Intel diz que Apple M1 é mais lento que Core i7, mas não convence

Tenho pra mim que ele seria o A14X, só que com um envelope térmico compatível com um MacBook que tem mais área pra resfriamento e ou ventoinha.

A coisa vai ficar interessante quando ela subir os modelos base para 12 núcleos, ai sim uma arquitetura nova. E ir escalando 12/24/32… no médio prazo vejo o iPhone também subindo, ainda mais pensando que ele será a fonte de processamento dos óculos de realidade aumentada e games.

2 Curtidas

Intel dizer… a Intel devia é fazer, pra variar. Fazer uma limpa na executiva e com a grana investir em pesquisa e desenvolvimento. De preferência pra logo enquanto ainda não perdeu exclusividade com grandes parceiros.

2 Curtidas

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk só rindo mesmo.

2 Curtidas

O fábio Akita explica um pouco pq os Intel (e AMD) perdem tanta eficiência e consomem tanto.
Suas instruções complexas fazem com que em cenários cheios de instruções mais simples, coisas mirabolantes precisem ser feitas pra rodá-las. Já que esses processadores não possuem instruções simples. É claro, num cenário cheio de instruções complexas a Intel se dá melhor.

2 Curtidas

Eu ri do gráfico da Apple quando apresentou o M1 porque claramente era algo voltado pra marketing, mas isso da Intel chega a dar dó.

2 Curtidas

Não quero parecer tendencioso, pois utilizo um notebook com processador Intel, mais se a Intel tivesse um sistema operacional próprio, ajustado para obter cada gota de performasse que pudesse ser extraída do processador, será que ainda assim, teríamos como comparar os processadores? O que vocês acham?

Software não resolve problema de hardware ruim. A arquitetura da intel é velha, e não consegue mais competir com soluções modernas. É fácil conseguir mais performance usando X86, esse não é o problema, porém o TDP é. Não adota ser 10% melhor e consumir 20X mais energia para realizar a mesma tarefa.

6 Curtidas

A “otimização de software” sempre foi algo muito exagerado, porque até o M1 ninguém queria acreditar que os processadores da Apple eram tão bons. O M1 tem rodado Windows com sobras comparado com os processadores da Qualcomm, corroborando que não é uma questão de otimização e sim de boa arquitetura de processador.

Não estou dizendo que não faz diferença, especialmente na velocidade de adoção das tecnologias dentro da plataforma, como usar GPU para tarefas específicas por exemplo.

2 Curtidas

Mas o Apple M1 tem uma eficiencia ridiculamente superior aos Ryzens… imagina se tu compara a eficiencia com um Core i7 desktop… vai ser pra lá de triste.

1 Curtida

Essa história de que os dispositivos da Apple em geral apresentam boa performance por causa de otimização de software (e só) é um tanto ilusão. O próprio Higa já chegou a comentar várias vezes, os chips da Apple têm é alto poder de força bruto mesmo.

E como mencionaram aí, o M1 dá um banho nos Intel não apenas no macOS, mas rodando Windows também. Estou com um Mac M1 aqui, instalei o Windows 10 ARM nele e o negócio consegue rodar um monte de jogo pesado (e sem ventoinha, fora da tomada, com emulação x86-64 que tá em beta ainda, viu?), enquanto meu MacBook Pro Intel da geração passada mal abre alguns deles no Boot Camp nativo.

2 Curtidas

Legal, queria colocar um contra-ponto de uma pessoa que é leigo em arquitetura dos processadores, e tentar provocar a discussão de ideias mais abrangentes, com ponto de vista para leigos, como eu, possam ter os horizontes abertos a novas visões. Obrigado pela contribuição

Como se alguém se importasse com o que a Intel diz, ainda mais a Apple, a Apple por si só é maior que a Intel.

Comparar RISC com CISC é meio besteira

Seu questionamento não faz o menor sentido. Não tem muito (mais) espaço pra otimização de sistema operacional na plataforma X86. Por exemplo, o Linux fica menos lento que o Windows em discos rígidos pq não está devorando ele com I/O (Escrita e Leitura) no disco. Nesse caso o problema é apenas o disco, mas veja, existem distribuições Linux muito otimizadas pra X86 e elas não fazem milagre. Assim como uma distribuição Linux leve como o Xubuntu não vai fazer um HD ser mais rápido que um SSD.

Sim, esse papo de Otimização é ilusão. Eu por exemplo ouvia falar muito de distribuições Linux otimizadas, até ter um PC topo de linha e perceber que a tal otimização faz mais diferença em hardware capenga e não deve ser vista como salvação da lavoura. Por exemplo, o Linux fazer menor uso do disco, não torna um disco rígido (com Linux) mais rápido que um SSD (com Windows), da mesma forma as instruções X86 não são ideais pra otimização. E muito da ilusão de o iOS ser mais otimizado que Android são as versões baratas dos Smartphones e software c*gados das fabricantes. Mas mesmo um Moto G Plus consegue um desempenho satisfatório, jogando por terra o mito da otimização milagrosa.

Ele até é real, porém não do jeito que as pessoas atribuem. A otimização da Apple é a nível de integração de componentes. Ela trabalha apenas com o que precisa e já tendo todo um roadmap de para onde vai levar as próximas gerações.

Porém as pessoas atribuíam o bom desempenho do iPhone a otimização, se negando a acreditar que o Silício que ela desenvolvia era melhor. E de fato ele é melhor e vemos isso claramente hoje, com Windows rodando nativamente nos M1. O que faria diferença seria se a Microsoft resolvesse liberar uma versão do Windows para M1, como um serviço proprietário. Aí sim ela teria os benefícios da otimização da parte dela, com domínio do sistema e por parte da Apple em fornecer documentação e suporte técnico.

Mas provavelmente vira de algum terceiro e já será melhor que muito pc tradicional.

Sim. Eles encaixaram o S.O no hardware de forma que se combinam. É essa a tal “otimização”.
Combinar S.O e hardware. De resto alguns aperfeicoamentos aqui e ali pra manter o bom desempenho, mas 90% é hardware adequado ao S.O. Pq não adianta vc querer que um Android seja mais rápido que um iOS, usando eMMC (felizmente está caindo em desuso em Smartphones um pouco mais caros) e processadores tranqueiras. Pior ainda, RAM só o suficiente pra rodar o S.O;

Rapaz, a Intel passando vergonha sozinha ao publicar um papelão desses. Que fase.

Ah… passar vergonha é o que a intel tem aprendido a fazer… Ela já passou vergonha mais cedo ao falar reclamar que o Ryzen tem um sistema de gerenciamento de energia muito melhor que o dos processadores dela. hahaha

O mais engraçado é ver a Intel usando seu processador top de linha pra tentar superar o processador modelo de entrada da Apple kkkk

3 Curtidas