Créditos de celular pré-pago não poderão ter data de validade, decide Justiça

Créditos de celular pré-pago não poderão ter data de validade, decide Justiça

Essa é uma decisão complexa, e que - se por um lado - pode ajudar a manter nossas linhas, também cria um fator de complicação, pois as bases não serão renovadas, impedindo que os números sejam reciclados.

Qual é a opinião de vocês?

Eu acho que deveria ser padrão em todas as operadoras que uma recarga de R$100,00 garantisse pelo menos 18 meses de manutenção da linha, sendo que ela poderia ser “parcialmente desabilitada” a cada 60 dias, exigindo pelo menos uma recarga de R$10,00 para liberar os créditos restantes, com sua VALIDADE ORIGINAL.

E vocês, o que acham?

1 Like

100 reais por 1 ano e meio de linha é economicamente inviável, eles teriam de abrir mão de muito lucro dessa forma e encareceria para todo mundo…

Detalhe: esse artigo é de dois anos atrás e já derrubaram essa decisão faz uns 18 meses…

3 Likes

Minha opinião é que telefone pré pago deveria ter uma taxa de 10 a 20 reais por ano de manutenção da linha e os créditos não expirarem nunca.

Chegou na data de renovação da linha e não tem créditos, bloqueia por 60 dias e depois cancela a linha.

Não muda quase nada que temos hoje, os créditos hoje ficam bloqueados e quando tu recarrega eles renovam a validade conforme a recarga que fez, só mudaria que a recarga de 10 reais passaria a ter 60 dias de validade em vez dos 30 dias atuais (nem sei se é 30 dias)

2 Likes

Na prática, meio que já é assim hoje em dia…
Se você faz uma recarga de R$200 na Vivo, por exemplo, tem validade de 365 dias!
Não acredito que impactaria TANTO porque poucas pessoas se importar verdadeiramente com seus números (isso dito por uma funcionária da Claro recentemente). Essa medida só beneficiaria as pessoas que realmente PRECISAM manter seus números, penso eu.

Então, não sou tão bom em matemática, mas acho que 100 reais é metade desse valor e 18 meses é tipo 50% a mais que esses 365 dias… o que faria o ganho da operadora cair de 55 centavos/dia/linha pra 19… não sei se é muito interessante para eles. (Isso não contando os pós pagos que virariam pré pagos pela facilidade)

2 Likes

As contas fazem sentido… Mas imagine o seguinte cenário:
Segundo os dados que apurei, a Vivo tem 97,9 milhões de linhas, a Claro teria 82,4 milhões de assinantes e a Tim possui 61,8 milhões de assinantes.
Também segundo analisei, a base de pré-pagos é praticamente a metade das linhas das operadoras.

Sendo assim, considerando um número de 242.1 milhões de linhas, teríamos um total de aproximadamente 121 milhões de linhas Pré pagas.

Considerando seu cálculo, de 19 centavos por dia (R$5,70 por mês), estamos falando de um faturamento mensal de R$689.700.000,00 (Seicentos e Oitenta e Nove MILHÕES e Setecentos mil) reais por MÊS!

Um pouco menos de 700 milhões por mês.

Não creio que isso possa ser considerado exatamente um “prejuízo”.

Ainda no que diz respeito ao que você falou sobre a “facilidade” que incentivaria o churn para pré-pago, eu tenho uma ideia diferente. As necessidades e objetivos de quem tem número pós são COMPLETA e SUBSTANCIALMENTE diferentes daqueles do público pré. Honestamente, considerando o conhecimento que tenho de alguns temas ligados ao assunto, não acredito que um cliente Pós, com 20, 30, 50GB de internet, mais bônus e vantagens, pontos, etc., iria se tornar pré só pra “ter essa facilidade”…

Não me parece muito realista essa possibilidade.

Mas enfim, é apenas uma elocubração, já que a Decisão em questão já foi até derrubada.

Não é prejuizo, mas tu acha que as empresas vão fazer qualquer coisa para ganhar menos? hahaha

1 Like

Meu queiro me desculpe te decepcionar mas não é assim que se calcula prejuízo. Se você não sabe o quanto elas gastam esse número não é nada.

2 Likes

Quero só ver… infelizmente tive a “infeliz” ideia de comprar um chip virtual dos correios para ser minha linha pessoal e deixar uma linha da Claro pós-paga como linha empresarial… e infelizmente os créditos dos correios expiram muito rapidamente e todos os dias eu recebo SMS falando pra recarregar… todos os dias (mesmo quando já está recarregado). O presidente da Anatel que ama dar entrevista poderia passar lá nos Correios Celular pra dar uma organizada naquela zona.

2 Likes

Você tem um ponto… rsrs

Uma pena que desse montante em torno de 40% vai para o governo, a maior parte na cobrança do ICMS, fora que na hora de pagar os funcionários, tem mais impostos como no caso do FGTS e na hora de distribuir os lucros, caso tenha, há mais 15% de imposto.

1 Like

Só isso de imposto? Tem certeza que a conta tá certa? Acho que ainda tá faltando muita coisa nessa conta. hahaha

Devo estar esquecendo de algo, mas só isso já mostra que faturamento alto não quer dizer muita coisa.

Sim, sim, mas mesmo que 700 milhões pareça muita grana… não é… dá menos de 139m usd. hahaha

1 Like

Bastava uma coisa: Anatel parar de cobrar taxa das operadoras para manter linhas ativas. Elas forçam o consumidor a fazer recargas frequentes porque manter linhas sem receita gera prejuízo a elas.

Este tópico foi fechado automaticamente 90 dias depois da última resposta. Novas respostas não são mais permitidas.