Detox de redes sociais

Alguém já tentou ou já fez detox de redes sociais?
Estava conversando com um amigo sobre a quantidade de tempo que perdemos pulando de uma rede social pra outra, a sensação de cansaço que absorver toda essa informação gera no fim do dia, a contribuição pro estresse/ansiedade que isso gera, etc.
No geral, tenho tentado diminuir o uso mas tenho pensado em ficar uma semana sem instagram, twitter e etc como experimento pra ver/entender como a falta/presença delas me afeta no dia a dia.
Alguém já passou por uma experiência similar?

2 Curtidas

Eu só acesso o Twitter regularmente, mas ultimamente, com essa polarização, eu meio que tô deixando ele de lado. Tenho Instagram mas não uso, tive Facebook e deletei, e WhatsApp é só pra trabalho.

No final, meio que fiz um detox involuntário.

Pra mim não faz diferença no dia a dia.

Até porquê, sempre tratei redes sociais como uma forma de diversão quando não tinha nada pra fazer off-line.

Se eu apagar o app do meu tablet, não vou sentir falta.

3 Curtidas

Facebook pra mim é só pra memes e/ou ler noticias. não gosto do twitter, então…
Instagram para um contato mais próximo com real friends…

Mas penso constantemente em excluir o FB.

1 Curtida

Há uns 10 anos atrás eu era viciado por ter muito tempo livre, mas mudei de trabalho e comecei a fazer faculdade, então fui forçado a abandonar praticamente todas.

Hoje

  • Facebook eu acesso só por causa de páginas de clientes.
  • Twitter quase não acesso porque tenho medo de desenvolver FOMO. Tudo lá parece muito instantâneo e tenho a impressão que se eu começar a visitar regularmente, terei que ver a todo momento, senão estarei perdendo alguma coisa.
  • Instagram é a que mais acesso, mas tento fazer isso apenas 2x por dia, visualizando quase todos stories (os que não me interessa já silenciei) e curtindo posts.
  • WhatsApp não considero uma rede social, pois não fico batendo papo a toa nele, uso pro trabalho e me comunicar com família/amigos.
  • Aquelas outras redes :smirk: :smiling_imp: só acesso quando “quero” mesmo, até tiro todas notificações.

Enfim, fiz um detox forçado na época e não sei se por causa da falta de tempo, não senti grande prejuízo. Talvez apenas falta de informações/notícias. No entanto você acaba acostumando e começa a usar o tempo que você rolava um feed interminável (e que muitas vezes só quer mostrar que a vida dos outros é ótima e a sua ruim) pra outras coisas, no meu caso vejo séries.

2 Curtidas

Eu cancelei Facebook e similares já há uns 7 anos.
Desde então não uso mais nada.
Não me fez falta, num contexto onde eu só perdia tempo com timelines cheias de brigas políticas, futebol ou fake news.

Meus contatos mantenho no WhatsApp, mas evito grupos com bobagens. E qd recebo esse tipo de coisa, acabo nem vendo.

Mas particularmente gosto de ambientes mais técnicos, como fóruns.

1 Curtida

É esse o meu grande problema com o Twitter… acho que desenvolvi FOMO e acabo checando várias vezes por dia por não querer perder nada e nisso a gente acaba entrando num círculo vicioso.

3 Curtidas

Quando eu casei isso passou a acontecer naturalmente.

Nunca tive muitos amigos, então sempre passei meu tempo livre na internet, e como trabalho com internet, praticamente eu estava o tempo todo na internet.

Depois que casei, passei a usar meu tempo para me dedicar as coisas da casa e a minha esposa, então acabo não tendo tanto tempo para acessar redes sociais.

Devido o fato de não ter amigos, meu WhatsApp só utilizo de segunda a sexta, que é quando estou no escritório e preciso conversar com minha esposa, final de semana nem abro o WhatsApp.

Durante o trabalho, costumo usar apenas o Facebook, para acompanhar grupos e noticias nos intervalos entre uma tarefa ou outra.

Instagram entro raramente, e postar fotos mais raro ainda, 24 desse mês completa 1 ano que fiz minha última postagem por lá.

Twitter que era a rede que eu mais utilizava nos picos de depressão, hoje em dia quase não abro mais. meio que perdeu o sentido para mim, já que antes usava apenas para desabafar.

Hoje em dia, se eu quiser, consigo ficar dias sem entrar em redes sociais tranquilamente.

Odeio TV, então a parte ruim de não usar mais redes sociais com frequência é que fico sabendo das coisas mais tarde, as vezes nem sei do que está acontecendo no momento.

Já o e-mail é algo que não consigo ficar mais de 1h sem acessar.

2 Curtidas

Facebook nem uso mais… só quando minha namorada marca pra ver algum post engraçado que entro pra ver.
Twitter sai faz anos.
Instagram eu dei mute em 100% dos stories de amigos. Deixei apenas familia (pai, mae, irmao e namorada) e algumas paginas / pessoas famosas (tipo o Mobilon e o Higa auheuhaeuhahe) pra acompanhar algumas coisas de tecnologia, saúde e finanças.

1 Curtida

Eu já fui um grande viciado e de postar muito nas redes sociais. Não excluí nenhuma, mas diminuí drasticamente o meu uso nas redes.

Uma coisa que tenho o costume de fazer é tentar passar mais tempo fazendo coisas que não dependo do celular, como a leitura de um livro por exemplo. Funciona muito bem! O ruim é não ter com quem conversar sobre o tema (geralmente filosofia). Todos os meus amigos ficam O TEMPO INTEIRO vendo coisas no instagram e comentando. Acho legal sentar e papear sem ter um celular por perto tirando a distração.

O cérebro também agradece, ele não foi feito para consumir tanta informação assim por dia, assim acabamos por ter problema de memória.

3 Curtidas

Por força do trabalho, eu não fico longe delas. Mas, limito.

Tem hora para checar. Passou da hora, acabou.

Mas o Twitter sempre me consome!

1 Curtida

Facebook so entro quando minha mulher avisa de algo legal (e bom). Mas nem notificação eu recebo mais.

Uso com frequência o Twitter e um pouco menos o Instagram

Whatsapp ate que bastante mas tenho evitado encaminhar as besteiras que recebo

1 Curtida

Ainda mais com o google sendo nossa enciclopédia de fácil acesso, teremos cada vez menos informações armazenadas.
Platão tinha resistência à escrita porque armazenar informações num livro prejudicaria a memória, hoje é deixar tudo na onipotente nuvem. rs

2 Curtidas

Acho que nos acostumamos a deixar o twitter como a ferramenta mais rápida de aquisição de notícias, o problema é que a rede ficou muito esquisita e cheia de discussões absurdas. Ela está fazendo muito mal, o pior que ficamos cada vez mais lá.

2 Curtidas

não sei pq mas nunca gostei muito do Twitter pra isso, pois parece que sempre tô perdendo algo

sempre curti mais rss, pois recebo tudo do site e vejo no meu tempo

1 Curtida

Estou há uma semana sem redes sociais e aqui vão algumas considerações sobre esse período de detox:

  • Foi mais fácil do que eu esperava. Nos primeiros dias às vezes eu me pegava automaticamente abrindo o Instagram, mas acho que mais por força do hábito (não excluí os apps, apenas me desloguei)
  • Com relação ao Twitter, às vezes sinto curiosidade para ver o que está acontecendo, as discussões e polêmicas do momento, os memes, etc. Por outro lado, nesses tempos de Corona vírus em que só se fala nisso (não diminuindo a importância de se falar sobre o assunto), tem sido um alívio estar “menos exposto” à tentação de sempre estar checando o twitter pra ver novidades sobre a pandemia.
  • No geral, tenho me sentido melhor sem as redes: tem sido melhor pra minha saúde mental além de estar focando mais na leitura de livros ou colocando as séries em dia ao invés de ficar pendurado no celular checando feeds infinitos.

E pra finalizar, não acho que excluir redes sociais seja a solução, com certeza voltarei a utiliza-las, mas no momento esse distanciamento tem sido positivo para mim. A ideia é voltar a utiliza-las em breve, porém com parcimônia e limitação, coisas que eu não tinha.

2 Curtidas

As redes sociais são negócios que precisam manter você conetado. Para isso vao fazer de tudo para que gaste seu tempo com elas. É a natureza delas.

Como exploram ao máximo técnicas de retenção psicológica, é muito difícil mesmo lutar para controlar seu tempo nelas, poucos conseguem, elas oferecem informações que nossos acessos elegem como algo importante e relevante, porque queremos estar informados o tempo todos. Por monitorar massivente com algoritmos e aprendizado de máquina, sabem o que você quer, e vão te dar.

Se você quiser distanciar-se mesmo e experienciar um novo modo de vida, cancele ou deixe de acessar por um tempo, mas precisa ser forte mesmo, objetivo. Seus amigos vão ficar te chamando, notificações chegarão, mas é possível.

Desinstale os apps do smartphone, ignore os emails, por um mês só, coloque essa meta, não é impossível. Caso queira depois, sempre poderá voltar a usar. Nessa volta, estará bem no controle do que antes.

Não instale mais os apps, use somente as versões web.

3 Curtidas

Ótimas dicas!
A influencia dos amigos é real, mesmo sabendo que você está em detox mandam mensagens do tipo “te marquei em tal post”, ou “vc precisa ver isso ou aquilo, entra rapidinho só pra olhar isso”.

1 Curtida

Realmente ficamos saturados. Perdemos muito tempo,mesmo.
E é difícil ter autocontrole. Sou assíduo no twitter e Instagram. No twitter bem mais. Já tive picos de uso nas 2 redes que realmente me fizeram parar pra pensar e me perguntar se eu conseguiria ,de fato, dar uma freada.

Me propus o desafio e felizmente consegui passar 5 dias sem acesso a nada. O primeiro dia é ruim. Mas no segundo já é mais de boa.

Uma outra situação ,dessa vez mais brusca,foi recente. Fui assaltado. Consegui passar 10 dias sem celular. Por incrível que pareça,a ausência mais sentida foi o whatsapp! Descobri que dá pra viver sem insta e twitter,já sem o whatsapp é bem mais complicado.

2 Curtidas

A família também fica pedindo pra ver e curtir as coisas, é dificil mesmo.

1 Curtida