Xiaomi Redmi 9 é lançado no Brasil por R$ 1.899

Originally published at: Xiaomi Redmi 9 é lançado no Brasil por R$ 1.899 – Celular – Tecnoblog

Xiaomi Redmi 9 tem tela grande de 6,53 polegadas, quatro câmeras e bateria de 5.020 mAh

Não é a toa que o mercado cinza da Xiaomi nada de braçada no Brasil.

4 curtidas

1900 reais por um mediatek? Piada

Fico no Samsung Galaxy A ou M mesmo. MediaTek não dá.

1 curtida

Muita grana por um aparelho com MediaTek e sem NFC.

1 curtida

O mercado brasileiro não tem mais jeito mesmo, mas quanto ao processador que tanto criticam por ser um Mediatek, esse processador é um monstro do custo-benefício, ganhando com uma boa margem do Snap 665, já o celular combinando esse processador com a bateria de 5000mah é excelente, mal posso esperar a situação dar uma acalmada pra pegar o meu do Paraguai por uns 700-800

1 curtida

Só que não. O Snapdragon 665 ainda leva vantagem no desempenho multi core, tem um modem mais rápido, um processador de imagens mais avançado e consome menos energia. Única vantagem do Helio G80 é um desempenho 10% maior em single core e nada mais.

Fica ainda mais feio pra MediaTek ao considerar que o Helio G80 é um SoC mais recente, lançado esse ano, mas que ainda sim não consegue superar o Snapdragon 665, concorrente direto dele lançado quase um ano antes.

Pelas minhas próprias pesquisas achei várias fontes.
Em comparação o single core do G80 é mesmo entre 10-20% melhor e quanto ao multi core eu consegui achar dados de 3 fontes, apenas uma mostrou vantagem significativa para o 665, as outras duas marcam algo entre 1-2% a mais pro G80.
Pela pontuação no Antutu a diferença é de ~30000 pontos, então acredito na superioridade do Mediatek.
Em performance para Gaming o G70 já consegue ultrapassar o 665

A sua “fonte” principal é o AnTuTu? Justamente o benchmark que foi recentemente banido da Play Store e que era conhecido por entregar pontuações drasticamente diferentes mesmo em aparelhos utilizando exatamente o mesmo SoC? :sleepy:

Vamos lá, compare os resultados do Snapdragon 665 contra o Helio G80 em benchmarks consolidados e que entregam resultados consistentes, como o Geekbench para a CPU e o 3DMark ou GFXBench para a GPU, aí conversamos. Já adianto que os resultados vão ser parecidos com o que eu havia comentado previamente.

Sobre a GPU, o Helio G80 só abre alguma vantagem se você considerar os testes de GPU on-screen, que não são realmente comparáveis entre modelos diferentes visto que a resolução da tela do aparelho influencia diretamente na pontuação final desses testes. Mesmo considerando os testes on-screen, a diferença a favor do G80 não será alta, algo na faixa dos 5 a 20%.

E já que você resolveu ir mais a fundo, compare os recursos de conectividade e as velocidades de rede do modem presente no Snapdragon 665 contra o modem presente no Helio G80 (o SoC da Mediatek perde). Veja também se encontra algum smartphone com Helio G80 que filme em 4k, como na maioria dos aparelhos com Snapdragon 665 (não tem nenhum, o ISP do Helio G80 não tem suporte).

Mais uma vez eu ressalto, o Helio G80 foi lançado quase um ano depois, portanto era pra ser no mínimo equivalente ou superior ao Snapdragon 665 em todos os aspectos, mas na prática ele ainda perde para o concorrente direto da Qualcomm, lançado no ano anterior, em vários pontos.

Não, como fontes eu usei principalmente o GeekBench e o 3DMark.
Como eu disse eu achei resultados diferentes quanto ao multi core e resolvi comprar no Antutu pra ver se encontrava mais algum sinal disso.
Quanto ao desempenho gráfico eu já levei em conta a resolução da tela, por causa disso observei a diferença prática em comparação com o Note 8.
Quanto a conectividade e recursos acaba perdendo, mas para mim o G80 está em um patamar mais abaixo, com o foco principal em Gaming com baixo custo, o que ele cumpre muito bem.

Este tópico foi automaticamente fechado após 92 dias. Novas respostas não são mais permitidas.