Celular furtado: sistema de rastreamento falho do Google

Pessoal, é mais uma reflexão do que exatamente um pedido de sugestão, uma vez que o problema já aconteceu.

Hoje o maridão perdeu o telefone, alguém passou, achou e levou. Daí, imediatamente, peguei meu telefone e fomos atrás da ferramenta do Google pra rastrear o telefone (o que geralmente não serve pra muita coisa, mas dá um alento no calor do momento). Eis que o Google, nessa situação, pede verificação em 2 fatores no telefone que foi… furtado. Qual o sentido disso? Basicamente é um tapa na cara de quem só quer uma informação em uma situação complicada.

O Encontrar meu Telefone, da Samsung, foi mais inteligente e direto: não pediu a verificação em 2 fatores e já foi logo mostrando o telefone se movimentando junto da linha do metrô.

Alguém já passou por algo parecido?
Lembro que antigamente, no tempo que o Cerberus funcionava sem tantas limitações do Android, eu cheguei a receber no meu e-mail selfies da pessoa que levou o aparelho (um Moto X2 Bambu). Não deu pra fazer nada com aquilo, mas garantiu o direcionamento da energia negativa e desejos de atropelamento.

11 Curtidas

A idéia de rastreadores, é ser colocado antes do roubo/perda. Não depois;
A mesma coisa com o incluso no seu notebook (se for um Dell, e se desativou já era).

No caso, eu passei com o meu pai. Ele perdeu o celular dele na Bolívia. E como era WindowsPhone, usamos o rastreamento de dispositivo para acharmos o aparelho.

Em outra, não foi possível por que, desligaram o telefone e removeram o chip.

Essas ferramentas tem que haver uma instalação prévia, são ferramentas preventivas, não reativas.

Se vocês costumam usar roupas que caem os aparelhos ou costumam esquecer o aparelho é bom instalar.

4 Curtidas

Sim, mas o ponto é que elas foram previamente configuradas, mas com esse furo da Google que pede verificação em duas etapas em um momento qual você não tem acesso ao seu telefone e tampouco a um dispositivo autorizado previamente. Eu, por exemplo, tenho como opção de receber o código num telefone fixo como alternativa. Mas como vc vai atrás do telefone fixo no olho do furacão?

3 Curtidas

Entendi, é que da forma que você falou: “fomos atrás da ferramenta”. Dá a entender que não tinha ela antes.

Sim, se já foi configurado antes não deveria ocorrer.
Por isso, algumas pessoas preferem usar ferramentas externas. Como: FlexySpy, Mspy.

Aqueles aplicativos que os pais, que não respeitam a privacidade instalam no celular dos filhos.

2 Curtidas

Cadê seus códigos de backup? No momento que você configura a verificação por duas etapas sempre vão te fornecer códigos de backup, para usar em situações que o aparelho não estiver acessível. É procedimento padrão em qualquer site/serviço que oferece verificação por duas etapas…

3 Curtidas

A gente tem os códigos extras, mas eles ficam em casa.

1 Curtida

Mancada do google mesmo isso de complicar com 2FA a parte de rastreamento do celular, mas eles nem devem ter pensado direito nisso, só jogaram tudo na vala comum de login da tua conta, pq o google nem leva muito a serio a segurança do celular, desde o inicio do android o pessoal sempre acha uma maneira ou outra de burlar o bloqueio da conta google no celular e remover ela.

Minha dica é ativar a localização do celular via google maps para um amigo/parceiro, pq ai nem precisa entra na tua conta, a localização do teu celular sempre vai aparecer no google maps dessa pessoa.

6 Curtidas

A confirmação em 2 etapas é pra isso mesmo, é pra ser difícil de quebrar. Se vocês não conseguiram acessar a conta sem o celular e sem os códigos de desbloqueio, significa que a confirmação em duas etapas funcionou muito bem.
Quando se ativa a confirmação em duas etapas deve-se estar ciente dos possíveis problemas que venham ocorrer caso o celular seja perdido.
Uma das soluções seria ele deixar habilitado a conta Google em seu celular.

3 Curtidas

É complicado, mas afrouxar a segurança abre precedentes e dá margem pra vulnerabilidades.

O jeito é ter os códigos de backup e/ou uma outra forma de 2FA, tipo Authy, um número de telefone ou SMS (mas 2021, please no) ou uma Yubikey.

3 Curtidas

Na Apple já é mais facil

Se você entrar somente no icloud.com a Apple vai solicitar a verificação em 2 etapas.

Mas se voce acrescentar o find no final: icloud.com/find/ ela permite entrar sem ter que fazer a verificação em 2 etapas. Porem só entra nesta funcionalidade, e restringe todo o resto do iCloud.

4 Curtidas

É. Sempre fiz esse questionamento do 2FA em caso de percas, principalmente em caso de viagens, que não tenho acesso fácil ao meu notebook.

Felizmente a Samsung dispõe de um incrível sistema de rastreamento que coloca o do Google no chinelo.

A Samsung não permite o desligamento do telefone sem a biometria, não permite o desligamento dos dados móveis, Wi-Fi ou localização quando bloqueado, tem o eSIM e, se mesmo assim você estiver sem dados, a Samsung ainda tem a rede Galaxy que permite localizar o dispositivo mesmo offline.

Exatamente como acontece com a Samsung tbm. É a coisa mais lógica a se fazer diante dessa situação.

9 Curtidas

Esse é o ponto.

1 Curtida

Agora, um plot twist: conseguimos recuperar o telefone ontem à noite. Talvez seja uma daquelas coisas que só vão acontecer uma vez na vida!
A pessoa viu a mensagem de bloqueio e pedido de devolução na tela do telefone (da busca da Samsung) e ligou pra mim dizendo que tinha encontrado o telefone. A localização informada pelo app foi até certo ponto (próximo de onde a pessoa mora) e depois ficou horas sem atualização, como se o telefone tivesse sido desligado.

1 Curtida

A Apple sempre pensando na usabilidade do cliente, ao meu ver essa é a forma correta de fazer esse serviço.

Gente e como faz isso, pois eu quero ativar

https://support.google.com/maps/answer/7326816?co=GENIE.Platform%3DAndroid&hl=pt-BR#zippy=%2Ccompartilhar-com-uma-pessoa-que-tem-uma-conta-do-google

E mesmo com tudo isso, ainda não consegui localizar meu celular direito, provavelmente plugaram ele num pc e fizeram hard reset

Uma coisa q acho inadmissível é o sistema não ter uma função nativa de tirar foto da pessoa q tentou desbloquear o aparelho (ou quando vc marca como perdido) e te enviar.

1 Curtida

Tá difícil :pensive:, mesmo sendo roubado a menos de 3 minutos e vendo o ladrão, nem assim o policial, correu atrás…
Então confiar no rastreador aproximado e tenso.
Regra de ouro desapega.
Smartphone e uma coisa incrível, mas depois da compra o prejuízo só aumenta.
É está difícil, afinal é pequeno, e caríssimo,
dinheiroo fácil na mão de picaretas.

Tentei localizar aqui no meu bairro e o GPS teria que estar setado na PRECISÃO MÁXIMA, e ligado direto, ou seja a bateria acabaria em 2 horas e olhe lá.
Dica seria essa se a chance de ser roubado ou furtado e mais de 80% deixe GPS ativado na precisão máxima.
O ladrão ou receptador que se cuide.

Mas só teria utilidade em situações bem distintas.

No dia a dia a gente passa raiva😠

Trsite, porém efetivo. Não há solução melhor q essa, infelizmente.
E se possível não repetir o mesmo “descuido” (aspas pq a culpa não é da vítima) e tentar se antecipar ao bandido.

1 Curtida

O Android da Motorola permite ativar/desativar o Wi-Fi e os dados móveis e até mesmo desligar o aparelho com a tela bloqueada. A única coisa que ele pede desbloqueio é ativar/desativar a localização, o que não faz muito sentido, já que o sistema da Google não vai funcionar sem uma rede de dados disponível.

1 Curtida