse MK540.

A questão é a seguinte: Quando o receptor do meu combo antigo deu problema (Microsoft Wireless 2000) e descobri que não daria pra simplesmente substituí-lo, decidi abandonar a marca e partir pra Logitech, que vende os receptores separadamente, caso precise.

Na época, encontrei esse combo MK650, que me pareceu bastante similar ao da Microsoft. Só não me atentei para o padrão.

Porém, agora eu vi que tem esse MK540 que também parece bastante. E é quase a metade do preço do que eu comprei.

Por isso eu perguntei se esse MK650 tem alguma coisa especial que justifica o preço. Caso contrário eu devolverei os dois (mouse e teclado) e pegarei o combo MK540.

O que eu percebi é a diferença na conectividade. O 640 usa o Logi Bolt, enquanto que o 540 usa Unifying. E eu nao sei o que muda, na prática, de um pra outro.

São dongles com padrões diferentes. O Bolt é baseado em bluetooth e o Unifying é um padrão proprietário em 2.4GHz.

O Unifying eu acho que é mais antigo e a Logitech parece estar no processo de abandoná-lo (mas não é certeza nenhuma, são só rumores e especulações que eu lembro de ter visto uns anos atrás), então se o seu foco é longo prazo, talvez não seja tão interessante ir com um produto que só tenha suporte ao Unifying.

Reparei que o mouse do 540 não tem os botões laterais.

Não seria um problema pra mim :sweat_smile:

Se for verdade é um bom ponto a se levar em conta. Considerando que passo vários anos com um teclado. E utilizo bastante pra digitação.

Eu chuto que se for acontecer deles abandonarem o Unifying, vai ser um processo longo (mas difícil de dizer em quantos anos).
Talvez o processo seja lançar cada vez menos produtos com o Unifying, talvez deixando ele restrito a linhas mais básicas pra só então abandonar de vez.