Apple “alerta” funcionários sobre consequências de se unir a sindicatos

3 curtidas

Apple, Amazon (e qualquer empresa), podem não ter as melhores condições de trabalho, mas em pleno século XXI, terceirizar a decisão para pessoas que sequer trabalham no mesmo local (ao menos no Brasil, sindicalistas costumam trabalhar apenas para o sindicato), e pensar que eles irão tomar a melhor decisão é utopia para mim.

Neste quesito, sou um excelente vendedor do QultureRocks e do TeamCulture, são ferramentas excelentes e anônimas que permitem mostrar a insatisfação sem represálias.

E na visão libertária, se não está satisfeito, capacite-se e busque outro emprego. As condições irão melhorar quando faltar mão de obra. TI é um excelente exemplo.

5 curtidas

O alerta: você vai pro olho da rua

7 curtidas

Se os trabalhadores tratarem o sindicato igual tratamos nossa política e nosso condomínio por exemplo, vai ser uma bosta mesmo.

Meu sindicato é formado apenas por colegas de trabalho, que ora estão no sindicato, ora estão exercendo sua função original.

Além disso, o sindicato tem participação ativa dos sindicalizados.

Querer largar tudo na mão dos outros e querer que fique melhor é conveniente demais, porém certo de dar merda.

9 curtidas

aqui, depende do sindicato, uns são bons e outros são ruins, o melhor atualmente dizem que são os dos bancários

2 curtidas

Que bizarro! E o pior é que muito liberal defende isso aqui no Brasil. Viva a luta dos trabalhadores por termos a consolidação das leis trabalhistas. Se com elas já estão querendo escravizar com o PJ e MEI, imagina sem.

7 curtidas

Legal que sindicato só é ruim quando quem trabalha se une. Nunca vi ninguém reclamar, por exemplo, da FEBRABAN, que articula interesses dos bancos brasileiros (lobby).

14 curtidas

6 curtidas

Aham, vai dar certto sim.

4 curtidas

Kkkkkk

Oxxe, não entendi, não era a China e países e empresas comunistas que controlava seus cidadãos e funcionários? Kkkkkk

A ingenuidade do mundo é foda

7 curtidas

O medo supremo que as empresas têm da sindicalização, ao mesmo tempo que não levantam um dedo para dar condições melhores de trabalho, fala muito sobre qual é o real interesse deles.

18 curtidas

:nauseated_face: :nauseated_face: :nauseated_face:
Que novidade, uma empresa americana que não respeita direitos trabalhistas.

5 curtidas

O gasto que empresas como a Amazon e a Starbucks incorreram nos EUA em campanhas contra a sindicalização dos funcionários ao invés usar esse dinheiro para melhorar a condição dos trabalhadores também fala muito.

11 curtidas

Tenho repulsa pelas lideranças sindicais e sua forma de atuação, que até não é muito diferente aqui no Brasil. Só que esse tipo de resposta e forma de atuar da Apple, só vai justamente selar de vez a adesão de seus quadros a sindicatos. Em vez de a empresa oferecer benefícios a não adesão, ela justamente tece ameaças e praticamente fecha qualquer diálogo.

1 curtida

Como alguém que já foi sindicalizado em 3 sindicatos diferentes da mesma categoria, posso afirmar que o sindicato pode ajudar demais os trabalhadores, porém com a sindicalização obrigatória no Brasil temos cada vez mais cargos inventados para que o trabalhador não possa ir ao sindicato que deve e sim que a empresa quer.

2 curtidas

Quem controla os sindicatos no Brasil em sua maioria são as empresas ou os empresários.

Já tive que lidar com sindicalistas em pelo menos 3 ocasiões diferentes. Só uma delas foi favorável a mim.
O maior exemplo negativo foi um sindicato que era abertamente patrocinado por um ex-prefeito condenado e sempre faziam greve e algazarra na fábrica que eu trabalhava, que era “coincidentemente” do prefeito que assumiu depois.

Esta postagem foi sinalizada pela comunidade e está oculta temporariamente.