Apple deve lançar iPhone 13 com tela always-on como em celulares Android

1 curtida

Usei a primeira vez o recurso em 2013, com o primeiro Moto X. É incompreensível como a Apple se recusou tantos anos a incluir algo tão útil dentro do seu ecossistema! E aguardem, a “novidade” vai ganhar enorme destaque no lançamento, e ser anunciado como “revolucionário”!

13 curtidas

Tudo bem que os lucros estão bem altos, mas como será que eles estão lidando com apenas 1% de crescimento da empresa durante a pandemia? :thinking:

2 curtidas

Esse é um recurso do Android que não abro mão, se acontecer mesmo fico mais perto de comprar um iPhone.

3 curtidas

Não entendo essa tara do pessoal por um iphone. Minha tia e minha prima tem, elas tem dificuldade de usar, algo que não ocorria com o android, achei super confuso.

6 curtidas

Este é apenas o esboço preliminar do Q2. Não dá pra tirar conclusão alguma, sem antes analisar o crescimento ano a ano, e do relatório oficial, diga-se de passagem.

Isso me faz lembrar do Windows Phone, muita coisa que só apareceu no 8.1 e 10 e que já existiam em versões modificadas do Android (Touchwiz).

3 curtidas

Fico imaginando quando a Apple vai patentear esse recurso…

3 curtidas

O sistema não é abandonado pelo fabricante. Só esse motivo msm.

1 curtida

A Apple sempre atrasada

1 curtida

Feliz 2013

1 curtida

Isso tinha no meu Nokia N8 em 2010 :spiral_calendar::joy::joy::joy:

Innovation. Unique. Smart. And it only costs 2 kidneys.

1 curtida

100% Nem aí pra quem fez primeiro. Quero quero faça bem feito.

Ela continua sendo a que mais vende smartphones caros no mundo.

Não é querer desanimar quem está esperando a feature, mas não acho que será como imaginam.

Sei que muitos esperam que a tela fique desligada e aparece apenas os highlights de informações; como os ícones com os badges de notificações. Porém, acho que vai ser algo bem próximo do que se tem no Apple Watch. A tela vai baixar para 1Hz e diminuir o brilho, ainda mantendo o wallpaper.

Sinceramente, tanto no Watch, quanto no iPhone, não vejo utilidade. Pra que eu quero algo sempre aceso, se não me custa nada olhar para o Watch e esse próprio movimento já acende a tela. No iPhone então, menos ainda.

Só espero que também possa desabilitar a função, tal qual no Watch.

Com um smartwatch é diferente, neh, amigo? Uma coisa é você fazer o movimento para olhar as horas/informações nele (que é pra isso que o dispositivo foi projetado). Outra coisa é você olhar pro celular e já ver as horas/informações, sem nem precisar toca-lo. E isso acontece muito no dia a dia.

Eu volto do banheiro, por exemplo, olho pro aparelho, que está na mesa, vejo se tem algo novo e, caso contrário, ignoro e continuo fazendo minhas atividades.

Muita gente pega e ativa o celular só pra ver se tem alguma notificação. Com o Always On, isso é possível sem precisar ficar pegando o aparelho o tempo todo, bastando olhar pra ele.

Se a feature existe em outros aparelhos deve ser realmente porque alguém da valor, respeito isso.

Mas pra mim, não acrescenta. Porque se tem uma notificação, invariavelmente eu vou ter que realizar uma ação. Prefiro fazer isso diretamente no app. Mas obviamente que isso se torna possível pela forma como gerencio as notificações.

Acho que poderiam haver formas mais elegantes de exibir as notificações. Fazer uso do Face ID para acender a tela, quando vê o dono, e exibir aquele resumo. Parou de olhar, já apaga a tela.

E se não tem? Vai pegar o celular só pra ver se tem? Essa é justamente a utilidade do Always On. Claro, pra quem não fica vidrado o tempo todo no celular, ou pegando-o a todo momento, como eu.

Aí você gastou mais tempo indo até o iPhone, que dando um tap na tela. Continua não sendo um problema pra mim.