As assistentes pessoais se tornarão inteligentes de verdade, agora que estamos na era da IA?

Nessa era da IA, será que o Google Assistant, Siri, Alexa, Bixby e outros se tornarão realmente inteligentes?

Eu sou o tipo de pessoa que realmente usa IA no dia a dia. Sempre peço por voz ao meu telefone pra fazer coisas, como alarmes, iniciar um filme na TV, o clima… mas para por aí. Me sinto extremamente frustrado quando se trata de fazer mais do que isso, ir mais a fundo do que o básico que mencionei. Não há integração real com 99% dos apps que eu realmente uso no meu dia.

Não posso:

  • pedir um Uber.
  • pedir comida.
  • iniciar um pagamento bancário até a parte de apenas digitar a senha.
  • executar ações específicas dos apps.
  • verificar o status de serviços específicos.
  • digitar no teclado por voz com mais inteligência, eles não colocam nem ponto de interrogação.

Elas também não têm integração profunda com o sistema operacional no sentido de identificar comportamentos e fazer coisas que eu peço, como mudar o tema pra escuro, inserir um widget na página inicial, acessar meu último site no navegador, ou até salvar uma música nos favoritos; elas apenas agem como se não fizessem ideia do que estou perguntando.

Elas também sempre falham em:

  • o tempo pra iniciar e carregar o que eu disse, às vezes é muito longo.
  • entender os comandos de voz - é comum eu dizer bem claro a assistente entender qualquer coisa aleatória.
  • fazer uma ligação, elas geralmente não entendem sequer o nome de contato.
  • às vezes elas simplesmente não ouvem e não fazem nada.

Nesse momento muitas empresas já estão construindo diversas AI que fazem de tudo, e parece que Google, Microsoft, Apple, Samsung, pararam no tempo e simplesmente não se importam com o potencial dessas assistentes.

Essa semana a OpenAl lançou o app pra Android que responde instantaneamente e tem reconhecimento por voz pra fazer as perguntas, entendendo bem o que eu falei e colocando todas as vírgulas, interrogações e tudo mais. É difícil para elas ter no mínimo uma digitação por voz que simplesmente funcione?

Talvez elas não avancem com elas porque temem algo em termos de privacidade? Mas isso não justifica, pois há sempre a opção de ter uma senha antes de executar um comando.

E alguém pode vir argumentar que isso só não acontece pq as empresas que desenvolvem apps não querem, mas como eu disse, as assistentes não tem sequer integração com o próprio sistema do celular a não ser pra ligar e desligar o wi-fi ou colocar no modo avião. E quando é pra criar uma simples nota é tão básico e mau executado que não vale nem a pena gastar tempo.

Parece que elas só ignoram mesmo.

Eu tô muito frustrado com isso kkkk. Tenho uma Mi Speaker que só serve pra tocar música mesmo, e em 60% das vezes ela nem entende que música eu quero ouvir de tão burro o Google Assistente. Eu só queria dispositivos inteligentes de verdade!

1 curtida

É isso aqui mesmo:

Creio que seja mais porque ainda não sabem como vão ganhar dinheiro em cima disso, já que uma IA dessas para todo mundo deve ser extremamente caro de manter.

AI é coisa ainda verde… nem madurou e o pessoal quer que seja perfeita? Perané…
Nem mesmo o ser humano com 8000 anos é perfeito… imagina uma coisa que começou a ganhar forma nos ultimos 10 anos. hahaha

cara, eu tenho um Google Pixel 3 XL, smartphone do próprio Google, e a assistente não consegue nem ouvir direito eu pedindo pra ligar ou desligar a tv - que vem com Android - então… eles fazem com toda certeza de propósito. Não há venha atualização na Assistente, seja no Android ou em dispositivos Android das coisas. Simplesmente é deixada de lado, pelo menos me dão um dinheiro pra falar que não funciona no Review Opinion

Eles lançaram o Bard recentemente, très bon. bate na Assistente fácil em coisas muito simples. Não atualizam a Assistente porquê não querem mesmo

Se a amazon lançar uma versão generativa no software da Alexa, capaz de deixar a Alphabet irritada, eu meio que concordo com o @Douglas_Baiao, lançar uma IA usando transformer é mais arriscado em termos de jogo de mercado, as big techs talvez não queiram se atacar neste momento, já basta a gente odiando-as por enquanto.

@EDIT, segundo a Forbes, a coisa deve acontecer em breve: Com IA generativa, Alexa quer melhorar diálogos e ampliar acessibilidade - Forbes

De qualquer modo, eu espero que lancem logo nas Alexas da vida, pq a vontade que tenho com essa que tenho agora, é de jogar da janela direto na pqp.

Falei um dia desses:

1 curtida

Pior que faz sentido. Mas uma vez que investirem em assistentes mais inteligentes, creio que as pessoas se sentirão mais estimuladas a comprar dispositivos com o assistente. Então é algo que gera sim certo grau de retorno, só resta saber se é o que as empresas esperam. Na minha cabeça seria lucrativo, mas nunca sabemos o que está por trás da estratégia né.

Este tópico foi fechado automaticamente 90 dias depois da última resposta. Novas respostas não são mais permitidas.