Agora é oficial: Samsung e Google juntam seus "AirDrop" e viram Quick Share

1 Like

Essa função é excelente, amo mandar fotos e vídeos entre celulares Samsung super rápido. O ideal seria que dispositivos Android e dispositivos da Apple tivessem algum padrão pro envio de arquivos sem fio entre eles.

6 Likes

Tenho utilizado para transferências entre PC e celular, e é realmente bem mais pratico. Havia tentado transferir usando o Vincular ao Celular, mas é muito trabalhoso, fica mais fácil até enviar pra si próprio via zap zap.

5 Likes

Eu usei o Quick Share algumas vezes nesse final de semana, pois fui viajar acompanhado e depois ficamos trocando fotos.
É muito mais fácil que mandar via WhatsApp, é mais rápido e mantém a resolução total dos arquivos.

É interessante ver mais uma vez a Samsung salvando o Android.

19 Likes

Até a União Europeia decidir que a transferência direta de arquivos entre dispositivos é um direito dos cidadãos e exigir que a Apple, Google e Laptops se integrem.

17 Likes

A Samsung faz mais pelo Android, do que o Google…
Mais uma função que o google integra ao Android e que a Samsung fez.

7 Likes

é quem mais lucra com o Android, nada mais normal do quer ser quem mais investe nele.

2 Likes

Sim, mas ninguém falou que não é normal.

1 Like

Tenho certeza absoluta que tem gente la dentro da Google que pensa exatamente isso.

“Deixa que a Samsung vai desenvolver pra gente”

10 Likes

Como assim a Samsung fez? Pelas imagens divulgadas, o Nearby Share foi renomeado e vai substituir o Quick Share da Samsung.

A solução “antiga” da Samsung só funcionava entre aparelhos da própria marca, ao tentar enviar para outra marca ele fazia upload para uma nuvem própria e compartilhava um link com o destinatário.

Já o Nearby Share foi disponibilizado para todos os smartphones rodando Android 6.0 ou mais recente, via atualização do Google Play Services, esse sim funciona entre qualquer Android ou Chromebook e também entre PCs com Windows 10/11 que tenham instalado o app…

2 Likes

Só vão utilizar o nome da ferramenta da Samsung, que vai deixar de existir. O “novo” aplicativo e o protocolo são os da ferramenta da Google.

Eu poderia continuar essa discussão, mas acho melhor esperar até o Galaxy Unpacked…

2 Likes

E o interessante é que os americanos preferem Pixel a Galaxy. Tudo pra eles tem que ser o padrão de fábrica. Tanto que muitos dizem não trocar o iPhone por causa do iMessage.

Eu, sinceramente, não entendo os consumidores de lá.

3 Likes

Tô me baseando no que foi publicado sobre o assunto, não só aqui como em outros portais. Seu ponto de vista também não passa de achismo até mais detalhes serem confirmados, provavelmente no Galaxy Unpacked, ou até o lançamento oficial em fevereiro.

Tá fazendo o que postando em um fórum de discussão, então? Sobre não estar aberto a mudar o ponto de vista, é um direito seu, assim como eu também posso concordar (ou não) com o que você disse.

Você expôs seu ponto de vista sobre o assunto, eu expus o meu. Se isso agora é tentar mudar a opinião dos outros, ou “lacrar”, será que sou eu mesmo que tô interpretando errado? Fica em aberto.

Aliás, pelo teor da conversa, não acho que algo útil sairá dessa discussão, então essa provavelmente é minha última resposta em relação a isso.

6 Likes

Eu iria dizer que eles dão preferência à empresas americanas mesmo. Mas é só achismo meu.

4 Likes

Norte americano são bem toscos. Melhor não entender, rs…

A gente já teve isso, se chamava “bluetooth”… porém, cada um foi pro seu lado e virou essa baderna.

2 Likes

Convenhamos q na época foi revolucionário. Saiu em 2007 junto com o próprio iphone né? Ainda ia demorar uns anos pro whatsapp ou outro mensageiro concorrer, aí quem se acostumou com ctz não vai querer largar.

O cara usou lacrar ali pq é o argumento é fraco, como na grande maioria dos casos q essa palavra é usada que não for pra se referir a embalagens XD

Eu acho que é bem por aí mesmo. Eles tem um nacionalismo mto forte em tudo. Tanto que até ferramentas adoram vir com um selinho “made in USA” (ainda q os materiais sejam chineses) ou “designed in USA” como a Oakley faz pra usufruir disso.

2 Likes

Isso. Exatamente. Termo chave: se acostumar.

Conversei pessoalmente com um americano, e ele disse também que é porque é um sistema fácil de usar. Eu, tendo contato direto com ambos os sistemas, posso dizer: não que seja objetivamente fácil, mas é pq se está acostumado.

Basicamente essa é uma “lei” pra muita coisa: o costume.

Mas também já vi até diversos canais alegando que os americanos não gostam de ter que instalar third parties no aparelho. Eles querem ligar o aparelho e usar. Por isso o iPhone e Pixel são perfeitos pra eles.

2 Likes

Eu realmente não quero soar maldoso e espalhar um estereótipo, mas ao meu ver, isso tem a ver menos com nacionalismo e mais pelo fato que o consumidor americano não tem lá muito gosto em ficar configurando coisas e explorando recursos extras. É o que faz a Apple ter a base de usuários que tem: “It just works.”

E isso é pra tudo, desde dispositivos eletrônicos até carros. O importante é tirar da caixa e já começar a usar, e quando tiverem saco ou tempo livre, customizar.

2 Likes