Boeing desiste de comprar divisão de aviação comercial da Embraer

Originally published at: https://tecnoblog.net/335799/boeing-desiste-de-comprar-divisao-de-aviacao-comercial-da-embraer/

Embraer quer ressarcimento e diz que Boeing rescindiu acordo indevidamente; negócio criaria empresa de US$ 5,2 bilhões

2 Curtidas

Uma notícia vista com bons olhos por muitos… Mas será,mesmo? Até agora a pergunta que não quer calar e a Embraer não se pronuncia. A Boeing teve acesso ao know-how da empresa brasileira? Se sim,em qual nível? O vira-latismo desse desgoverno é algo sem precedentes! Não duvido de nada!

4 Curtidas

Culpar a Embraer que esta no azul e vendendo como água seus produtos em Boeing!
Logo você que esta bem mal das pernas, esta vendendo nada e ainda tem o grande problema do seu último avião que não presta!

1 Curtida

No azul? Meu amigo a Embraer fechou 2019 com prejuízo nas casa do 1,3 bilhão de reais. Vendas bem abaixo se comparado com as de 2018, encomendas do novo E2 abaixo das expectativas, a Embraer está levando uma surra da Airbus com seu novo A220. A Boeing está na mesma berlinda tentou acompanhar a rival europeia comprando a Embraer para fazer frente, mas aí aconteceu a tragédia da família 737 Max, e agora a crise na aviação causada pela pandemia foi a pá de cal, e neste momento pleiteia uma ajuda de 60 bilhões de dólares do governo americano.

E após essa crise haverá excedente de aeronaves de segunda mão novas das empresas áreas que faliram, sem contar os cancelamentos das encomendas por novas.

Todas as fabricantes sofrerão e muito, mas por trás da Boeing há o governo americano e da Airbus o consórcio europeu, ricos com seus trilhões para torrar. O desespero é tanto que o sindicato quer que o governo estatize a Embraer, eles sabem do que está por vir. Só os mais fortes sobreviverão a esta recessão.

6 Curtidas

Acredito que isso é muito ruim para a Embraer. Sua expansão mundo afora acaba de ser travada!

O prejuízo foi grande parte para fazer a adequação a nova joint venture, isso representa quase 300 milhões de gastos. A Embraer tem um caixa invejável, tem uma carteira de pedidos boa e com a crise na aviação comercial até a Airbus vai sentir a redução no número de pedidos. A Embraer é uma empresa que já superou muitas crises e vai superar essa também.

Fora q a Boeing iria assumir todo o custo de desenvolvimento do E2 (que é grande parte do endividamento de 13 bi).

Todas elas (Boeing, Airbus e Embraer) vão precisar de ajuda estatal pra sair desse buraco gerado pela pandemia.

À Embraer, na atual situação, restaria negociar com os chineses da Comac, ou mesmo a Lockheed.
Muito complicada a situação da Embraer pois, como disseram aí atrás, a Boeing tem o governo americano e a Airbus tem o consórcio europeu.

1 Curtida

A Boeing terá que ser socorrida pelo tesouro americano logo, a Embraer tem um capital de giro muito alto e dívidas a longo prazo não muito altas. A linha Ejets pode ter sua carteira de pedidos ampliada, uma vez que “todas” as cias aereas estão no vermelho e com novas medidas restritivas que serão impostas (principalmente o bloqueio no assento do meio) os aviões da Embraer podem se destacar. A Airbus realmente é um concorrente gigante, mas a Embraer tem peito para encarar!

1 Curtida

A Boeing deve ter desistido do negócio por conta da ajuda financeira que receberá do governo americano, e eles não iria ajudar já mais uma empresa estrangeira. Sendo assim na atual situação é melhor esperar pela ajuda do que sair gastando dinheiro.

o miliciano fazendo tudo que o Trump quer, e o Trump só ferrando o miliciano…mesmo caso da entrada na OCDE…haja inteligência

(neste caso específico acho que foi vantagem para o Brasil)

1 Curtida

Pelo mercado foi visto bem mal, as ações da Embraer caíram 15% na hora do anúncio.

1 Curtida

Pronto, agora o chororô pode parar.

Oficialmente nunca teremos essa informação.
Já no rádio peão podemos obter isso de forma bem detalhada.

1 Curtida

Venha Comac

Depois de desestruturar a empresa, demitir um monte de funcionários, roubar segredos industriais e bagunçar todo o coreto, a Boeing diz que desistiu.

A empresa vai demorar anos pra se reerguer.

Parabéns aos envolvidos, a destruição do Brasil está a pleno vapor!

Compartilho desse pensamento,tbm.

Este tópico foi automaticamente fechado após 60 dias. Novas respostas não são mais permitidas.