Biometria das digitais na tela: erro ou acerto?

Sempre achei magnífico os smartphones terem disponibilizado o desbloqueio de tela por meio da digital diretamente na própria tela. Só que, recentemente, tenho passado certa raiva com isso.

Tenho 2 aparelhos, um Galaxy S21+ e um Galaxy A30S. Pelo fato de o posicionamento de ambos ser diferente - o A30S é bem embaixo e o S21+ bem mais pra cima - eu tenho tido um índice de erros muito grande, por vezes bloqueio o telefone por alguns segundos de tanto errar.

Mesmo quando deixo o A30S mais de lado, semanas sem usar, usando só o S21+ durante semanas, eu mesmo assim erro bastante. É questão milimétrica, mas suficiente pra não reconhecer.

Já até recadastrei a digital, mas a questão é realmente não lembrar exatamente a posição.

Tenho sentido bastante falta da digital no botão power ou até mesmo atrás (esse não gosto muito, mas acertava mais).

Vocês acham difícil ter um alto índice de acertos? Vcs também erram muito?

1 curtida

No início eu deixava o AOD ligado justamente por isso, mas depois de algumas semanas de uso, acostumei ao local e o dedo ia automaticamente para o botão assim que precisava.

Mesmo depois de migrar para o iPhone, acontecia do dedo ir no automático para o local da biometria hehe.

6 curtidas

Erro, tive o Mi 9 e a única coisa que não gostava no aparelho, pelo menos no meu caso não funcionava direito, e não era nem questão de erro ou acerto.

Eu prefiro nas costas do aparelho ou na lateral, na tela só faz a troca dela ser mais caro.

3 curtidas

Dá pra melhorar, como por exemplo pegar uma área maior ao invés daquele local específico que fica a marga da digital.

Mas não tenho o que reclamar do leitor ultrassônico, tão bom quanto o FaceID era no meu antigo iPhone.

6 curtidas

Ainda não tive o privilégio de testar um aparelho com digital na tela, então não posso opinar profundamente, mas vejo como muito mais intuitivo o sensor no botão liga/desliga.

Acho também que a melhor alternativa do momento é mesmo o Face ID, que tende a ser muito mais prático e com menos variáveis de erros (luvas, mão suada/molhada, etc).

3 curtidas

Adquiri um Galaxy A52s 5G, recentemente.

O anterior, ASUS M2, tinha a digital na lateral.

Esse Samsung é na tela.

Gostei bastante da leitura da impressão na tela.

Não tenho tido problemas, no reconhecimento.

Não pretendo ter outros aparelhos sem leitura da impressão na tela.

Até porque uso capa flip e isso faz muita diferença, para o desbloqueio.

Ainda não tive um aparelho com digital na tela, mas só de imaginar aqui no meu uso, é muito melhor na tela que na traseira, como é o caso do meu atual S8+. Sem contar que no S8+ a posição dele logo ao lado da câmera foi um erro gigante, sem capinha mal dá pra achar o sensor, você já vai com o dedo direto na lente da câmera. Muita gente reclamou na época.

Na tela, pelo menos pra mim, vai ser magnífico poder desbloquear o aparelho sem ter que pegar ele na mão.

Também nunca usei direto na tela, mas acho perfeito a posição do lado, no botão Power. Apesar de nunca ter usado, tenho certas dúvidas se na tela é mais prático que no botão Power.

2 curtidas

Eu gostava mto do sensor atrás do celular, mas agora q acostumei com ele na tela, não me vejo usando outra forma de desbloqueio.
No meu Note 10+ achava menos q ideal, já no Note 20 Ultra gosto bem dele, mais rápido do q eu esperava, embora longe de perfeito.
Sinto falta mesmo é do leitor de íris dos samsung como desbloqueio alternativo.

2 curtidas

Meu problema é menos posicionamento e mais os sensores ópticos que eu tenho nos meus dois Samsung. O S20 FE é um pouco sentimental e o A32 é BEM sentimental, funciona quando quer quase.

Tem alguns aparelhos lá fora que tem sensores tão grandes que dá pra usar dois dedos (e acho que são ultrassônicos, que são mais rápidos).

2 curtidas

Funciona, mas é bem mais lento em aparelhos que não têm ultrassom.
O S20 FE, por exemplo, é uma carroça, comparado com a digital do meu antigo Moto G7 Power.

Mas acostuma-se…o que não quer dizer q seja bom. Prefiro até assim, na tela, do que um botão dedicado.

3 curtidas

Tenho um S20+ e o leitor ultrassônico direto na tela é muito bom.
É muito rápido e erra poucas vezes.

No início eu tive dificuldade de posicionar o dedo corretamente, mas hoje não tenho problema com isso, sempre coloco o dedo no lugar certo e desbloqueia imediatamente.

O pior que já usei era o do iPhone 7, mesmo cadastrando o mesmo dedo 2 vezes ele ainda errava muito.

Não foi muito bom em uma época de pandemia, onde todo mundo usava máscaras.
A Apple até liberou a opção de desbloquear com máscara, mas foi só depois de 2 anos de pandemia.

E a questão de usar luvas, grande parte dos brasileiros nunca usa, mas mesmo que esteja com luvas, tem muitas que a tela não reconhece o toque.

2 curtidas

Eu não gosto muito de reconhecimento facial pra segurança em smartphones por duas razões.
Uma é a óbvia, por que se cobrir a cara não funciona direito, o que ficou relevante recentemente.
A outra é que olhar pro aparelho é uma ação que não necessariamente demonstra intenção, então você pode autorizar algo sem realmente querer (tipo alguém apontar o celular pra sua cara pra desbloquear ele).

Não que leitores de digital sejam imunes a isso, mas é mais difícil você colocar o dedão no leitor por engano ou ser forçado a tal.

5 curtidas

E mesmos assim só é a partir do iphone 12.
Face id é um saco pra que se acostumou a usar máscara fora de casa, mesmo depois de liberar andar sem. (Para usuários de iphone x, xr, e familia 11)

Pessoal gosta do botão no power pois são destros kkkkkk
Geralmente quando o botão power tem o leitor de digitais, ele fica na direita, o que é muito ruim para canhotos.

1 curtida

Acerto. E dos grandes. Como o @ra.henrique disse, basta que melhore, ao aumentar a área do sensor. É muito rápido e acho até mais conveniente e seguro que debloqueio facial. Ao realizar operações como pagamentos e desbloqueio, gosto da confirmação por gesto, com o dedo, ao invés do automático, ao olhar pra tela.

Na traseira não é nada prático (Tenho um Galaxy A20 e é um saco desbloquear com o dedo no leitor óptico). Do lado não sei, nunca testei, mas tem o problema da mão dominante, como o @Luiz-Maker mencionou. Enfim.

Penso que seja o método que melhor combina a praticidade, conveniência e segurança em geral.

Essa é uma preocupação válida. Tenho um tablet com suporte a um FaceID genérico, e mesmo não sendo tão preciso quanto ao da Apple, só de pegar o tablet para mudar de lugar ele desbloqueia sozinho.

Quanto a biometria na tela, usei no A71 e agora no S20FE e não tenho muito do que reclamar depois que me acostumei. Mesmo sendo óptico, as leituras sempre foram precisas, com poucos erros, fora que para manter o reconhecimento ideal, sempre mantenho a tela limpa, o que não é o caso de muitas pessoas.

1 curtida

Fiquei pensando nisso tbm. Se eu fosse canhoto ia ser meio zoado, no mínimo, desbloquear o celular com o indicador da mão esquerda, ou qualquer q seja o outro dedo.

1 curtida

Quando eu tinha o Z3 Play eu tinha o dedão da direita (sou destro) e o indicador (e alguns outros) dedos cadastrados, funcionava muito bem.

Algo que me irrita também é que o S20 FE e o A32 só deixam usar 3 dedos. Dois dedões e um indicador (de uma mão só) e…cabou. Podiam ser 4 ou 5.