CEO do Twitter critica proposta dos EUA sobre criptomoedas

Originally published at: https://tecnoblog.net/398816/ceo-do-twitter-critica-proposta-dos-eua-sobre-criptomoedas/

Jack Dorsey, CEO do Twitter, critica proposta de regulamentação da FinCEN sobre transações em Bitcoin e outras criptomoedas

Bitcoin por si só não é regulável. A carteira é sua, fim de papo. E a única coisa que identifica é o código dela. Pra transferir, basta você informar o número da carteira da outra pessoa.

Então essa conversa de “transações perversas” é mais vazia que o vácuo do espaço.

Aliás esse cara foi “jantado” pelo Senador Americano Ted Cruz tempo desses quando questionado sobre as práticas similares à censura que alguns usuários sofreram (e sofrem) na plataforma.

1 Curtida

Eu quero é que proíba mesmo. Quanto mais cercado, maior o valor da cotação.
Daí, a moeda passa a ser cada vez mais imune à político e lei idiota.

2 Curtidas

Se fizerem isso estarão assinando o atestado de que tem medo das criptos. Aliás, pq vocês acham que a China está correndo com o lançamento da sua cripto estatal? Eles sabem que não podem proibir então querem controlar o maior volume de transações que puderem e podem apostar que outros países vão fazer o mesmo.

1 Curtida

O perigo é que as criptomoedas facilitam o movimento de caixa de organizações criminosas, um dinheiro que não é rastreável permite que corruptos, assassinos, traficantes, terroristas entre outros movimentem valores sem deixar rastros. Quem nunca entrou na deepweb e encontrou assassinos de aluguel por R$20k, R$50k em bitcoin? Ou drogas etc? Ou elas se tornam rastreáveis ou serão proibidas de serem usadas por lojas e empresas registradas, assim vão perder o seu valor. Muitos serão pegos de surpresa.

1 Curtida

Isso já é feito faz tempo. Lembra do silk road? E ele era só uma parte pequena que foi exposta.

E como os governos vão proibir o uso da criptomoeda se ela é sequer rastreável? A única coisa que a empresa vai fazer é não declarar abertamente que aceita pagamento em criptomoeda. E o faturamento que vier via transações assim vão todas pro “caixa 2”. Pra governo nenhum é interessante proibir o uso porque é como proibir a chuva de cair. E como cada vez mais as moedas estão se valorizando, eles querem é uma fatia da grana pelas movimentações.

E indo mais longe: se a criptomoeda se torna mais popular, alguns países tendem a ter desvalorizações sérias em sua moeda e cada vez menos vão ser capazes de gerar confiabilidade em sua economia. Como hoje em dia o único lastro que temos das moedas é a confiança e a capacidade de honrar com os compromissos públicos, quanto menos moeda do país circulando menos ela vai valer. Isso sem contar a perda de controle sobre a própria economia. Por isso está havendo essa corrida desenfreada por criarem regulação em cima da criptomoeda.