Como uma VPN pode trazer benefícios em serviços de streaming

1 Like

Fico intrigado se esta matéria publicitária não é apologia ao crime?

Se estou fisicamente no Brasil, posso usufruir de VPN e assistir tranquilamente na legalidade um conteúdo que o proprietário do material restringiu o Brasil ?

Indo mais além. Os serviços de streaming podem banir minha conta com propriedade legal e me trazer um transtorno?

Indo ainda mais além. Será que compensa ? Tem tanto conteúdo extra assim ? E com legenda e ou áudio em português?

Nunca fui banido, a diferença de catálogo é gigantesca e tem áudio e legenda PT-BR. Inclusive, em itens que não estão no catálogo BR estão em português no US.
Mas só se você realmente gosta de assistir pra valer e não casual.

Eu tenho a NORD que é ótima.

É já experimentei tudo de NETFLIX até HBO, e os conteúdos são exatamente os mesmos. Lembro de achar RAMBO diferente no catálogo da Netflix mas nem legenda tinha e era um filme antigo.

Qualquer lançamento da Netflix é simultâneo. Nunca teria uma temporada inédita de um STRANGERT HINGS da vida. É sem sentido.

Apenas no DISNEY EUA que tinha The Simpsons diferente do brasileiro que este desenho está no STAR*

Não que seja ladrao quem faz isso. Mas é ilegal. É crime. E não vale a pena se queimar por tão pouco.

Certa vez eu estava no Uruguai. E tentei apostar na mega. Mas o aplicativo não functions em outro país. Então usei a VPN com IP do Brasil. Mas NÃO FUNCIONOU da mesma forma. O app identifica inclusive IP de VPN que estão catalogandos aos montes em catálogos de threat intell.

Uso NordVPN aqui no Canadá.

Netflix já começou a barrar o acesso de quem usa por VPN, infelizmente.

Mega sena não rola mesmo pq é exclusivo pra quem está em território brasileiro. Ele usa a localização.

Os mesmos não são, isso eu te garanto. Minha mina queria assistir “O Bicho Vai Pegar” e só tem na Netflix BR, por exemplo, e moramos no Canadá. E como a Netflix tá barrando NordVPN, aí complicou.

My Family Cinema salva nessas horas…

A principio vai contra os termos de uso da Netflix, mas usar VPN e Netflix ao mesmo tempo não é ilegal e nem crime.

Nos termos de uso diz:

Mas, ao mesmo tempo, a proṕria Netflix tem uma página de ajuda relacionado a assistir Netflix usando VPNs:

https://help.netflix.com/pt/node/114701

Então…:person_shrugging:

4 Likes

tem casos e casos…

Por exemplo, streaming Hidive saiu do Brasil, mas disponibiliza legendas PT-BR em seus animes em outros países.
Toei (Kamen Rider e Super Sentai) tem o TTFC (gratuito e restrito ao Japão), e diferente da Toho (Ultraman) que disponibiliza no Youtube (e vende e lucra com isso), parte dos seus CEO e diretores ainda não aceitam negociar direitos/produtos com outros paises (algo cultural e historico de japoneses de geração mais antigas não aceitar nada do exterior, com medo/trauma de sofrer opressão/dominação estrangeira).

3 Likes

A sina de quem quer assistir um conteúdo específico do jeito “certo” (entre aspas, porque usar VPN vai contra os termos de serviço da maioria das plataformas) em 2024:

  1. Descobrir em qual plataforma esse conteúdo está
  2. Perceber que não está disponível em nenhum serviço no seu país, e então, ter que contratar uma VPN
  3. Lidar com buffering ocasional e/ou bitrate menor porque o tráfego está passando por uma rota internacional e não por CDN
  4. Ser agraciado com uma bela propaganda porque não está pagando o plano mais caro

É por essas e outras que eu voltei com força ao torrent. Único serviço que ainda assino é o Prime, e mesmo este eu já estou em vias de cancelar, pois já não assisto mais nada por lá (mesmo os conteúdos que estão disponíveis por lá prefiro piratear porque a plataforma não é boa) e também estou comprando cada vez menos na Amazon, a ponto de não justificar o valor gasto para ter “frete grátis”.

Daí tu já exagerou. Justificar piratear por achar a plataforma ruim é dose :slight_smile:

Torrent não tem dublado, qdo tem é até dublagem feita em casa, surreal, e com propaganda de casas de aposta. Uma chinelagem. Só presta para conteúdo na língua original e hoje é muito fácil pegar a legenda automático. Mas aqui no Brasil as operadoras trabalham junto com estúdios, fornecem logs, tu assume risco de ser processado, precisa de uma VPN para mascarar a pirataria.

Mas mesmo assim, não vale a pena. Assino vários streamings, cancelo e reassino dinamicamente. Não precisa ser magnata.

É um dos motívos, não o único…

Graças a [insira sua entidade favorita], não assisto conteúdo audiovisual dublado. Na verdade, tenho asco. Só de ouvir a voz do Wendel Bezerra (nada pessoal contra o cara, parece ser boa pessoa), dentre outros, já me revira o estômago.

Tem várias releases bem feitas com opções de legenda em até 20 idiomas no mesmo arquivo.

  1. uso tracker privado
  2. se precisa de VPN do mesmo jeito, melhor piratear do que assinar um serviço E ainda contratar VPN… dos dois jeitos está ilegal, mas pelo menos um deles é mais barato

Cenário hipotético:
[Pessoa A] Assisti ontem A volta dos que não foram… baita filme
[Pessoa B] Onde que dá pra assistir?
[Pessoa A] Tem na Netflix
[Pessoa B] Que pena, vou ter que deixar pra ver mês que vem, porque nesse eu já to assinando a Disney Plus

1 Like

Sim. É a vida. Não dá pra ter tudo. Roubando desse jeito o streaming quebra e vão sumir os filmezinhos e séries de quem pratica crime

Assina Globoplay e termina Lá Brea, Origem. Cancela. Assina novamente quando voltarem em temporada nova. E assim é a vida. Saiu um filme ótimo no Globoplay mas esse momento estou com Netflix, ok, tem trocentos filmes pra ver no que eu assino. E assim vai.

1 Like

Eu sei que coisas vintage estão na moda, mas eu não tenho a menor vontade de voltar aos anos 90, onde eu ia numa locadora e algum infeliz já tinha alugado o filme que eu queria, então eu ia na próxima e nessa nem tinham comprado o filme ainda, e por aí vai… É impressionante como a Internet veio para revolucionar as coisas, mas em certos setores uma mentalidade mesquinha e antiquada permanece.

Não sou contra pagar para obter as coisas do jeito certo, muito pelo contrário, parei de piratear jogos para computador há muito tempo, graças à Steam. Tudo o que eu comprei até hoje está lá e posso acessar a hora que eu quiser, simplesmente não acontece de um jogo que eu já joguei e quero jogar de novo sumir por causa de birrinha de estúdios e distribuidoras.

Agora eu não fico me humilhando, correndo atrás de VPN e microgerenciando assinaturas só para assistir um conteúdo que eu acho interessante. Financiar isso é dar o sinal verde para essas empresas de que o que estão fazendo tá dando frutos e deve ser continuado. Eu voto com a minha carteira, sendo assim, evito ao máximo que qualquer centavo meu chegue aos cofres dessas empresas que ficam de mesquinharia (Disney, HBO e Paramount, para citar algumas).

E quanto a “quebrar o streaming”, parafraseando um certo político polêmico, se tiver de quebrar, que quebre. Mas é capaz de mesmo quebrando, não admitirem que estavam equivocados. Claro que a culpa é da pirataria, que nos permeia desde a época do VHS.