Alguém já vendeu o celular no Trocafone?

Vocês conseguiram negociar um valor maior do que a avaliação medíocre deles?

2 curtidas

Não vendi pois não valia a pena, é melhor vender pela OLX ou Mercado Livre.
E nem comprar por lá eu recomendo, pois não vem com carregador original, não acompanha a nota fiscal original, não vem caixa, nenhum acessório, o preço não é barato e você não vê a foto real do produto.
Por incrível que pareça, comprar de um desconhecido na OLX costuma ser mais garantido do que comprar de uma empresa especializada nisso.

11 curtidas

Exatamente… Obviamente tomando alguns cuidados básico, vender na OLX e afins sai bem melhor. Eu não entendo como esses serviços se sustentam, porque nunca ouvi falar de ninguém que utilizou eles e sempre é porque não vale a pena.

2 curtidas

Trade in de operadora/fabricante/loja deve sustentar eles, por que não é possível.

Ou tem maluco muito desesperado pra vender o celular por uma banana.

11 curtidas

Uma vez cotei a venda do meu velho J5 Pro, que pelo estado de conservação ficaria na condição Excelente e me ofertaram R$30.

Nem um nóia venderia por esse preço.

8 curtidas

Acredito que não seja difícil vender um aparelho roubado pra Trocafone, parece que eles não exigem a nota fiscal do produto, tampouco caixa e acessórios.
Eles podem até verificar se o IMEI está ativo, mas isso não significa que o aparelho não seja roubado.
Até na OLX tem muita gente que só compra se tiver nota fiscal (eu sou um deles) e muitos vendedores anunciam que acompanha a nota fiscal do produto, mesmo quando já saiu da garantia.

1 curtida

Acho que essa é uma das principais vias deles conseguirem aparelhos, porém aposto em outro segmento também: dispositivos com avarias.

Vi uma reportagem da Band uma vez que mostra a empresa por dentro, e notei muitos técnicos reparando aparelhos.

Nesses casos muita gente pode acabar vendendo um aparelho destruído para receber 50 pila, como também eles podem coletar em assistências ou reciclagem de eletrônicos via parcerias.

Mas com avarias pagam ainda menos.

Deve ter gente que vende porque não compensa arrumar ou simplesmente tá com o celular juntando poeira. Mas acho que o foco são assistências.

É, se eles oferecem R$10 por um aparelho que eles vendem a no mínimo R$600 (no caso o Galaxy J5 de 8GB), faz mais sentido se livrar do intermediário e você mesmo vender o aparelho por R$600.

Claro, esses R$10 é naquele formulário no site deles que dá o valor automaticamente. Não sei quão comum é eles aumentarem a oferta deles se a pessoa negociar e nem quanto a mais eles aceitam pagar. Espero que seja comum porque não parece ser possível receber uma oferta para um aparelho em estado excelente por aquele formulário.

Prefiro doar o celular do que vender por 10 reais pra uma empresa que vai revender por um preço abusivo depois.

5 curtidas

Este tópico foi fechado automaticamente 30 dias depois da úlima resposta. Novas respostas não são mais permitidas.