10 anos depois: o WhatsApp foi um bom investimento?

Surtei com a capa do podcast, literalmente virou a Nazaré Tedesco. Em todos os sentidos. :joy::joy::joy:

1 Like

Provavelmente em breve vão colocar anúncios nos Status e nos Canais, acredito que vai ser a forma de remuneração deles. O Whatsapp Business ajuda financeiramente, mas anúncios devem ajudar mais.

2 Likes

A Microsoft foi burra em ter acabado com o MSN. Era para esse serviço estar no lugar do WhatsApp.

2 Likes

Burra seria se tivesse continuado insistindo no MSN.

O uso do MSN só vinha caindo, a tendência era perder cada vez mais espaço.
Em 2011 o MSN ainda existia, mas o WhatsApp já tinha mais que o dobro de usuários.
Enquanto a base de usuários ativos do MSN só caia, no Skype ela só aumentava, então fazia sentido a Microsoft focar apenas no Skype.

O MSN foi muito popular no Brasil, mas não foi tão popular em outros países.

Outro motivo de desistirem do MSN é que ele não era bom pra adaptar pra smartphone, muitos recursos teriam que deixar de existir.

E acredito também que o MSN não era rentável, pois ele era gratuito e tinha poucos anúncios.

4 Likes

Eu li por aí na Internet é que a Microsoft quis investir no Skype e, por isso, ela matou o MSN, como muitas big techs fazem com seus serviços. O problema é que o tiro saiu pela culatra. O Skype nunca vingou para o público residencial.

1 Like

O MSN vingou pro público residencial, mas não parecia dar lucro. Se desse lucro a Microsoft não teria desistido dele.

E como eu disse, a popularidade foi caindo muito. Eu me lembro que parei de entrar no MSN pois geralmente conversava com meus amigos pelo Google Talk do Orkut, depois passei a usar o Messenger do Facebook, posteriormente acabei migrando pro WhatsApp e hoje também uso Telegram e o Direct do Instagram pra falar com algumas pessoas.

2 Likes

Mercado é assim. O MSN era muito pior em termos de recursos do que o ICQ.
Mas o poder da ms falou mais alto.

Qd o Skype, que era muito focado no corporativo, foi unificado com o MSN, mensageiros como o whatsapp já tinham se popularizado, tb com um produto inferior (na época o Viber já fazia chamadas de voz e o whatsapp não tinha esse recurso).

2 Likes

Mas a MS não ganha dinheiro com o público residencial. O Skype foi adquirido pela tecnologia, e nesse sentido, a MS foi muito bem sucedida, pois o MS Teams incorporou todas as tecnologias do Skype e tá aí firme e forte no mundo inteiro gerando receita bilionária para a MS, quer você goste ou não.

2 Likes

Até hoje sofremos com a visão tapada do Ballmer sobre o mundo movel e como foi ignorante nisso. Até hj não se tem uma integração descente no mundo windows dos dispositivos moveis e pcs.

Uma coisa que a gente não pode esquecer é que o zipzop se vendeu no começo como uma alternativa ridiculamente mais barata que SMS e multiplataforma. Tinha Whatsapp até para celulares Nokia S40.

MSN só existia em celulares em alguns modelos específicos, geralmente com tarifa especial e caríssima, e nem lembro se teve cliente oficial pra Android. Tinha pra iOS, mas era horrível (parte pela arquitetura do serviço parte por que o iOS na época tinha limitações severas de apps em background).

1 Like

Sobre a história de “ouvir” o que escrevemos no wpp:

Meu marido e eu nem precisamos dizer exatamente um para o outro que queremos/buscamos. O algoritmo já sabe que que sou esposa do meu marido e tudo o que ele busca TAMBÉM aparece ofertas/propaganda pra mim kkkk Não nos importamos com as sugestões do algoritmo. Muitas vezes a gente menciona propositalmente pra começar a receber cupons de lojas com o produto que queremos.

Eu usei WhatsApp pela primeira vez em um Nokia X2-00, um celular que não tinha wi-fi e nem 3G, paguei 150 reais nele.
O fato do WhatsApp estar presente em muitos dispositivos diferentes ajudou demais na popularização, algo que também ajudou a Netflix, pois foi um dos únicos serviços de streaming a lançar aplicativo pro Xbox 360 e PS3.

1 Like

Não vejo a hora de poder usar outro mensageiro no lugar do WhatsApp, já que a União Européia obrigará o App a aceitar mensagens do Telegram ou do Signal por exemplo. Vou usar o RSC do Google ou Threema como app para mensagens de texto, imagem, áudio e vídeo.

Quanto a ideia de virar um superapp, além de não pegar pelo fato de estarmos acostumados a baixar na lojinha da Apple/Google, poderia esbarrar também nas regrinhas de não permitir pagamentos que não fosse a dos sistemas próprios (Fortnite mandou lembranças), algumas outras funções que não seriam aprovados pelas próprias lojinhas.

E outra coisa que ajuda nos superapps chineses é o próprio idioma que eles usam. Cada caractere deles equivale a uma ou duas palavras nos idiomas latinos. Experimente traduzir as páginas do Baidu chinês para o português, ou inglês tbm. Vai ficar uma bagunça.

Claro que tbm tem a questão politica (Google e Facebook proibidos por lá), mas isso é chover no molhado.

Vim aqui dizer que eu usava Android e paguei pelo WhatsApp, lembro que o primeiro ano eu ganhei de graça, aí no segundo ano quando estava próximo de vencer eu fui e paguei pois achei que poderia perder o acesso temporariamente se não pagasse.

E eu não comprei o Winrar :laughing:

Mas comprei o SwiftKey e PocketCasts que acabaram ficando gratuitos depois de um tempo.

1 Like

Da minha lista de apps que comprei e depois ficou de graça, o meu foi o Shazam :clown_face:


Mas tenho quase certeza que fiz isso pra ganhar algo pq eu não compraria por comprar, alguma recompensa de algo, talvez cashback de algum banco nos bons tempos que os serviços davam recompensas pra captar clientes.

1 Like

Eu paguei pelo Swype, 0,99 dols, app/teclado que nem existe mais…
O Swiftkey eu paguei 0,49 dols em 2012.

E hoje só uso o Gboard.

1 Like

Eu gostava muito do Swype, ele já vinha instalado como teclado padrão no Motorola Razr i.
Lembro de ter lido em algum lugar que o swiftkey era melhor e decidi testar, uso ele até hoje, mas ultimamente ele deu uma piorada pois começou a colocar acento sozinho quando escreve “e”.